sexta-feira, 30 de junho de 2017

Legislativo celebra os 100 anos do Lions Clube Internacional


 
O centenário de fundação do Lions Clube Internacional, comemorado no dia 7 de junho, motivou a moção legislativa 148/2017, proposta pelo vereador Jean Pierre Ezequiel (PSD) e aprovada por unanimidade na Câmara na sessão de segunda-feira (26). O documento será encaminhado ao Lions Clube de Lages.
Considerado em 2007 a melhor organização não governamental (ONG) do mundo pela Organização das Nações Unidas (ONU), o Lions Clube conta com 50 mil distritos espalhados em 200 países. Também em Lages o Lions Clube trabalha servindo a comunidade, de forma a diminuir as desigualdades sociais. “É um clube de serviço que realmente faz a diferença em nosso meio, graças ao trabalho voluntário de homens e mulheres que se dedicam à causa de tornar o mundo melhor a partir de nossa cidade”, destaca o autor da matéria.
Segundo Jean Pierre, a moção é a forma mais legítima que o Poder Legislativo tem em agradecer ao Lions pelos relevantes serviços prestados ao longo desses anos em todo o mundo, especialmente na cidade de Lages, e parabenizar a instituição pelos seus 100 anos de existência.

Falta de leitos em hospital gera questionamentos no Legislativo

 
HSNP, Fábio Lage.
De acordo com o autor da matéria, os governos estadual e municipal destinam recursos para esse hospital, porém a falta de leitos, fechamento da emergência e aparelhos quebrados são situações que se repetem frequentemente e isso vem trazendo prejuízo a população lageana, principalmente, quanto a indisponibilidade de leitos. Diante disso, a Câmara Municipal aprovou o requerimento que contém as seguintes perguntas:
1.    O que está ocasionando a falta de leitos?
2.    Qual a quantidade de leitos no hospital comparada com a quantidade de internamentos?
3.    Quantos atendimentos públicos com internamento estão sendo realizados mensalmente?
4.    Qual o número de vagas para atendimento particular?
5.    Alguma providência já está sendo tomada pela direção do hospital com relação à falta de leitos? Se sim qual?
 

 

Área do condomínio Ponte Grande motiva perguntas na Câmara


 
A Câmara Municipal aprovou na segunda-feira (26) o pedido de informação 061/2017, dos vereadores Jair Junior e Jean Pierre, ambos do PSD. O documento solicita informação em relação ao terreno onde foram construídas as casas do Condomínio Residencial Ponte Grande. Recentemente, o local foi atingido pelas constantes chuvas que deixaram a cidade em situação de emergência e várias casas ficaram alagadas.
De acordo com o projeto de implantação, essa área será ocupada por cerca de 200 famílias, que em virtude das obras de implantação da avenida, tiveram que deixar suas casas e hoje vivem de aluguel social. A matéria recebeu aprovação plenária e será encaminhada ao prefeito Antonio Ceron (PSD) buscando respostas aos seguintes questionamentos:
1.     Qual foi o critério utilizado para a compra do terreno e de quem foi adquirido o terreno?
2.    Houve estudo técnico no local? Qual profissional ou empresa responsável pelo levantamento técnico?
3.    Houve preparação do terreno previamente à construção das casas do condomínio ou a área foi utilizada da mesma como se encontrava quando da aquisição? Se sim, qual método utilizado?
4.    No início da construção, foi analisada a possibilidade de enchente?
5.    Considerando o projeto inicial do condomínio há ações ou medidas que deixaram de ser realizadas ou que ainda podem ser executadas de modo a evitar que a área não volte a ser alagada?
6.    É possível quantificar os prejuízos advindos no condomínio com as recentes cheias ocorridas no município?
7.    As enchentes que recentemente atingiram a área do condomínio comprometeram de alguma forma a retomada das obras do condomínio Ponte Grande?
8.    Em quanto tempo será concluída as obras do Condomínio Ponte Grande?
9.    Com a conclusão das abras do complexo Ponte Grande, com o desassoreamento do rio e túnel, não haverá mais enchentes?
10.  Em que fase se encontra e qual a previsão de conclusão das obras do complexo Ponte Grande?
 

Berlanda ajjuda produtores de alho e de a mandeira


Brasão SC.jpgAssembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina
Gabinete do Deputado Nilso Berlanda – PR                          004/2017

Deputado Berlanda recebe representantes
dos setores do alho e da madeira



O deputado Nilso Berlanda (PR) recebeu nessa terça-feira (27/06), o presidente da Associação dos Produtores de Alho de Santa Catarina, Everson Tagliari, acompanhado do prefeito de Curitibanos, José Antônio Guidi, e do secretário de Agricultura, Abastecimento, Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural do Município, Luiz Fernandes Popinhak França.
Os cerca de 900 produtores estão solicitando a renovação do decreto 70, de 16 de fevereiro de 2007, que concede incentivo fiscal para quem trabalha com o alho. O decreto reduz em 90% a base de cálculo do ICMS do alho vendido a outros estados. Eles estiveram em audiência com o secretário estadual da Fazenda, Almir Gorges, para tratar do assunto. Santa Catarina foi o único estado que não renovou o decreto, perdendo o subsídio em março desse ano.
Para o deputado Berlanda, os cerca de 900 produtores de alho catarinenses, a maioria da agricultura familiar, não podem ser prejudicados. “Desde o ano 2000 os produtores têm esse decreto que garante igualdade de condições na venda do alho para outros estados. Vamos lutar junto aos órgãos competentes para restabelecer essa importante conquista”, defende Berlando.   
                                                                                                                                 Madeira – Ainda nessa terça-feira, o deputado Berlanda participou de reunião com a Secretaria de Estado da Fazenda, juntamente com madeireiros e moveleiros, que buscam a prorrogação do Programa de Refinanciamento de Dívidas – Refis, para o setor. O deputado é vice-presidente da Frente Parlamentar de Acompanhamento do Setor Moveleiro e Madeireiro do Estado de Santa Catarina, e tem recebido as demandas do setor. “Os moveleiros e madeireiros catarinenses representam hoje o segundo maior Produto Interno Bruto (PIB) do Estado e geram cerca de 95 mil postos de empregos diretos. É uma grande representatividade na economia estadual, que merece todo o nosso empenho no atendimento de suas reivindicações”, afirma o deputado.


Josiane Ribas Lanzarin – Assessora de Comunicação

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Petrópolis recebe equipe de Serviços Públicos e Meio Ambiente

 
Em dez dias de trabalho intensivo, equipe de 20 servidores da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente deixou as ruas e praças do bairro Petrópolis completamente limpas. Foram utilizadas máquinas de varrição (bobcats) e feita a pintura de meios-fios e postes, poda de árvores, roçadas e manutenção geral na rede de iluminação pública.
Segundo o secretário Euclides Mecabô (Tchá-Tchá), há cinco anos o bairro carecia de trabalho intensivo como este. “Muitos moradores vieram até a equipe de trabalho agradecer pelos serviços realizados. Além dos serviços gerais de limpeza também fizemos a troca de lâmpadas e demais equipamentos avariados da rede de iluminação pública”, aponta Tchá-Tchá.
 

Estação de esgoto do loteamento Nadir recebe melhorias e comunidade ganha novo espaço para a prática de esportes

Apesar de ser a única estação de tratamento na cidade com um sistema de tratamento de esgoto por raiz, o local estava sem manutenção há nove anos
A comunidade do loteamento Nadir, no bairro Penha, acompanhou, na manhã desta quarta-feira (28), a reinauguração da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). A obra foi entregue pelo prefeito Antonio Ceron, com a presença do vice-prefeito Juliano Polese, secretários municipais, vereadores e moradores. O local foi totalmente revitalizado pela Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (SEMASA), atendendo um pedido antigo da comunidade. “Além do cheiro ruim, que era uma grande reclamação dos moradores, havia a necessidade de realizar a manutenção da estação”, explica o secretário da pasta, Jurandi Agustini. Na revitalização da estação de tratamento e da quadra esportiva foram investidos em torno de R$ 85 mil, com recursos próprios da SEMASA.
Apesar de ser a única estação de tratamento na cidade com um sistema de tratamento de esgoto por raiz, o local estava sem manutenção há nove anos. Neste processo de tratamento, o sistema de filtragem ocorre através das raízes de um gênero de plantas floríferas conhecidas como juncos, que absorvem os coliformes. Depois de filtrada, a água desemboca no rio Pinheiro Seco. Entretanto, como a limpeza e o corte das raízes precisam ser feitos regularmente, a falta de manutenção provocava o forte odor no entorno da estação.
Além da solução deste problema antigo, a comunidade agora também vai contar com uma área de esportes revitalizada. Ao lado da estação, havia um campinho de futebol, que foi cercado e transformado em quadra de areia. “É um presente para nós, pois aqui no loteamento é o único espaço que existe para as crianças brincarem e jogar bola”, destaca Ronaldo Canani, que mora em frente ao local. “Já combinamos com as crianças para elas nos ajudarem a cuidar do espaço”, afirma a moradora Joelma Ramos.
Para estimular ainda mais as práticas esportivas, o prefeito Ceron solicitou à Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente a instalação de iluminação na quadra. Em sua fala, Ceron destacou aos moradores sobre outras ações que estão sendo executadas na cidade, como a continuidade das obras do Complexo Ponte Grande. “Cada ação, pequena ou grande, que a prefeitura realiza, é para melhorar a vida das pessoas. Por isso pedimos paciência, porque o cidadão está no direito de cobrar e nós precisamos prestar contas do que está sendo feito. Temos limitações financeiras, mas não nos falta determinação para mudar a realidade”, afirmou.
Fotos: Greik

Assistência Social e Habitação realiza 1º ciclo de palestras Gestão em Foco

O encontro teve como objetivo discutir os rumos, desafios e oportunidades dos serviços ofertados
A Secretaria de Assistência Social e Habitação realizou nesta quarta-feira (28), o 1º ciclo de palestras Gestão em Foco. O evento, que aconteceu no auditório da MIDILages, na Uniplac, reuniu cerca de 50 gestores do setor de assistência social da Secretaria. 
“Nós que trabalhamos com as políticas públicas de assistência social sabemos que tudo acontece muito rápido e ao mesmo tempo, por isso precisamos estar preparados para liderar os processos. É o gestor que lidera o processo para que a equipe atinja os objetivos”, destacou o secretário da pasta, Samuel Ramos, na abertura do evento, que contou também com a participação do vice-prefeito Juliano Polese. Para ele, “quando criamos espaços para a capacitação, oportunizamos aos gestores buscarem novas fontes de conhecimento e isso se transformará em resultados positivos para toda a equipe.”
Os temas discutidos ao longo do dia foram: “Gestão no serviço público: desafios e oportunidade”, com a palestrante e formadora de professores, Maria Iolanda Demeneck de Figueiredo; “As habilidades essenciais do gestor”, com o professor e diretor do Colégio Santa Rosa de Lima, Rogério Ferraz de Andrade; “Equipe: criando um ambiente de confiança”, com o empresário e executivo da ACIL, Alberto Engel, e “Desperte o líder que existe em você!”, com a master coach e produtora da Escola FreeMindCB em Lages, Clarice Tiergarten.
 Fotos: Greik Pacheco
_____________________________________________

quarta-feira, 28 de junho de 2017

Pós Festa do Pinhão

Pós Festa do Pinhão

GENTE EU SOU UMA LEITORA DO PORTAL GAZETA
E NÃO PODIA DEIXAR DE REGISTRAR O QUE VEJO
POR QUE ESSE MARASMO PÓS FESTA DO PINHÃO? SERÁ QUE AS PESSOAS GASTÃO
TUDO E NÃO TEM MAIS NADA, FICANDO COM OS BOLSOS VAZIOS.
 MEU DEUS LAGES PARECE QUE
ESTA VAZIA VOCÊ NÃO VÊ GENTE EM LUGAR NENHUM O COMERCIO AMARGA O
VAZIO NAS RUAS NÃO TEM NINGUÉM
AGORA TEM QUE ESPERAR O POVO RECEBER DE NOVO
PARA A VIDA CONTINUAR MAIS SERA QUE TA CERTO ISSO?
AINDA FALAM QUE É BOM PRA LAGES, BOM AONDE?
AMARGAMOS UM PÓS FESTA QUE NINGUÉM TEM DINHEIRO
O JEITO É ESPERAR O POVO RECEBER DE NOVO PARA A VIDA CONTINUAR
NÃO SOU CONTRA A FESTA MAIS VOCÊS AO DE CONVIR COMIGO

QUE O PÓS É DE ARREPIAR E TODO ANO É ASSIM 
APENAS UMA REFLEXÃO PROS AMIGOS!!!

FECAM pede manutenção da alíquota do alho

FECAM solicita ao Governo do Estado manutenção da alíquota reduzida do alho

Atenta aos pleitos regionais que mobilizam as Associações de Municípios do estado, a Federação Catarinense de Municípios – FECAM encaminhou nesta terça-feira, 27, uma solicitação ao Governo do Estado para que a vigência da política de redução da alíquota do alho seja prorrogada. O benefício fiscal instituído pelo decreto nº 534, de 2015, que acrescentou no Anexo 2 do RICMS/SC-01, o inciso VII, do art.8º, a redução da alíquota do ICMS em 90%, nas saídas de alho nobre roxo nacional in natura produzido no estado, expirou no dia 31 de março de 2017.

A importância econômica da medida foi debatida na última reunião do Conselho de Órgãos Fazendários Municipais de Santa Catarina – CONFAZ-M/SC, no dia 22 de junho, e mobiliza lideranças das Associação de Municípios da Região do Contestado – AMURC; Associação dos Municípios do Planalto Sul de Santa Catarina – AMPLASC; Associação dos Municípios da Região Serrana – AMURES; Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe – AMARP; Associação dos Municípios do Alto Vale do Itajaí – AMAVI; e Associação dos Municípios do Planalto Norte Catarinense – AMPLANORTE.

O ofício da presidente da FECAM, Adeliana Dal Pont, prefeita de São José, ao governador do Estado, Raimundo Colombo, destaca que a competitividade do alho catarinense no mercado interno depende do incentivo governamental. “Dentre os principais estados produtores de alho no país, todos apresentam algum benefício fiscal aos produtores dessa mercadoria. Entretanto, a diminuição da alíquota em Santa Catarina encerrada em 31 de março resultou na diminuição da competitividade frente às demais unidades da federação”, enfatiza.


Santa Catarina é o terceiro maior produtor de alho do Brasil e aumenta sua produção anualmente. Entre 2009 e 2015, a área colhida obteve crescimento médio de 9,36%, enquanto no país a área total aumentou, em média, apenas 2,19%. 

Carmen Zanotto anuncia a criação de frente para tratar da prevenção e tratamento do diabetes


 
A deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC), vice-líder do partido na Câmara, anunciou nesta terça-feira (27), a criação de uma frente parlamentar para tratar de prevenção e tratamento do diabetes. A ideia surgiu durante o seminário que debateu na Comissão de Seguridade e Família a implantação de política nacional de prevenção da doença, prevista no Projeto de Lei de 6754/13.
 
A parlamentar disse que a frente será um fórum permanente de discussão na Casa das questões relacionadas não somente às ferramentas legislativas, mas também para dar resposta às reivindicações dos pacientes, principalmente aqueles que precisam receber atendimento no SUS (Sistema Único de Saúde).
 
“A frente vai tratar desde assuntos ligados à prevenção, diagnóstico e até a incorporação de protocolos para liberação de novos medicamentos para o tratamento dessa doença, que afeta mais de 16 milhões de pessoas no Brasil”, afirmou Carmen.
 
Acredita-se que número igual de brasileiros não sabe que tem diabetes. Em estado avançado, a enfermidade pode afetar a visão e os rins e até provocar hipertensão arterial e a amputação dos membros inferiores.
 
Carmen informou que a frente também terá o papel de fazer uma interface do Legislativo com as autoridades de saúde e a sociedade civil.
“Agora, a grande demanda é a implantação, no âmbito do SUS, de novas medidas relacionadas à doença, como distribuição em todo o país das insulinas rápidas”, disse a deputada, que é autora do requerimento para a realização do fórum e relatora do projeto, que no momento aguarda deliberação da Comissão de Constituição e Justiça.
 
O diabetes em estado avançado pode afetar a visão e os rins e até provocar hipertensão arterial e a amputação dos membros inferiores.
 
Experiência italiana
 
Além de especialistas e de representantes de entidades ligadas à causa dos diabéticos, o fórum de debates contou com a participação da deputada ítalo-brasileira Renata Bueno, que falou, por videoconferência, da experiência, considerada exitosa, daquele país no atendimento dos pacientes. Criado há 30 anos, Renata informou que o Plano Nacional de Assistência aos Diabéticos inclui desde informação, prevenção, diagnóstico e tratamento e já é adotado pelos países da Comunidade Europeia.
 
Ela informou que o tratamento do diabetes na Itália é totalmente gratuito e custeado por um fundo, que foi criado pelo Parlamento especificamente com esse objetivo.
 
Obesidade e pobreza
 
Todos os palestrantes alertaram para o crescimento dos casos de diabetes no país e no mundo. Segundo eles, o avanço da enfermidade crônica está relacionada com o aumento da obesidade. “O sobrepeso é uma epidemia mundial”, disse Sandro Martins, coordenador-geral de Atenção às Pessoas com Doenças Crônicas do Ministério da Saúde.
 
Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) de 2014 estimam que mais de 400 milhões (8,5%) de pessoas convivam com diabetes, sendo que a desigualdade social e a falta de informação, inclusive no Brasil, colaboram negativamente para o aumento da doença.
 
 

Esclarecimentos sobre a concessão de passe livre aos deficientes físicos do município


 
A Câmara Municipal aprovou na sessão de segunda-feira (26) o requerimento 059/2017, onde solicita esclarecimentos sobre o fornecimento de passe livre concedido pelo município aos deficientes físicos. Os questionamentos serão encaminhados ao prefeito Antonio Ceron (PSD).
De autoria do vereador José Amarildo Farias (PT), o documento pergunta se o fornecimento de passes livres se encontra em regular funcionamento e quantos passes o município pagou à empresa de Transportes Urbanos Transul, detalhando de mês a mês no ano de 2017. 
 
 

Aprovado projeto que proíbe corte de água em véspera de fim de semana e feriados

 
Aprovado por unanimidade na Câmara Municipal na segunda-feira (26), o projeto de lei substitutivo 001/2017, de autoria do vereador Lucas Neves (PP), proíbe o corte de fornecimento de água às sextas-feiras, sábados, domingos, vésperas e dias de feriado no município de Lages. Agora, o projeto será enviado ao Executivo Municipal onde aguarda a sanção do prefeito Antonio Ceron (PSD).
Segundo o autor da matéria, essa ação busca beneficiar a população e não representa qualquer prejuízo para a empresa concedente dos serviços de águas e saneamento do município. “Muitas pessoas dependem de uma semana de trabalho para receber o pagamento e poder pagar suas despesas. Diante dessa situação, seria injusto uma família passar um fim de semana sem água para atender suas necessidades básicas”, disse Lucas.

 

 

Câmara homenageia professor da Emeb Fausta Rath por participação em intercambio nos EUA

Na sessão de segunda-feira (26), o professor de inglês Rodrigo Ogliari foi homenageado no Legislativo Lageano pela participação no programa Internacional de Líderes em Educação - International Leaders in Education (Ilep), entre janeiro e maio deste ano nos Estados Unidos.  A proponente, vereadora Aida Hoffer (PSD), fez a entrega de um certificado de “Homenagem Especial” ao professor da Escola Municipal de Educação Básica Fausta Rath.
O homenageado foi um dos sete professores brasileiros, sendo o único catarinense e um dos 64 selecionados em todo o mundo pelo Departamento de Estado Norte Americano para os “Líderes Internacionais em Educação 2017”. Ele participou de cursos e estágios em instituições de ensino da cidade de Kent, no estado de Ohio. Depois de cinco meses de intercâmbio, todo o conhecimento e experiências adquiridas estão sendo aplicadas a serviço da rede municipal de ensino, o qual é professor efetivo desde 2012.
 

Carmen pede “acompanhamento rigoroso” na aplicação dos recursos da saúde


 
Em audiência pública na terça-feira (27) com o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, na Comissão Mista do Orçamento, a deputada Carmen Zanotto (PPS-SC) reforçou a necessidade de “acompanhamento rigoroso” na aplicação dos recursos orçamentários no tocante à área de saúde.
 
“Estamos sob a égide da Emenda Constitucional n° 95 que limita os gastos em todos os setores, nós da Frente Parlamentar da Saúde vamos fazer um acompanhamento rigoroso da aplicação desses recursos. A nossa preocupação é com a população, que não pode ser mais prejudicada do que está”, afirmou a parlamentar.
 
Durante a audiência, Dyogo Oliveira avaliou que as contas públicas do país continuam em situação “gravíssima”. Ele lembrou que a estimativa da equipe econômica é de um rombo fiscal de até R$ 139 bilhões neste ano e de R$ 129 bilhões para 2018.
 
Foto em Alta: Agência Câmara
 
 

terça-feira, 27 de junho de 2017

Morre Dom Oneres Bispo Emérito de Lages

Prefeito decreta luto oficial por três dias por conta do falecimento de Dom Oneres

“Dom Oneres era uma pessoa muito carismática em nossa cidade, um verdadeiro líder religioso e continuará nos corações de todos.” - Antonio Ceron

O prefeito Antonio Ceron, através do Decreto nº 16.869, de 27 de junho de 2017, estabelece luto oficial, por três dias, devido ao falecimento do Bispo Emérito de Lages, Dom Oneres Marchiori. Neste mesmo período as bandeiras do município de Lages deverão ficar hasteadas a meio mastro.

“Dom Oneres era uma pessoa muito carismática em nossa cidade, um verdadeiro líder religioso e continuará nos corações de todos. Nos deixa grandes ensinamentos de vida. Sempre pautado pela igualdade, fraternidade e solidariedade entre a comunidade, João Oneres Marchiori não era uma lageano de nascença, mas de coração. Adotou esta cidade como sua para trabalhar pelo bem de todos, independentemente de religião ou credo”, salientou o prefeito.

Desvio na SC-114, entre Lages e Otacílio Costa, inicia na próxima segunda-feira, dia 3

Uma das fases cruciais de uma das maiores obras de infraestrutura da Serra Catarinense está com local, data e hora para iniciar. Na próxima segunda-feira, dia 3 de julho, às 8h, começam a valer as regras do desvio a ser aberto na SC-114, entre Lages e Otacílio Costa, devido às obras de reconstrução da rodovia em concreto armado. Os detalhes foram informados em entrevista coletiva à imprensa na tarde desta terça-feira, 27, na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Lages.
Dos 36 quilômetros, seis já estão concluídos. E para viabilizar a continuidade da obra, a ADR Lages, o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), a Polícia Militar Rodoviária (PMRv) e o Consórcio SBS Dalba, executor dos trabalhos, decidiram interditar um trecho de 15,5 quilômetros da rodovia.
Dois pontos de desvio serão abertos, ligando a localidade de Cadeados ao posto da PMRv, e vice-versa, pelo interior do município de Palmeira. A rota alternativa tem 17,6 quilômetros e é de chão batido. Para garantir a trafegabilidade, o Deinfra disponibilizará homens e máquinas para manter a conservação da estrada.
Já para permitir a fiscalização e a segurança dos usuários da rodovia e trabalhadores das obras, a PMRv receberá reforço de policiais para manter uma viatura 24 horas por dia no canteiro de obras.
 
Obra de alta tecnologia é pouco comum no Brasil
 
Com investimentos de R$ 78 milhões do Governo do Estado, os trabalhos são realizados ao longo de 36 quilômetros e devem ser concluídos até o fim de 2018. A nova rodovia caracteriza-se pela modernidade e por ser uma tecnologia pouco comum no Brasil.
Em Santa Catarina, o pavimento é o mesmo utilizado em regiões montanhosas como a Serra do Rio do Rastro, em Lauro Müller, e o acesso ao Morro da Igreja, em Urubici. No Sul do país, destacam-se também como exemplos de rodovia em concreto armado a Linha Verde (BR-116), em Curitiba; e a Freeway (BR-101), em Porto Alegre.
Na SC-114, o Governo do Estado optou pelo pavimento de concreto, em vez do tradicional asfalto, pelo fato de a durabilidade ser cinco vezes maior (até 50 anos), uma vez que, dos 3,6 mil veículos que trafegam por dia na rodovia, 40% são de transportes de cargas pesadas.
 
Atenção aos horários e restrições
 
Das 8h às 18h, o desvio será obrigatório para todos os carros, motos e veículos de até três eixos, como ônibus e caminhões trucados. Neste horário, será proibido o tráfego de caminhões articulados. Das 18h às 8h, quando não haverá obras, o trânsito seguirá pela própria rodovia em sistema de pare e siga para a primeira categoria de veículos, com até três eixos. Já os articulados deverão utilizar o desvio, mas somente neste horário.
Os ônibus que conduzem os estudantes universitários de Otacílio Costa e Palmeira até Lages no período noturno terão prioridade e não precisarão pegar o desvio. Os veículos (13 ao todo) serão concentrados às 18h no posto da Polícia Rodoviária e serão escoltados por uma viatura até cruzarem o próximo ponto de bloqueio para o sistema pare e siga, na entrada de Cadeados. Assim, não haverá mais problemas de atraso dos alunos nas universidades.
A mesma medida deverá ser adotada também com os quatro ônibus que transportam os funcionários da Klabin Papéis, que já planejou o recebimento de grande parte da sua matéria-prima em Otacílio Costa pela BR-470, evitando ao máximo utilizar o trecho em obras e, consequentemente, o desvio obrigatório.

======================================================

o Secretário de Administração de Lages posiciona entidades sobre andamento de algumas ações



Refis, revitalização do centro, estrada da Coxilha Rica e eleição para coordenador foram alguns dos assuntos tratados pelo Fórum das Entidades, na reunião realizada na manhã desta terça feira (27/06), no Sindicato Rural.

O secretário de Administração e Finanças de Lages, Antonio Arruda, compareceu à reunião para responder a alguns questionamentos do Fórum. Sobre o refis municipal, uma solicitação já feita pela ACIL através do seu presidente, Sadi Montemezzo, Arruda informou que está previsto seu lançamento para o início de agosto, quando empresários com dívidas com o município poderão realizar o pagamento à vista ou parcelado, em ambos os casos serão oferecidos descontos.

Questionado sobre o início das obras na estrada da Coxilha Rica, o secretário informou que o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) não deu o encaminhamento necessário, mas a expectativa é que se resolva em meados do segundo semestre de 2017. E referente a revitalização do Centro, Arruda comunicou que os desembargadores votaram pela demolição do Colégio Aristiliano Ramos, e que licitação e obras serão realizadas pelo Governo do Estado.

 

Roberto Amaral é novo coordenador do Fórum das Entidades

 

Após seis anos à frente da coordenação do Fórum das Entidades, Luiz Spuldaro, que atualmente é vice presidente regional da FACISC, entregou o cargo a Roberto Amaral, que foi eleito por aclamação pelos presentes.

Luiz Spuldaro, idealizador do Fórum, encerra seu mandato na FACISC no dia 25 de julho, quando haverá eleição para escolha do novo vice presidente regional. “Quero agradecer o apoio que recebi de todos durante todo esse período que estive a frente deste grupo. Entrego este cargo com a certeza do dever cumprido”, falou.

Seu sucessor, o empresário Roberto Amaral, atualmente é presidente do Órion Parque e do Consel, agradeceu a confiança depositada nele. “Vou precisar do apoio de todos para dar continuidade ao trabalho que vem sendo feito pelo Fórum, principalmente da ACIL que sempre ajudou na questão administrativa do Fórum”, declarou Amaral.

Comunidade do Vila Esperança contemplada com a primeira Colheita Feliz


O projeto ganha mais em importância pela possibilidade do efeito multiplicador que representa na comunidade

O projeto Colheita Feliz, da Secretaria Municipal da Agricultura e Pesca, foi lançado oficialmente na manhã desta terça-feira (27), em área ao lado da Cozinha Comunitária Rolde Romeu Rosar, no loteamento Vila Esperança. O lançamento do projeto, que contou com a presença do prefeito Antonio Ceron; do vice, Juliano Polese, e do secretário da Agricultura e Pesca, Osvaldo Uncini, além de vereadores, demais autoridades e lideranças comunitárias, foi oficializado somente agora, pois, por conta das chuvas, acabou sendo prejudicado, e a horta teve de ser refeita.

A proposta do Colheita Feliz é estimular mais pessoas a cultivarem suas próprias hortas, seja em casa, na escola, ou em espaços coletivos, em que associações de moradores, por exemplo, possam se engajar neste projeto comunitário. Trata-se de um projeto simples, porém, segundo o prefeito, importante na mesa dos lageanos, e que pode ser multiplicado, a partir deste modelo inicial. “Além da facilidade na produção de verduras, ajuda o meio ambiente com o uso de pneus que seriam inservíveis”, lembrou Ceron.

Conforme explicou o secretário da Agricultura e Pesca, Osvaldo Uncini, o projeto serve de modelo para que outros tomem como referência e sejam praticados nos terrenos das comunidades. No passado já houve iniciativas iguais. Este inaugurado reflete a importância de pequenas ações, que poderão ter efeito intensificador e se tornarem grandiosas. O próximo espaço a ser contemplado será no bairro Gethal, e outro junto à Associação Serrana dos Deficientes Físicos (ASDF). “A ação é executada com o olhar voltado para as pessoas dos bairros, visando ‘fazer’ uma cidade cada vez melhor. O Município ajuda na montagem e depois a comunidade dá continuidade na manutenção”, ressaltou Uncini.

Na horta modelo do Vila Esperança estão plantadas várias espécies, entre elas alface, almeirão, rúcula, beterraba, repolho, couve manteiga, espinafre, além de temperos - cebolinha, salsa, alho poró - e chás: alecrim, cidró, sálvia etc.

Clube de Lages recebe prêmio da ADVB/SC


Rádio Clube de Lages 98,3 FM conquista Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC
Emissora foi reconhecida por seu trabalho em prol da comunidade

 A Rádio Clube de Lages 98,3 FM foi anunciada como uma das empresas vencedoras do Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC 2017, na categoria Participação Comunitária. A emissora foi premiada com o case Clube Comunidade, cujas ações beneficiaram cerca de 12 mil pessoas na Serra Catarinense. Em 2017 a Rádio Clube completa 70 anos de história e de compromisso com a comunidade. A emissora é líder na cidade de Lages, na preferência dos ouvintes.

Ao longo de sua trajetória, a emissora construiu uma forte ligação com a comunidade. Esse foi um legado de Carlos Joffre Amaral, fundador da rádio, que sempre teve a preocupação de utilizar a comunicação para promover a cidadania, a cultura e aproximar as pessoas. Foi na Rádio Clube de Lages, por exemplo, que surgiu em Santa Catarina a Campanha do Agasalho, afinal é na Serra catarinense onde o frio mais castiga a população de baixa renda. A Campanha do Agasalho criada pela Clube fez tanto sucesso que, ao longo dos anos, diversas outras instituições passaram a realizar a mesma campanha.

Com o falecimento do seu Joffre, seu filho Dr. Roberto Amaral, não só deu continuidade ao trabalho social da Rádio Clube, como instituiu a Fundação Carlos Joffre, para que estas ações fossem aprimoradas e buscando outras para a inclusão das pessoas na sociedade, como o Criança na Praça, que reuniu cerca de cinco mil pessoas em Lages e promoveu a distribuição de doces, a realização de atividades educativas, culturais e recreativas e shows com a Turminha do Animazoo, além de artistas locais. Todas essas ações contribuíram para que o projeto Clube Comunidade pudesse fazer a diferença na vida de milhares de pessoas e amenizasse o sofrimento daqueles que mais precisam.

Para Roberto Amaral, presidente do Grupo SCC, a conquista do Prêmio Empresa Cidadã demonstra a relevância do trabalho social realizado e promovido pela Rádio Clube. “As ações sociais realizadas hoje pela Rádio Clube tiveram início há décadas com o meu pai Carlos Joffre Amaral, fundador do Sistema Catarinense de Comunicações. A responsabilidade social está no nosso DNA, afinal nós entendemos que através da mobilização coletiva e do apoio a projetos e instituições sem fins lucrativos é possível amenizar as disparidades sociais, a carência de comunidades desassistidas e o sofrimento daqueles que buscam uma vida com mais dignidade”.

De acordo com Celeste Basquerote, diretor da Rádio Clube de Lages 98,3 FM, o Clube Comunidade é um projeto que visa o amparo social através de ações beneficentes, de conscientização e inclusão. “A história da Rádio Clube está diretamente relacionada com a história e o progresso da Região Serrana, portanto convergimos todos os nossos esforços no objetivo de fazer a diferença na vida das pessoas, promovendo a solidariedade e a busca pelo bem-estar social”.


Além da tradicional Campanha do Agasalho, realizada anualmente, a Rádio Clube realizou e apoiou, por meio do projeto Clube Comunidade, inúmeras ações beneficentes em prol da comunidade, como o programa de rádio Clube Comunidade que junto de órgãos públicos promove a realização de inúmeros serviços à população. Outra ação realizada pela Clube no programa Clube Comunidade foi a realização de centenas de cadastros de pessoas em situação de vulnerabilidade social para a entrega de itens como cestas básicas, enxovais para bebês, móveis, remédios, equipamentos ortopédicos, brinquedos, entre outros.

Coruja pede informações sobre a SC-390


O deputado Fernando Coruja protocolou, na Assembleia Estadual. Pedido de Informação (PIC/0060.9/2017), dirigido ao secretário de Infraestrutura de Santa Catarina, Luiz Fernando Cardoso, sobre as obras de restauração da Rodovia SC-390, que liga a BR-116 no município de Capão Alto até o município de Campo Belo do Sul, que tiveram início em julho de 2013 - com previsão de término para junho de 2015 e ainda não concluídas.  O deputado ressalta que o prazo ultrapassou o estipulado e o asfalto já apresenta deteriorações em alguns trechos que, inclusive, vêm recebendo reparos. Coruja  questiona o secretário de Infraestrutura e pede resposta para as seguintes questões:
1 – qual a empresa ou consórcio responsável pela execução das referidas obras?
2 – qual a empresa responsável pela fiscalização das obras?
3 – houve notificação à empresa ou consórcio responsável pelas obras sobre os problemas apresentados? Em caso afirmativo encaminhar cópia desta notificação.
4 – houve desistência ou troca de empresa? Em caso afirmativo, encaminhar cópia de documentos referentes à mudança.
5 – qual o percentual de execução e conclusão da obra?
6 – qual a previsão de término das obras?
7 – encaminhar cópia de todos os contratos e termos aditivos.
As respostas deverão ser encaminhadas à Assembleia estadual até o dia 20 do próximo mês.