segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Dicas para sair do vermelho e colocar sua vida financeira em dia



Segundo pesquisas realizadas com a Serasa – Centralização dos Serviços Bancários S/A, cerca 54 milhões de brasileiros começaram o ano de 2015 inadimplentes, já no início de 2016, os brasileiros endividados são quase 60 milhões, são 5 milhões a mais do que há um ano. Desemprego, descontrole financeiro e empréstimo no nome são as principais causas.
Quantas pessoas estão nesta situação? O número é impressionante, quase 60 milhões de pessoas, um recorde, desde que a contagem passou a ser feita, em 2012.
Para que esse número recue será necessário muita conscientização e esforço dos brasileiros, para isso, preparei uma lista com alguns passos para sair auxiliar nesta recuperação financeira:

1 - ORGANIZE-SE
O primeiro passo para quem está endividado é visualizar a extensão do problema, para tanto, liste:
- Detalhadamente todas as dívidas (para quem deve, quanto deve, a quanto tempo);
- Descubra quanto você recebe realmente (salário, rendimentos extras, colaboração de familiares, aplicações, etc.);
- Liste todas as despesas (água, luz, telefone, escola, combustível, alimentação, e assim por diante).
Posteriormente chame todos os familiares e vejam juntos aonde é possível realizar cortes de despesas. É muito importante mostrar a todos a situação real, para que todos juntos busquem oportunidades.

2 - CONTROLE-SE
Verificadas as despesas, há diversas medidas radicais, mas necessárias, que podem ser tomadas, tais como:
- Adequar o padrão de vida aos seus reais rendimentos, mesmo na compra de produtos essenciais;
- Cortar supérfluos como TV a cabo;
- Planejar sempre as compras, não comprando por impulso e gastando somente o necessário;
- Pesquisar preços, formas de pagamento antes de comprar qualquer produto;
- Não usar o valor do limite do cheque especial como um segundo salário;
- Sair sem cartão de crédito ou talão de cheques. Levar na carteira somente dinheiro suficiente para as despesas do dia. Prefira sempre pagar em dinheiro, assim você vai sentir quando gastar.

3 - EDUQUE-SE
- Elabore um plano para controlar todas as despesas. Se for o caso, envolva toda a família como dito a cima;
- Acompanhe dia a dia seu saldo bancário e despesas pagas no cartão de crédito;
- Em todas as ações, procure sempre uma oportunidade de economizar, mesmo em hábitos diários tais como utilização de energia elétrica, telefone, transportes, dentre outros.
- Estabeleça como prioridade pagar as dívidas. Se não puder à vista, parcele, negocie e neste momento, não faça novas dívidas.
- Busque alternativas para aumentar a renda familiar e procure atividades extras que possibilitem outra fonte de dinheiro;
- Procurar atividades de lazer gratuitas, como passeios a parques públicos, exposições, etc;

E após vencer este momento, poupe todo mês uma quantia para compor uma reserva de emergência. Dessa forma, quando surgir algum imprevisto você estará preparado.

A dica é uma vez que você fez o levantamento dos seus gastos totais, e sabe o valor muito próximo. Multiplique este valor por 6 (seis) e coloque numa poupança, ou seja, em caso de emergência você terá uma segurança de 6 (seis) meses para se organizar.

Espero que eu tenha ajudado, e fico a disposição em caso de dúvida, conte comigo.

Forte abraço.

Karine Giordani Machado
Palestrante/Consultora Financeira
Facebook: EconomiaFinanceiraJa
WhatApp: 49 - 9831 8432
 

- Grupo de trabalho analisa obras do Complexo Ponte Grande

Foram avaliados os atuais resultados, o que precisa ser executado e definidas prioridades

Reunião de número 45, a primeira deste ano de 2016, que trata do ponto-controle das obras do Complexo Ponte Grande, realizou-se na manhã desta segunda-feira (29), com a coordenação do secretário de Planejamento, Jorge Raineski.Nos encontros são tratados assuntos gerais sobre o conjunto de obras projetadas e em execução com o objetivo de partilhar informações técnicas entre todos os responsáveis pela implantação do Complexo Ponte Grande. “É ainda uma forma de ampliar a sintonia entre todos os envolvidos no processo”, sintetiza o prefeito Elizeu Mattos.
Conforme o secretário Jorge Raineski, todos têm a ver com tudo o que acontece. “A execução dessas obras é uma engrenagem e o ponto-controle é o momento de assumir e cobrar compromissos. Temos agora de correr contra o tempo para concluirmos as obras dentro do prazo”, enfatiza, lembrando a importância dos encontros. Segundo ele, foi baseado nas informações das atas das reuniões que auditoria feita pela Controladoria Geral da União constatou que as obras do Complexo Ponte Grande estavam sendo desenvolvidas e, desta forma, os recursos repassados via Ministério das Cidades foram garantidos pelo governo federal, através de depósitos na Caixa Econômica Federal.A auditoria ocorreu por conta da desistência das primeiras empresas que executavam e gerenciavam as obras.

Gerenciamento das obras
As empresas LAR’T Arquitetura e Engenharia Ltda.e a GREIDE Engenharia são as responsáveis pelo consórcio de gerenciamento das obras do Ponte Grande. Ivonir Martinelli, da LAR’T, diz que dos R$ 57 milhões oriundos de repasse a fundo perdido para o Complexo, existe um salto de R$ 40 milhões, que será priorizado para três lotes de obras, que compreendem a conexão do Condomínio Habitacional com o sistema viário; o saneamento básico ao longo de toda a avenida desde o bairro Guarujá até o bairro da Várzea, fazendo a conexão com o condomínio residencial, onde serão realocadas as famílias das áreas ribeirinhas, bem como a conexão com os demais loteamentos implantados e em implantação ao longo do entorno da projetada avenida. A licitação para as obras de saneamento será aberta no dia 23 de março.
Martinelli fala que existe saldo de R$ 20 milhões somente para o sistema viário do complexo de obras da avenida Ponte Grande.Obra já licitada e em execução, o acesso ao Conjunto Habitacional pela rua Olímpio da Cunha têm 240 metros de extensão, tendo sido já feita a colocação de uma base de pedra (macadame) e a drenagem do trecho. Nestemês de março deverão ser iniciadas as obras de reconstrução da ponte do acesso.
O secretário de Habitação, Caetano Palma Neto, apresentou o atual estágio de obras do condomínio, informando que de 200 casas faltam apenas quatro para serem erguidas, em blocos de concreto.O Complexo Ponte Grande compreende um conjunto de obras, entre elas, as de terraplenagem, drenagem, asfaltamento e construção de pontes (viárias), de saneamento, bem como o gerenciamento técnico e o projeto técnico-social. A previsão de término dessas obras é para o mês de agosto, segundo exposição na reunião do ponto-controle.

Grupo unificado
A reunião de ponto-controle teve participação do procurador-geral do Município, Maurício Batalha; do executivo de Gabinete, Álvaro Mondadori; do secretário de Habitação, Caetano Palma Neto; de Infraestrutura, Vone Schuermann; dos responsáveis pelo consórcio de gerenciamento das obras, além de representantes da Caixa Econômica Federal e de empresas que já mantem contratos de obras com a prefeitura, executora do complexo. Também participaram diretores dos departamentos de licitação e de cadastro de imóveis da Secretaria de Planejamento.


Proposta que restabelece recursos ao SUS na pauta da câmara dos deputados


Entrou em pauta com previsão de que seja votada amanhã, terça-feira (1º) a Proposta de Emenda à Constituição nº 1, de 2015, que restabelece de forma escalonada, ao longo de seis anos, o financiamento do Sistema Único de Saúde (SUS).

A deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC), relatora da matéria, afirma que o projeto está vocacionado a “salvar vidas”. De acordo com a parlamentar, “o momento é bem propício, pois o sistema público de saúde enfrenta o surto da microcefalia e a escalada da dengue. Faltam vacinas em vários estados. Há uma crise generalizada que só pode ser entendida pela falta de recursos”, defende.

Pela PEC, após seis anos o SUS receberá o equivalente 19,4% das receitas correntes líquidas do orçamento federal.

De acordo com o Conselho Nacional de Saúde (CNS), a apreciação tem a ver com prover ou não o SUS com recursos da ordem de R$ 10 milhões a mais do que vem sendo destinado ao sistema.

Carmen Zanotto também ressalta que a proposta retoma os ideais do Movimento Saúde + 10, que em 2013 reuniu 2,2 milhões de assinaturas para a apresentação de um projeto de lei de iniciativa popular (PLC 321/2013) com o propósito de enfrentar o sub-financiamento da saúde no Brasil.

Para a parlamentar, está em jogo está o futuro do sistema que hoje está sob risco devido à falta de recursos. “Chegou o momento de atuar para impedir um colapso na saúde pública do país. Com isso, viabilizar uma das mais democráticas iniciativas de que se tem notícia na história brasileira contemporânea”, argumenta a relatora da PEC 001/2015.

Mais informações
Gabinete Carmen Zanotto

 (49) 3223-6018 - Lages
Assessora: Silviane Mannrich

 (61) 3215-5240 - Brasília
Assessor: Sionei Leão



sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Leão Baio infrenta o Brusque no Tio Vida neste domingo

Inter x Brusque será às 16h deste domingo
O jogo entre Internacional de Lages e Brusque, pela oitava rodada do estadual, será às 16h deste domingo. A partida estava originalmente prevista para começar às 17h, mas o horário foi antecipado em uma hora. A mudançça já aparece no site da Federação Catarinense de Futebol e no site do clube

Credenciamento de imprensa para Inter de Lages x Brusque
O Internacional de Lages já está recebendo os dados para credenciamento dos profissionais que trabalharão na cobertura de Inter x Brusque, neste domingo (dia 28/2), às 16h. As informações devem ser encaminhados ao endereço eletrônico imprensa@interdelages.com.br impreterivelmente até as 12h de sexta-feira (26/2).
Para o credenciamento, o profissional precisa informar seu nome, número da identidade, veículo para o qual fará a cobertura, função e o número de sua credencial Acesc. O credenciamento é obrigatório para todos os profissionais de imprensa que trabalharão na partida.
A Associação de Cronistas Esportivos de Santa Catarina (Acesc) lembra que a carteirinha de 2015 não poderá mais ser usada nessa partida. Agora, apenas as credenciais de 2016 estão sendo aceitas. 

Mais informações sobre a credencial da Acesc ou sobre como solicitá-la podem ser obtidas diretamente com a entidade. O telefone é (48) 3224-6329.

Temporais causam estragos em Santa Catarina

Chuvas causam estragos em Santa Catarina e a previsão é de temporais no final de semana
26/02/2016
O forte calor e a alta umidade registrados nesta quinta-feira, 25, provocaram temporais isolados, com chuva forte em curto tempo, entre a tarde e a noite, causando estragos em alguns municípios catarinenses. Os mais afetados foram Pouso Redondo e Braço do Trombudo.
Em Pouso Redondo, choveu 80 milímetros e três comunidades estão ilhadas. Há desbarrancamentos e obstrução nas estradas dos distritos de Aterrado, Corruchel, Serril e São Miguel. Nestas comunidades, o transporte escolar foi suspenso nesta sexta-feira. Em Braço do Trombudo, foram registradas enxurradas que deixaram escolas e estabelecimentos comerciais inundados. Duas casas ficaram destruídas e houve quedas de barreiras. Sete famílias estão desalojadas. A Defesa Civil está fazendo o levantamento dos danos.
Os maiores acumulados de chuva foram registrados em: Atalanta (73mm); Garuva (71mm); Joinville (62mm); Itapoá (56mm); Brusque (48mm); Jaraguá do Sul (48mm); Camboriú (44mm); Brusque (40mm); Corupa (37mm); Ituporanga (36mm); e Rodeio (36mm).
Frente fria causa chuva forte e temporais 
No decorrer do sábado e domingo, 27 e 28, uma frente fria avança por Santa Catarina, provocando pancadas de chuva em todas as regiões. A chuva pode ser forte por alguns momentos e persistente, principalmente nas regiões próximas ao Paraná, onde o acumulado deve chegar a 100mm no domingo.
Além da chuva, há risco de temporais com rajadas fortes de vento e granizo, principalmente no sábado e na madrugada de domingo, à medida que a frente fria avança pelo estado. No domingo, o calor diminui devido à cobertura de nuvens e vento sul.
Recomendações da Defesa Civil SC
Tempestades com descargas elétricas (raios), ventos fortes e granizo: Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos.
Se estiver na praia, jamais fique na água. Não olhe para o raio. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se: o banheiro é o melhor local durante uma tempestade.
Alagamentos: Evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.
Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros, no número 193. A Defesa Civil do Estado conta com atendimento de 24 horas, com equipes de prontidão. O telefone para contato é o (48) 3664-7056.​
Informações adicionais para a imprensa
Paulo Cesar Santos
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Defesa Civil
Fone: (48) 3664-7009 / 9185-3889
E-mail: defesacivilsc@gmail.com
Site: www.defesacivil.sc.gov.br

BR-116: duplicação sai esse ano

As obras de duplicação da BR-116, entre o Planalto Norte e a Serra Catarinense, devem iniciar até o fim do ano, garantiu o diretor da ANTT, Jorge Bastos, em audiência nessa quarta-feira (dia 24), em Brasília, com coordenador do Fórum Parlamentar Catarinense, deputado federal Mauro Mariani (PMDB). São 90 quilômetros de obras, priorizando os perímetros urbanos e a Serra do Espigão, onde estão os maiores gargalos.

“Essa obra é o resultado de uma mobilização forte de prefeitos, sociedade civil e Fórum Parlamentar. Será um grande indutor de desenvolvimento para Santa Catarina, com o aumento na circulação de carros e atração de empresas”, destacou Mariani.  “Os prefeitos também anseiam pela segurança dos motoristas e pedestres”, frisou.  

Segundo estudos da Autopista Planalto Sul – Arteris, a duplicação da BR-116 irá resultar no incremento inicial de 3% na economia das cidades. As obras de duplicação da BR-116 estão dentro do programa de concessões do Governo Federal.

BR-280

Em reunião com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, na última terça-feira, dia 23, o deputado federal Mauro Mariani cobrou para que o processo de concessão da BR-280 seja acelerado. Outubro é a previsão para a realização do leilão que irá definir a empresa vencedora da concessão. "Se o governo federal não tem dinheiro então que se acelere este processo.

Foto: Marcelo Tolentino

--
Jornalista Marcelo Tolentino / 048 91773672 / 061 99965270
Assessoria de comunicação do deputado federal Mauro Mariani


MTB/SC - 01506 JP 

Programa Brasil em Debate exibe entrevista com Carmen Zanotto


Vai ao ar hoje à noite, às 23 horas, a edição do Programa Brasil em Debate, da TV Câmara que discutiu sobre a epidemia da microcefalia no Brasil e as polêmicas sobre esse desafio. A deputada Carmen Zanotto foi uma das entrevistadas.
Haverá reprises amanhã, sexta-feira, às 8h30 e às 20h30. A apresentadora é a jornalista Fabiana Melo.
Esta semana ocorreram duas reuniões da Comissão Mista sobre a Medida Provisória 712/16 que prevê ações para o controle das doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti.
A MP contém propostas rigorosas contra quem não faz a sua parte na questão de evitar a proliferação do mosquito, que transmite dengue, o vírus Zika e o vírus Chikungunya.
"Estou participando efetivamente dessas políticas e sou membro titular da comissão da MP 712/16. Logo terei informações mais atualizadas a respeito", disse a parlamentar.



Foto: Agência Câmara

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Lages recebe oficialmente caminhão contra incêndio para início da operação aérea

A Azul será oficialmente comunicada sobre o cumprimento da série de exigências técnico-estruturais pela prefeitura. A partir disso, a companhia poderá solicitar o voo comercial junto à Anac
A noite desta quarta-feira (24) foi marcante para a sociedade lageana. O prefeito Elizeu Mattos foi o anfitrião da solenidade de entrega oficial do Carro Contra Incêndio de Aeródromo (CCI) a ser utilizado durante a operação dos voos regulares no aeroporto federal Antônio Correia Pinto de Macedo. No ato foram assinados a Declaração de Aceitação e o Termo de Responsabilidade referentes ao veículo.
Os representantes da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) vistoriaram o aeroporto. “É muito bom saber que estamos aptos a receber voos dentro de 20 a 30 dias”, comemora Elizeu, antecipando que a Associação Empresarial de Lages (Acil) se comprometeu em promover um jantar de adesão para até 500 empresários, com o intuito de estimular os voos a partir de Lages.
Todas as etapas foram cumpridas. “E hoje conquistamos mais uma vitória. Esse é um projeto que demonstra a integração entre as secretarias municipais e a Comissão Pró-Voo”, pontua o secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda, Juliano Chiodelli. O secretário de Meio Ambiente e Serviços Públicos, Mushue Hampel, defende que quem não sonha, não realiza. “E esse é um sonho coletivo sendo realizado”, acrescenta.
O executivo da área de Infraestrutura Aeroportuária da Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) e assessor do Programa de Auxílio Federal a Aeroportos (Profaa), Caubi Batista de Souza, lembra que esteve m Lages em 2013 quando era gerente de Infraestrutura da Azul Linhas Aéreas e percebeu a vocação aérea de Lages e os avanços no município. “Hoje pude ver como a cidade e o aeroporto progrediram”, compara. O diretor do Departamento de Gestão do Profaa, Eduardo Henn Bernardi, frisa que o terceiro requisito analisado pelas empresas que desejam se instalar em uma cidade no Brasil é a existência de voos comerciais. “Os voos regionais cresceram 3% em 2015 e este ano também devem ter bons resultados”, destaca.
Equipamento
O caminhão é um AP-2 Fênix e está entre os modelos mais modernos do mercado. O veículo é computadorizado, custa aproximadamente R$ 1,6 milhão e está abrigado no aeroporto desde o dia 4 quando foi repassado pela Secretaria de Aviação Civil da Presidência da República. Esta consiste em uma das últimas de uma série de exigências técnicas para que o aeroporto possa receber a companhia Azul Linhas Aéreas, empresa que já manifestou interesse em operar voos comerciais Lages-São Paulo, via Aeroporto Viracopos, em Campinas.
De acordo com normas nacionais, a infraestrutura de salvamento e de combate a incêndio no aeroporto deve estar em conformidade com o porte da aeronave utilizada - no caso de Lages, uma ATR-72, com capacidade para 70 passageiros -, para que seus ocupantes possam ser plenamente atendidos no caso de acidentes. O veículo será operacionalizado pelo Corpo de Bombeiros, que já recebeu treinamento especial de equipe técnica da Secretaria de Aviação Civil.
Azul Linhas Aéreas
A prefeitura deverá investir cerca de R$ 22 mil somente com produtos químicos – líquido gerador de espuma. Os bombeiros estão encarregados de apresentar projeto para que a licitação de compra possa ser aberta. Até sexta-feira (26) a Azul será oficialmente comunicada sobre o cumprimento da série de exigências técnico-estruturais pela prefeitura. A partir disso, a companhia poderá solicitar o voo comercial junto à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
Pendências solucionadas
A sinalização horizontal da pista, que passará a ter 1.600 metros de extensão, já foi executada. A retirada do barracão que interferia no campo de voo resolveu o problema e facilitou o recuo de pista da cabeceira 34. O corte de duas árvores próximo ao aeroporto, que eram um empecilho e travavam o processo, foi realizada. E a Secretaria de Infraestrutura executou trabalhos de desobstrução da rede fluvial, limpeza e terraplanagem de pátio em frente ao local da Escola de Pilotos.
De acordo com o executivo geral de compras da prefeitura, Rufius Antonius Rodrigues Schmitt, e o chefe de manutenção José Bittelbrunn, da Secretaria de Administração, equipe da prefeitura e empresas contratadas realizam ações como cercamento com tela dos 4.500 metros do entorno do aeroporto, adequação do local da biruta, ajustes do espaço onde ficará o caminhão contra incêndio, regularização de calçadas, revisão elétrica e hidráulica, e roçada (com apoio da Secretaria de Meio Ambiente).
Escola de Pilotos Just Fly
O público acompanhou nesta noite a inauguração da Just Fly Escola de Aviação Civil. A instituição disponibilizará cursos de formação nas áreas de pilotos privado e comercial, instrutor de voo, voos por instrumentos e panorâmicos, com roteiros pré-definidos, sobre os pontos turísticos da região serrana. A Escola é dotada de alojamentos e já conquistou dois reconhecimentos da Anac: um para o trabalho teórico e o outro para o prático. As matrículas estão abertas e informações podem ser obtidas pelos números 3229-0032 e 9957-6844. Na solenidade foram sorteados três voos panorâmicos sobre Lages. A cerimônia de assinatura dos documentos e de inauguração da Escola, no hangar, foi prestigiada também pelo capitão aviador Anderson Amaro Fernandes, secretários municipais, vereadores, empresários e outras autoridades.
Legenda: O veículo será operacionalizado pelo Corpo de Bombeiros, que já recebeu treinamento especial de equipe técnica da Secretaria de Aviação Civil (Foto: Sandro Scheuermann)

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Rodovias em SC - Muitos estudos, poucas ações

Brasília, 23 de fevereiro de 2016 - O cenário das rodovias do oeste de Santa Catarina não deve mudar nos próximos meses. A bancada catarinense se reuniu em audiência com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues, e saiu apenas com a perspectiva de aplicação dos R$ 150 milhões indicados por meio de emenda parlamentar de bancada para recuperação das rodovias. A conclusão das licitações deve ser feita somente em maio. O recurso deve ser direcionado para a recuperação integral da rodovia 282, desde Ponte Serrada até São Miguel do Oeste. O ministro informou que devem ser feitas obras de conservação, recuperação e que vai elaborar estudos para implantação de trechos com terceira faixa.
O deputado federal Valdir Colatto (PMDB-SC) aproveitou a audiência para cobrar fiscalização da qualidade do material utilizado nas manutenções das rodovias catarinenses. “Estão jogando dinheiro público fora com o material de baixa qualidade que está sendo utilizado. Não podemos admitir isso”. Em resposta, a equipe do Ministério dos Transportes garantiu que na próxima semana irá até o estado para averiguar a situação e que vai punir os que estiverem em desacordo com a qualidade dos serviços.


ANEXO - FOTO 1: Deputado Valdir Colatto
            FOTO 2: Bancada catarinense em audiência no Ministério dos Transportes 


Diretoria da ACIL recebe representantes do Movimento A Indústria pela Educação da FIESC

A reunião da última diretoria da Associação Empresarial de Lages (Acil), realizada no dia 22 de fevereiro, contou com a presença do Vice Presidente Regional da FIESC, Isarel Marcon, e demais representantes do programa Movimento A Indústria pela Educação. Na ocasião foram apresentados números do setor onde mostram que a região Serrana possui os piores índices do estado em relação à educação na indústria. Além disso, os empresários foram convidados a engajar no programa.

Dentre as metas estão a superação de dois desafios: fazer com que todo trabalhador da região serrana da indústria complete a escolaridade básica até 2024 e fazer com que todo trabalhador da indústria esteja com educação profissional e tecnológica compatível a sua função. Para o horizonte de 2015 até 2017 os objetivos são promover a escolaridade básica completa de 63% dos trabalhadores da indústria e atender 100% da demanda por profissionais qualificados, apontada pelo Mapa do Trabalho na Indústria da CNI-SENAI.

Para a realização do Plano de Trabalho 2015-2017 do Movimento A indústria pela Educação, o programa conta com o projeto estratégico Eu Voluntário, que tem como objetivo reunir voluntários para trabalharem no âmbito educacional em Santa Catarina, visando elevar a qualidade da educação. As pessoas dispostas a participar devem fazer o cadastro no site do Movimento pela Educação www.fiescnet.com.br/aindustriapelaeducacao.  




Empresários da Acil apoiam Movimento vem pra rua do dia 13 de março

A última reunião da diretoria da ACIL contou, também, com a presença do coordenador regional do movimento Vem Pra Rua, Luiz Aurélio Viapiana Paes. Na ocasião, os empresários expressaram apoio à manifestação do dia 13 de março e muitos assumiram o compromisso de participar da caminhada pela cidade.

Dentre as bandeiras defendidas pelo movimento estão: o fim da corrupção, apoio ao Dr. Sérgio Mouro, não aprovação da CPMF, mais eficiência e transparência no gasto público e a redução da carga tributária e da burocracia.

O ponto de encontro do movimento no dia 13 de março será às 10h, na Estátua de Correia Pinto, centro da cidade. A partir das 10h30min o trajeto segue pela rua Correia Pinto com destino à Catedral e deve encerrar às 11h30min.


Portal de notícias da prefeitura está de cara nova


“Tornamos o portal mais acessível e dinâmico. Nele podem ser conferidos todos os trabalhos realizados pela administração. Uma ferramenta que nos permite estar mais próximos da comunidade.” Carla Reche

Mais leve e dinâmico, com mais facilidade aos usuários, sem deixar de informar tudo que se precisa a respeito da municipalidade. Assim se apresenta o novo layout do portal de notícias da prefeitura de Lages, que está com um visual diferente. A mudança já pode ser notada a partir desta terça-feira (23), quando entrou no ar o novo formato.
Através do endereço eletrônico www.lages.sc.gov.br é possível ingressar num menu contendo informações essenciais à comunidade, que acompanhará tudo o que acontece no município, em todos os âmbitos, desde a esfera social, obras, decretos, novos projetos, campanhas, inaugurações, lançamentos e uma série de atividades desenvolvidas pelas 23 secretarias e autarquias do município.
Nesse endereço,todos os cidadãos têm acesso a serviços de utilidade pública e outros, como a emissão de guias de pagamentos para o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), certidões negativas, ouvidoria, editais, portal transparência e uma série de serviços on-line. E para deixar o site mais bonito e dar boas-vindas aos visitantes, nada melhor que as belezas da Princesa da Serra, com suas paisagens e monumentos, colorindo a página com fotos em exposição em formato de slides.

Nova proposta
Com o objetivo de inovar e ao mesmo tempo trazer praticidade aos internautas, a home do portal foi otimizada. Verificou-se que com a evolução dos telefones celulares para smartphones havia dificuldade de os usuários do site visualizarem as páginas de forma completa e dinâmica. A ideia foi criar um novo layout, adequado para esses usuários, não deixando de suprir a necessidade também de quem acessa através dos computadores.A empresa Echosis é responsável pela hospedagem e manutenção do site oficial do município e de hotsites das secretarias municipais, vinculadas ao endereço www.lages.sc.gov.br.
A Secretaria-Executiva de Comunicação Social é um órgão vinculado ao Gabinete do Prefeito, responsável pela divulgação de todas as ações realizadas pela municipalidade, assim como trabalhos de marketing e relações públicas. O objetivo é prestar serviço de utilidade pública e manter a comunidade informada acerca das obras e projetos desenvolvidos pela prefeitura. “Tornamos o portal maisacessível e dinâmico. Nele podem ser conferidos todos os trabalhos realizados pela administração. Uma ferramenta que nos permite estar mais próximos da comunidade, garantindo a prestação de contas de cada ação desenvolvida diariamente na cidade”, diz a secretária-executiva de Comunicação, Carla Reche.

Histórico mensal do site
- 172 mil pessoas diferentes acessaram em 2015
- 305 mil visitas no total ao longo do ano
- 2,8 milhões de páginas visitadas
- 28 milhões de cliques dentro do site

Duração das visitas
- 12% até 30 segundos
- 8% de 2 a 3 minutos
- 3,8% permanecem mais de uma hora

Legenda: Com o objetivo de inovar e ao mesmo tempo trazer praticidade aos internautas, a homefoi otimizada(Foto: Macio Avila)
Outras informações acesse o site:
http://www.lages.sc.gov.br Prefeitura de Lages
Secretaria de Comunicação Social Telefone: 3221-1010
*Se não deseja mais receber esses e-mails favor entrar em contato

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

LUTA PELA PRODUÇÃO DA FOSFOETANOLAMINA EM SC

Deputada Ana Paula Lima se reúne com ativistas pela liberação das cápsulas

A luta pela produção da Fosfoetanolamina Sintética em Santa Catarina teve um novo episódio nesta quinta-feira (18), em Florianópolis. A reunião, realizada no gabinete da presidenta da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) deputada Ana Paula Lima (PT), reuniu representantes de entidades voltadas à atenção dos pacientes com câncer.

O esforço dos representantes é para que a substância, desenvolvida na Universidade de São Paulo, em São Carlos, e que mostrou resultados positivos no tratamento do câncer, possa ser fabricado em Santa Catarina. Com isso, estudos clínicos poderiam ser realizados em catarinenses. “Há todo um processo que, infelizmente, não são tão rápidos quanto gostaríamos e nós estamos, justamente, correndo atrás deles. Precisamos levar as demandas da população, os pacientes com câncer não tem como esperar, cada segundo conta muito e vamos fazer os esforços possíveis para que a fosfoetanolamina seja uma realidade aqui no nosso estado”, afirma Ana Paula Lima.

O governo de São Paulo deverá iniciar em breve os testes clínicos. Para isso, foi firmada uma parceria entre uma indústria farmoquímica que entregará os insumos para serem encapsulados pelo laboratório estadual. Caminho similar deve ser seguido em Santa Catarina. “A secretaria de Saúde do estado não mostrou interesse em realizar a pesquisa, mas, em contrapartida, diversas universidades sinalizaram nesse sentido. Vamos manter esse diálogo aberto, pois tendo o material encapsulado elas teriam condições de se candidatarem para esses estudos”, explica a deputada.

O coletivo reúne ainda um abaixo assinado nacional pela direito ao acesso à substância, por meio de mobilização popular. As cápsulas são distribuídas exclusivamente pela USP por meio de decisão judicial. A universidade não tem capacidade de produção para a atual demanda; são possíveis de fabricar 2.400 cápsulas mensalmente, no entanto, há 13 mil pedidos aguardando serem atendidos.


- Feira orgânica Amigos da Terra volta a funcionar no CAV

“As feiras são importantes para gerar renda para os agricultores, que entregam seus produtos diretamente aos consumidores com valor agregado, e também como forma de promover alimentação saudável para toda a população.” Moisés Savian

A Feira Amigos da Terra, de venda de produtos orgânicos, volta a funcionar nesta quarta-feira (24), das 8h às 12h, no estacionamento da Associação dos Servidores do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV), no bairro Conta Dinheiro. A feira, que esteve em recesso durante o período de férias da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), campus Lages, agora com o retorno das aulas volta a ser realizada, sempre às quartas-feiras.
Os produtos orgânicos colocados à venda são fornecidos por quatro agricultores familiares da região. São alimentos livres de agrotóxicos, cultivados de acordo com a legislação brasileira sobre produção orgânica. “As feiras são importantes para gerar renda para os agricultores, que entregam seus produtos diretamente aos consumidores com valor agregado, e também como forma de promover alimentação saudável para toda a população”, entende o secretário de Agricultura e Pesca, Moisés Savian, apoiador da iniciativa.

Legenda: Os produtos à venda são fornecidos por quatro agricultores familiares da região (Foto: Sandro Scheuermann / Arquivo)




Semasa: quadriênio 2013-2016 é marcado por investimentos de R$ 100 milhões


“Quando iniciamos a administração, em 2013, Lages possuía 21% da área urbana com cobertura de saneamento básico e, agora, até o fim de 2016, a cidade terá 52% e estará preparada para ampliação em até 64% na área de tratamento da coleta do esgotamento sanitário.” Elizeu Mattos

O prefeito Elizeu Mattos afirmou, nesta semana, durante reunião com presidentes de associações de moradores, que a prefeitura de Lages investirá até o fim deste ano cerca de R$ 100 milhões em obras na área de abastecimento de água e saneamento básico. Desse montante, parte é de verba repassada pelo governo federal, havendo significativa participação de recursos próprios da Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa).
Elizeu destaca que são investimentos fundamentais em obras que, embora num primeiro momento gerem transtornos à população residente nas áreas beneficiadas, devido à necessidade de abertura de valas que desfiguram as ruas, resultarão, depois de prontas, em melhoria significativa da qualidade de vida dos moradores. “Saneamento básico é obra que depois de pronta não aparece, fisicamente falando, mas proporcionam às pessoas uma cidade livre de focos de mosquitos e demais vetores causadores de uma série de doenças. A coleta e o tratamento do esgoto sanitário fazem parte do conjunto de obras prioritárias”, frisa.
O prefeito fez uma relação dos investimentos da Semasa no período 2013-2016. “Projeção técnica a respeito do quanto já aplicamos e iremos investir até o fim deste ano aponta para R$ 100 milhões, somando-se recursos do governo federal e valores próprios da Semasa. Nunca se investiu tanto em água e saneamento básico como agora em Lages”, afirma. “Quando iniciamos a administração, em 2013, Lages possuía 21% da área urbana com cobertura de saneamento básico e, agora, até o fim de 2016, a cidade terá 52% e estará preparada para ampliação em até 64% na área de tratamento da coleta do esgotamento sanitário”, garante Elizeu.

Complexo Araucária
A respeito das obras do Complexo Araucária, que contemplam sete bairros, com custo de R$ 26 milhões, sendo R$ 2 milhões da Semasa, Elizeu frisa que é uma ação que atenderá 25 mil pessoas, sendo que cerca de seis mil residências serão diretamente ligadas à rede de coleta de esgoto. Para isso está sendo construída uma Estação de Tratamento (ETE) capaz de processar o esgotamento sanitário produzido por até 40 mil pessoas. “Trata-se de uma obra projetada para o futuro desenvolvimento da cidade”, assegura.
Sobre os transtornos causados pela abertura das valas das obras do Complexo Araucária, o prefeito pede compreensão. “São obras que, por sua natureza técnica, causam transtornos; o que devemos fazer é minimizar isso”, pondera. A ETE em construção no Araucária está em fase de concretagem da base do Tanque 2, havendo ainda mais dois tanques para serem construídos. Serão dois módulos para tratamento e um terceiro para desinfecção do esgoto coletado. “Trata-se de um obra moderna, que será dotada da mais avançada tecnologia existente hoje no mundo”, conclui o secretário da Semasa, Benjamim Schultz.


sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Etapa regional reúne profissionais da região em Lages


Na discussão está o fortalecimento de crédito, merenda escolar, entre outras políticas públicas, além do conhecimento, com base forte sobre a questão produtiva da agroindústria

Durante o dia inteiro desta quinta-feira (18), acontece em Lages a etapa territorial Serra Catarinense da 2ª Conferência Nacional de Assistência Técnica Rural (CNATER). O evento está sendo realizado no auditório do Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc), no bairro São Francisco. Aproximadamente 100 pessoas participam do encontro, com representações dos 18 municípios da Serra, entre secretarias da Agricultura, escritórios da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Epagri), organizações representativas, como sindicatos, associações e cooperativas, e entidades prestadoras de serviço de assistência.
O secretário municipal da Agricultura e Pesca, Moisés Savian, é coordenador do Colegiado Territorial de Desenvolvimento (Codeter), faz parte da comissão organizadora territorial e do Fórum dos Secretários de Agricultura e Meio Ambiente (Forsema). Pela manhã, foi realizada a mesa de debate com perguntas e respostas, tendo como base o tema da atuação e desafios da assistência técnica no território, em que Savian foi o mediador, com participação de representantes da Epagri e da Unitagri. A segunda mesa ressaltou os desafios da assistência técnica na Serra pela ótica dos agricultores, em que o mediador foi o diretor do Cisama, Selênio Sartori, com representantes da agricultura familiar, trabalhadores rurais e agricultores assentados e reassentados.
No período vespertino houve a apresentação da 2ª Conferência e posteriormente, divisão de grupos de trabalho distribuídos em salas de aula do Ifsc, envolvendo três eixos: Sistema Nacional de Ater - fortalecimento institucional, estruturação, gestão, financiamento e participação social; Políticas públicas para a agricultura familiar, e formação e construção de conhecimento na Ater.

Do modelo convencional dos agrotóxicos para o ecológico

No final da tarde tem a apresentação dos resultados e aprovação das cerca de 15 propostas elaboradas pelos grupos, com possibilidade de moções, e eleição dos delegados que participarão das etapas estadual, em 13, 14 e 15 de abril, em Florianópolis e em Brasília no mês de maio. “A intenção é discutir os serviços de assistência técnica, fornecidos pelas prefeituras e pela Epagri e se discutir a articulação entre as esferas municipal, estadual e nacional e o fortalecimento de crédito, merenda escolar, entre outras políticas públicas, além do conhecimento, com base forte sobre a questão produtiva da agroindústria”, salienta Moisés Savian.
Em Lages, segundo Savian, a necessidade maior é a de integração entre os corpos técnicos do município e Epagri. “Estamos recebendo uma chamada de Ater para agroecologia (produção orgânica), ou seja, temos técnicos do Ministério do Desenvolvimento Agrário contratados e atuando no município.” Ou seja, durante três anos cerca de 30 famílias receberão acompanhamento técnico para auxiliar a migrar do modelo convencional (agroquímicos) para o modelo de base ecológica. “O maior desafio é articular estas três frentes (município, Epagri e MDA) num plano único.” Nesta sexta-feira (19) à tarde haverá uma reunião para se discutir o Plano Municipal de Desenvolvimento Rural, dando rumo para o setor.

Inclusão e permanência do jovem no campo

A delegada do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Luci Choinacki, explica que serão 14 conferências regionais, sendo que a primeira foi feita dois anos atrás. “O objetivo é ouvir como a assistência está funcionando e propor melhorias. Ver a família como um todo e não somente a produção, a exemplo do leite, mel, frutas, verduras e frutas. Portanto, analisar pai, mãe, filho, idosos e a pessoa com deficiência.” Luci diz que é preciso incentivar o produtor a cuidar da sua propriedade e a cultivar o próprio alimento que consome, além de promover a inclusão da mulher, a permanência do jovem no campo e das comunidades quilombolas e étnicas, com respeito a sua cultura e realidade de clima, solo e jeito de viver. “Trabalhamos para que haja fortalecimento dos territórios, se crie uma marca e haja ainda mais união no processo.” As próximas conferências acontecerão em Curitibanos (19), Chapecó (22 e 23), Concórdia (24), Xanxerê (25) e região de Joaçaba (26).


Legenda: Uma das preocupações é a permanência dos jovens no campo. (Fotos: Marcio Avila)

Executivos de Infraestrutura Aeroportuária virão a Lages na próxima semana

Além da entrega oficial do Carro Contra Incêndio (CCI), adquirido pela Secretaria de Aviação da Presidência da República, participam ainda da inauguração da Escola de Formação de Pilotos de Lages

Em correspondência enviada pela Secretaria de Aviação Civil, o prefeito Elizeu Mattos recebeu na tarde desta quinta-feira (18), a confirmação das presenças em Lages, na próxima quarta-feira (24), do Executivo da Área de Infraestrutura Aeroportuária, Caubi Batista de Souza e do Diretor do Departamento de Gestão do Programa Federal de Aeroportos, Eduardo Henn Bernardi.
Além da entrega oficial do Carro Contra Incêndio (CCI), adquirido pela Secretaria de Aviação da Presidência da República, participam ainda da inauguração da Escola de Formação de Pilotos de Lages. As solenidades estão agendadas para as 19h30min, no aeroporto federal Antônio Correia Pinto de Macedo Aeroporto, em Lages.
Desde o início do governo, o prefeito Elizeu Mattos não tem medido esforços para colocar em prática uma de suas principais metas: a implantação de voos diários entre Lages e o centro econômico do país. A vinda dos dois homens fortes de Brasília faz com que Lages fique cada vez mais próxima desta concretização.

Legenda: As solenidades estão agendadas para as 19h30min, no aeroporto federal Antônio Correia Pinto de Macedo Aeroporto, em Lages. (Foto: Toninho Vieira)






Outras informações acesse o site: 

http://www.lages.sc.gov.br Prefeitura de Lages 

Secretaria de Comunicação Social Telefone: 3221-1010

*

Para o jogo contra o Joinville, Inter lança a promoção 'Colorado de Camarote'

Para o confronto da próxima quarta-feira, contra o Joinville, o Inter de Lages fará pela primeira vez a promoção "Colorado de Camarote". O objetivo é premiar os torcedores mais fiéis e também estimular a compra antecipada de ingressos para os jogos da equipe.
Torcedores que comprarem ingresso para o jogo até este sábado concorrerão a um sorteio para assistir à partida em um dos camarotes do Estádio Vidal Ramos Júnior. O vencedor do sorteio terá direito de levar um acompanhante.
Os sócios colorados também participarão do sorteio. Sócios em dia concorrerão a um segundo sorteio, apenas para sócios, para levar um acompanhante ao camarote da presidência. Os torcedores sorteados levarão ainda um exemplar de "Aquelas Camisas Vermelhas", o livro que conta a história do Colorado Lageano.
Os ingressos para Inter x Joinville estão à venda na loja do Colorado Lageano, no Serra Shopping. A loja funciona de segunda a sexta das 10h às 18h e, aos sábados, das 10h às 17h. Os dois sorteios serão feitos após o fechamento da loja, no sábado.


Credenciamento de imprensa para Inter x Joinville

O Internacional de Lages já está recebendo os dados para credenciamento dos profissionais que trabalharão na cobertura de Inter x Joinville, na próxima quarta-feira (dia 24/2), às 21h45. As informações devem ser encaminhados ao endereço eletrônico imprensa@interdelages.com.br impreterivelmente até as 12h de terça-feira (23/2).
Para o credenciamento, o profissional precisa informar seu nome, número da identidade, veículo para o qual fará a cobertura, função e o número de sua credencial Acesc. O credenciamento é obrigatório para todos os profissionais de imprensa que trabalharão na partida.
A Associação de Cronistas Esportivos de Santa Catarina (Acesc) lembra que a carteirinha de 2015 não poderá mais ser usada nessa partida. Agora, apenas as credenciais de 2016 serão aceitas. 
Mais informações sobre a credencial da Acesc ou sobre como solicitá-la podem ser obtidas diretamente com a entidade. O telefone é (48) 3224-6329.

--
Inter de Lages
Imprensa
 

www.interdelages.com.br

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016


Em tempos de crise financeira é bom praticar ... Comportamentos Econômicos 


Sempre defendi que o desperdício está fortemente atrelado às pequenas coisas.

O dinheiro some e você se pergunta, para onde foi
O dinheiro some e você se pergunta, o que posso fazer

Perguntas que devem ser respondidas diariamente, porém para respondê-las, você precisa sair do automático, precisa se dar conta do que está fazendo e onde está gastando seu dinheiro. E mais que isso, o que fazer para reduzir os gastos e melhor aproveitar as oportunidades.

A lista abaixo é sugestiva, mas você pode contribuir para aumentá-la e ajudar outras pessoas a economizar nas pequenas atitudes:

1 - Essa é para quem curte cozinhar:
        Você fez que aquela janta maravilhosa, ferveu a água para cozinhar e sobrou na chaleira um bom tanto. Por que não guardar esta água fervida para tomar depois? E cuidado para não deixar a boca do fogão acesa gastando gás.

2 - Essa é para quem já se acostumou com:
        A torneira pingando, a luz acesa sem ter ninguém no ambiente. Por que não procurar arrumar a torneira e manter a luz apagada? 

3 - Essa é para quem pensa que gastando um pouco hoje não se pode economizar muito amanhã:

        Você tem aquela lampada incandescente, baratinha, porém que no final do mês, sem você perceber o impacto que ela faz na sua conta é bem significativo. Faz o seguinte, veja qual ambiente mais utiliza, e faça um investimento, compre "uma" lâmpada econômica (fluorescente) e troque, aguarde um mês para acompanhar o resultado.

4 - Essa é para quem gosta de ter peças diferentes no guarda roupa:

        Por que não trocar com uma amiga (o), você comprou uma roupa e não curtiu, pouco utilizou. Comente com suas amigas (os) e façam trocas. Esta questão é inda mais importante, porque visa a sustentabilidade e redução do consumismo.

5 - Essa é para quem curte Internet:

       Busque sites de compras coletivas, mas, se tiver necessidade de algo. Mesmo em momentos de economia, é necessário tirar um tempo para diversão. Você e sua família precisam de descontração, e muitas vezes esses sites de compras coletivas oferecem descontos em restaurantes e outros lugares que podem ser interessantes. Neste quadro, também valem as demais dicas de economia que vários sites oferecem, leia muito e chame a família para ajudar com ideias e ações.

6 - Essa é para quem tem força de vontade:
       Simplesmente a partir de hoje, deste momento, não compre mais nada a prazo. Sim, você leu certo, não compre nada que não seja em dinheiro, ou seja, se não tiver dinheiro no momento, não compre. Lembrando que esta dica é para coisas supérfluas, que não são imprescindíveis para o dia a dia.

Se você fez algo interessante e quer compartilhar, fique a vontade.

Espero que tenha ajudado!!!
Mãos a obra?

Forte abraço.

Karine Giordani Machado
Palestrante/Consultora Financeira
Blog: economiafinanceiraja.blogspot.com.br
Facebook: EconomiaFinanceiraJa
WhatApp: 49 - 9831 8432