quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Justiça suspende liminar que impede demolição da escola Aristiliano Ramos, em Lages

O Governo de Santa Catarina deu nesta terça-feira, 29 de setembro, um importante passo para a revitalização do centro de uma das principais cidades do Estado.
O juiz Jaime Machado Júnior, da Vara da Fazenda de Lages, considerou improcedente o pedido formulado pelo Ministério Público em ação civil pública para manter em pé a edificação da antiga Escola de Educação Básica Aristiliano Ramos. A decisão também revoga a liminar que impedia a demolição do prédio, localizado no calçadão da praça João Costa, bem no centro de Lages.
O Governo de SC não havia sido formalmente intimado até o início da noite desta terça-feira. Porém, o consultor jurídico da Secretaria de Desenvolvimento Regional de Lages, Luiz Gustavo Bazzo Assink, adianta que a decisão ainda não é definitiva e que cabe recurso por parte do Ministério Público.
Assim, o prédio só poderá ser demolido com uma sentença final neste sentido ou, então, caso a promotoria não recorra em tempo hábil da decisão judicial já tomada em primeira instância.
“Por lei, a única coisa que pode manter um prédio e assegurar que não seja demolido é se ele for tombado como patrimônio histórico. O prédio do colégio Aristiliano Ramos não é tombado, e o Estado conta com posições técnicas da Fundação Catarinense de Cultura e do Conselho Estadual de Cultura favoráveis à demolição”, diz Luiz Gustavo.
“A posição do Governo do Estado é muito clara no sentido de derrubar o prédio para possibilitar a tão esperada e necessária revitalização do centro da nossa cidade”, conclui o secretário de Desenvolvimento Regional de Lages, João Alberto Duarte.
Com sérios problemas de estrutura, o prédio da escola Aristiliano Ramos foi interditado em 2 de dezembro de 2011 pela Defesa Civil após vistoria conjunta com o Corpo de Bombeiros e a Secretaria de Planejamento da prefeitura (Seplan).
Todos os alunos foram remanejados para outras escolas estaduais, e a demolição do prédio não causará qualquer prejuízo à educação, até mesmo porque o local não tem mais condições de abrigar uma escola.

Mostra Científica da Uniplac conta com lançamento do Programa Sinapse da Inovação e palestra de Hedryk Daijó nesta quinta-feira

Mostra Científica da Universidade do Planalto Catarinense.
O Sinapse é um programa de fomento que tem como objetivo ampliar o surgimento de empreendimentos inovadores e fortalecer a cultura do empreendedorismo inovador em uma região.
Ele foi idealizado pela Fundação Certi visando transformar e aplicar as boas ideias geradas por estudantes, pesquisadores e profissionais dos diferentes setores do conhecimento e econômicos em negócios de sucesso.
O lançamento regional será realizado no Clube Caça e Tiro às 19h, com a presença do coordenador do Sinapse e representante da Fundação Certi, Antonio Rogério de Souza.
Ainda na noite do evento, seguindo o sucesso da palestra de abertura da Mostra Científica com Thedy Corrêa, é realizado o ato de encerramento com uma palestra de Hedryk Daijó, gerente no Programa de Desenvolvimento de Negócios da Fundação Parque Tecnológico Itaipu.
Hedryk iniciou suas atividades profissionais bastante jovem nas empresas de sua família, e na sequência direcionou sua carreira corporativa para os setores de energia e mineração (Usina Hidrelétrica de Itaipu Binacional, Vale, Vale Inco e Mineração Riobase). Certificado pela DSchool da Universidade de Stanford no Innovation Master Series em Design Thinking e Lean Startup no Citizen Space em San Francisco, na Califórnia. Atualmente trabalha na geração e desenvolvimento de negócios inovadores como Gestor do Programa de Desenvolvimento de Negócios e da Incubadora Santos Dumont do Parque Tecnológico Itaipu - Brasil.

Mais sobre esta edição do Sinapse da Inovação:

SUS corre risco grave de entrar em colapso, alerta Carmen Zanotto

O Sistema Único de Saúde (SUS) corre sério risco, pois os ideais da Constituição Federal de 1988 não se concretizaram. Por esse motivo, a população não está satisfeita, alertou a deputada federal Carmen Zanotto nesta terça-feira (29), em audiência da Comissão de Seguridade Social e Família, da Câmara dos Deputados.

Para Carmen Zanotto, a população está descontente com a saúde pública no país, um fator preocupante. Por essa razão, propostas como a PEC 451 podem ter simpatia da sociedade e se transformar em um colapso do sistema, analisou.

Essa Proposta de Emenda Constitucional nº 451, de 2014, de autoria do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), define como garantia fundamental, plano de assistência à saúde privada oferecido pelo empregador a funcionários com vínculo formal na empresa.

Os defensores da importância do SUS, como Carmen Zanotto, entendem que essa matéria caso venha a ser aprovada esvaziará a importância do sistema. “Existe em meio à opinião pública a tendência de se buscar soluções imediatistas diante de determinadas dificuldades”, disse a deputada.

Para a deputada, se nada for feito para reabilitar o SUS, sobretudo, com aporte de recursos, ideias populistas voltadas para desmantelar o sistema podem prosperar. Na audiência, foram debatidos os projetos em análise na Câmara dos Deputados elaborados para destinar mais dinheiro ao sistema.

O mais importante deles, a PEC 01-A, de 2015, tem como relatora a própria Carmen Zanotto. Pela proposta, o governo federal fica obrigado a cumprir uma regra de transição de cinco anos de aumento do percentual orçamentário destinado a financiar o SUS, até que esse índice alcance 18,7% da Receita Corrente Líquida (RCL).
“Essa PEC tem o mérito de retomar os ideais do movimento Saúde+10, que reuniu, em 2014, cerca de 40 entidades favoráveis à ampliação dos recursos para o SUS e foi subscrito por mais dois milhões de pessoas”, ressalta Carmen Zanotto. 


Foto Câmara dos Deputados

Escola de Artes: programação de aniversário encerrada com música e dança ______________________________________________

A terça-feira (29) foi de comemoração na Escola de Artes Elionir Camargo Martins, da Fundação Cultural de Lages (FCL). A instituição comemorou 10 anos e a programação alusiva à data encerrou com apresentações de música e dança na praça da Catedral. A noite começou com os alunos de balé interpretando a música “Certos Amigos”, do lageano Daniel Lucena. Em seguida a emoção tomou conta do publico com a apresentação do grupo de vozes formado apenas por deficientes visuais. “Foi muito emocionante e gratificante participar deste momento”, diz a presidente da Associação dos Deficientes Visuais do Planalto Serrano, Luzia Aparecida Wolff.

O empresário Dárcio Martins tem dois filhos alunos da Escola de Artes. Ambos com 16 anos, Yuri e Mirela Martins são frequentadores assíduos da instituição. Ela já participou do curso de pintura em tela e hoje integra o grupo de teatro. O garoto já fez aulas de desenho e atualmente aprende violão. Foi como os colegas deste último que o adolescente subiu ao palco. “Eu aprendi tocar violão sozinho. Meu filho tem um professor ao lado dele para tirar todas as dúvidas. Isso é muito legal. Saber que seus filhos estão num lugar bacana com profissionais competentes. Eu apoio e incentivo sempre”, conta o pai empolgado com o desempenho do filho.

terça-feira, 29 de setembro de 2015

ACIL: Lageana assume presidência do Conselho Estadual da Mulher Empresária

A empresária e coordenadora do Núcleo da Mulher Empresaria da ACIL, Janelise Royer dos Santos, assumiu hoje a presidência do Conselho Estadual da Mulher Empresária, CEME, da Federação das Associações Empresarias de Santa Catarina, FACISC.  Formado pelos Núcleos das Mulheres Empresárias de todo o estado, o CEME reúne hoje 51 núcleos que movimentam cerca de 900 mulheres em todo o Estado. A posse aconteceu durante o Encontro Estadual da Mulher que acontece em Florianópolis. O mandato é de dois anos. 

As empresárias Lucia Helena Machado e Gabriela Bertagnolli (vice presidente Planalto Serrano do CEME),  que também integram o Núcleo da Mulher da ACIL, também estão na capital participando do evento que acontece junto ao Congresso Empresarial da FACISC.

Legendas fotos:
A nova presidente do CEME Janelise Royer dos Santos e antecessora Maria Aparecida Passos.
Lucia Helena Machado e Gabriela Bertagnolli, entre os palestrantes Alexandre Espíndola (SOCIESC) e Anderson de Souza Santana (Fundação Dom Cabral)



Escola de Artes completa 10 anos nesta terça-feira


Será realizada uma programação diversificada com mostra de dança, música, exposição e aulas ao ar livre. As atividades começam às 9h e se estendem até 20h. Os espaços em frente à escola, localizada defronte à praça da Catedral, serão tomados pela arte

A Escola de Artes Elionir Camargo Martins tem o dia 29 de setembro de 2005 como data de fundação. Nesta terça-feira (29), a instituição completa uma década de serviços prestados à comunidade e comemora a data com uma programação diversificada com mostra de dança, música, exposição e aulas ao ar livre. As atividades começam às 9h e se estendem até 20h.
Os espaços em frente à escola, localizada defronte à praça da Catedral, serão tomados pela arte. Dois palcos estão sendo montados na rua para as mostras de dança e música. A praça e a sacada também serão usadas para as apresentações e as aulas. Esta será uma oportunidade para que os ensinamentos que ocorrem na instituição ultrapassem os limites das salas de aula e ganhem ainda mais visibilidade.
Está marcada para as 19h a solenidade oficial. Depois disso, ocorrem apresentações dos alunos de dança e música, preparadas especialmente para esta data. A coordenadora da Escola, Carla Zonatto, diz que esta é uma oportunidade de festejar a arte e homenagear uma grande incentivadora. “Elionir é ícone da cultura em Lages. Ela motivou muita gente, seja nas artes plásticas, no teatro, na música, enfim, ela foi uma batalhadora pela arte”. Toda a programação do dia ocorre simultaneamente na praça da Catedral e envolve 14 cursos.
_

Não sabia que estava grávida e dá à luz no pronto-atendimento

Primeiro foi um choque, fiquei muito assustada, mas agora tenho consciência de que é uma criança que depende de mim e com certeza vou amá-la.” Bruna Nunes de Oliveira

O momento mais sublime na vida de uma mulher; a espera de um filho, com toda a ansiedade pelo primeiro ultrassom, por ouvir as batidas firmes de um coração que pulsa dentro do seu ventre, uma vida que se desenvolve lentamente. Se pegar imaginando cada traço, cada sorriso, e mal poder esperar pelo momento de tê-lo em seus braços, se vai ser saudável e perfeito, se vai parecer mais com o pai ou com a mãe, a escolha carinhosa de cada peça do enxoval.  Todas essas emoções não foram vividas por Bruna Nunes de Oliveira. Ela, por não saber da gravidez, levava uma vida normal de uma jovem de 19 anos. Mas a manhã desta terça-feira, dia 29 de setembro, ficará marcada em sua vida para sempre. Ela deu à luz a um menino, após ser atendida no pronto-atendimento Tito Bianchini, por volta das 6h.
A jovem chegou à unidade acompanhada da sua mãe queixando-se de dores abdominais, que supostamente seria uma infecção urinária, segundo suas suspeitas, pois apresentava este sintoma acrescido de corrimento vaginal a cerca de uma semana. Prontamente foi atendida pela equipe médica. Ao examiná-la, a surpresa, tanto para Bruna quanto para a equipe: o bebê já estava a caminho.
O parto foi tranquilo, sem muitas dores e sofrimento por parte da gestante, e durou cerca de cinco minutos a partir do momento em que as contrações se intensificaram e o pequeno rebento veio ao mundo, com toda vitalidade de um menino saudável, nascendo de 39 semanas (uma gestação normal dura entre 38 e 40 semanas). “Ela realmente não sabia que estava grávida, mas sentia que havia algo de ‘errado’ com ela e não iria sair sem melhorar. Estava muito nervosa. Antes de vir para o PA teve perda líquida, mas não nos contou, então foi uma grande surpresa quando fomos examiná-la e vimos que a criança já estava nascendo. Muito bem formada, chorou logo em seguida, altiva e saudável”, conta o médico, Lucas Fachin.
Após o parto, a limpeza da mãe e o aquecimento do bebê, Bruna foi encaminhada à Maternidade Tereza Ramos por uma ambulância do pronto-atendimento, acompanhada por uma enfermeira, onde teve todos os cuidados necessários no Centro Obstétrico e o repouso no quarto.

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Emenda de Carmen Zanotto garante pagamento de agentes de saúde e de endemias



O plenário da Câmara aprovou, nesta quarta-feira (23), emenda  apresentada pela deputada Carmen Zanotto (PPS-SC) à proposta de emenda à Constituição (PEC)  nº 172/12 do pacto federativo que mantém a União como  responsável pelo pagamento de 95% dos salários de agentes comunitários de saúde e de endemias. Ao encaminhar a proposta, a parlamentar alertou que a não aprovação do dispositivo poderia criar “dúvidas jurídicas” e prejudicar milhares de profissionais em todo o país.

A emenda que beneficia os agentes comunitários foi aprovada com 422 votos. A matéria será encaminhada ao Senado Federal.

Em seu pronunciamento, Carmen lembrou do esforço na legislatura passada para a criação do piso nacional dos agentes de saúde e ressaltou a  importância do trabalho desempenhado pela categoria nas comunidades mais carentes das cidades brasileiras.

Pela regra atual, a União arca com 95% dos vencimentos e o pagamento do 13º salário. Os  municípios com 5%. Mas o texto da  PEC não deixava claro de quem seria a responsabilidade pelo pagamento dos agentes de saúde e de endemias, por isso a parlamentar decidiu apresentar a emenda para assegurar os direitos dos trabalhadores. . 

“Se a proposta fosse aprovada  do jeito que estava poderia trazer muitas dúvidas e prejudicaria o pagamento de 246 mil agentes comunitários de saúde e cerca de 60 mil agentes de combate às endemias que trabalham dia e noite e fazem a diferença no SUS. Para garantir o repasse de recursos  necessários a estes valorosos trabalhadores,  conclamamos os parlamentares de todos os partidos  a votar em nossa emenda”, disse Carmen Zanotto, que  preside a Frente Parlamentar de Prevenção, Diagnóstico e Tratamento do Câncer e é relatora da PEC da Saúde, que determina  o  valor mínimo a ser aplicado anualmente pela União em ações e serviços públicos de saúde.



Assessoria PPS

Fórum das Entidades de Lages participa de pesquisa para o Desenvolvimento de Lages

Integrantes do Fórum das Entidades de Lages participaram nesta semana de uma das etapas da pesquisa que está levantando informações sobre o desenvolvimento econômico e social de Lages. O trabalho coordenado pelo núcleo da Mulher Empreendedora da ACIL, foi viabilizado com recursos da FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina) e com o apoio da Uniplac, responsável pelo levantamento dos dados. Ao longo dos últimos meses foram entrevistadas mais de mil pessoas, incluindo representantes de associações de moradores, sindicatos, grupos religiosos, conselhos municipais, associações de profissionais, conselhos de classe, secretarias municipais, representantes de universidades e empresários. Nesta fase do projeto, estão sendo ouvidos os chamados “grupos focais”, que vão discutir e apresentar sugestões para os problemas apontados pela pesquisa quantitativa. Uma das questões é o que pode ser feito para melhorar as oportunidades de crescimento e desenvolvimento em Lages. Para os integrantes do Fórum das Entidades, esse caminho passa por aumentar a representatividade política, otimizar os gastos públicos, investir em infraestrutura para atrair e manter novas empresas, fortalecer a prática do associativismo e assegurar que o aeroporto da cidade disponha de voos regulares para São Paulo. A próxima etapa do projeto será a realização de um workshop em 11 de novembro para desenvolver as temáticas apresentadas. O resultado de todo o projeto será transformado em um livro, que deve ser lançado em março do ano que vem.

Trânsito em Lages
As questões relacionadas ao trânsito e a falta de mobilidade em Lages também foram debatidas na reunião. Foram discutidas e sugeridas algumas mudanças que devem ser formalizadas em um documento que será encaminhado ao DIRETRAN, Câmara de Vereadores e Ministério Público.

Consórcio da Saúde da AMURES reivindica terreno para sede própria
A necessidade de uma sede própria para o Consórcio Intermunicipal de Saúde, CIS/AMURES, também foi debatida na reunião do Fórum. A Secretária Executiva da AMURES Iraci Vieira de Souza pediu o apoio dos representantes para o pedido de doação de um terreno, por parte da prefeitura de Lages, na região do bairro Guarujá. Segundo Iraci, já existe um projeto de construção e os recursos financeiros estariam assegurados através de emendas parlamentares. O local seria estratégico, segundo Iraci, pois na região existe uma área institucional (que só pode ser ocupada por uma instituição de interesse público) e que é próxima ao Lages Garden Shopping, o que poderia gerar uma enorme movimentação econômica haja vista que diariamente mais de 800 pessoas utilizam os serviços do Consórcio.


Maldaner apoia as Casas Lotéricas Brasileiras


O deputado federal Celso Maldaner manifestou seu apoio às Casas Lotéricas Brasileiras, na noite desta quarta-feira (23) em Brasília. “Fazer política é um sacerdócio. É usar de empatia, é se colocar no lugar das pessoas que tanto já fizeram pelo Brasil e estão fazendo através das casas lotéricas. Temos que ter esta sensibilidade e aprovar o Decreto Legislativo 190 e renovar os contratos com quem já atua nesta área. Utilizei a Tribuna da Câmara dos Deputados, no fim da tarde desta quarta-feira (23), para assumir publicamente o nosso compromisso com todos os lotéricos catarinenses e brasileiros, que hoje lotam as galerias do Plenário Ulysses Guimarães. Contem com o nosso apoio integral nesta votação”, destacou Maldaner.

O Projeto de Lei 2826/15, do deputado Goulart (PSD-SP), que torna válidas as permissões de agências lotéricas prorrogadas pela Caixa Econômica Federal em 1999 foi aprovado pelo Plenário da Câmara. O texto, um substitutivo da Comissão de Finanças e Tributação, será votado ainda pelo Senado.
 


quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Construção do posto de saúde da Gethal motiva indagações

No pedido de informação 090/2015, o vereador Juliano Polese (PP) faz questionamentos à Prefeitura a respeito da construção da unidade básica de Saúde do bairro Gethal.  Uma matéria veiculada na mídia local em janeiro deste ano apontava a entrega de ordem de serviço para execução da obra no valor de R$ 681.866,576 à empresa Madruga Empreiteira de Mão-De-Obra Ltda.
Entre as perguntas está a situação atual da obra, qual o percentual de valores empenhados, liquidados e pagos referentes a ela e qual o prazo para a conclusão.


Marcos Castiel dá aula de jornalismo em Lages na primeira palestra da história da Assisc

A primeira palestra da história da Associação de Imprensa da Serra Catarinense (Assisc) foi um sucesso. Fundada há apenas quatro meses, a entidade trouxe a Lages na noite desta terça-feira, 22 de setembro, uma das referências em jornalismo esportivo no Sul do Brasil.
O evento foi prestigiado por profissionais, estudantes de comunicação da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac) e do Centro Universitário Facvest (Unifacvest), desportistas e outras pessoas ligadas ao esporte. O auditório estava cheio, e quem foi, ficou até o fim, aprendeu, gostou e aprovou.
Realizada numa parceria entre a Assisc e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Lages, a palestra com Marcos Castiel, editor de Esportes do jornal Diário Catarinense e jornalista multimídia do Grupo RBS, foi bastante oportuna devido ao bom momento esportivo da região, com o Inter de Lages garantido na elite do Campeonato Catarinense e voltando às competições nacionais após meio século.

Experiência, carinho com o Inter de Lages e orientações importantes

Com 28 anos de experiências que incluem coberturas de Copas do Mundo, Olimpíadas, Copa América, finais de Taça Libertadores, de Brasileirão e de outras grandes competições nacionais e internacionais, Castiel iniciou a palestra já com agrados e aplausos ao vestir uma camisa do Inter de Lages personalizada com o seu nome.
Entusiasta declarado do Leão Baio, a quem chama carinhosamente de Interzinho e ao qual sempre dedica espaços nobres nos veículos de comunicação para os quais trabalha, Castiel destacou a importância do domínio da língua portuguesa, da diversidade de fontes confiáveis e da conquista da credibilidade para o exercício do bom jornalismo.
“Tem que ter DNA de jornalista, pois é uma profissão que exige muito, assim como policial, médico e outras que não têm folga e trabalham muito, sempre sob pressão e sem horários, com plantões em finais de semana e feriados”.
Aos estudantes de comunicação, Castiel falou sobre as dificuldades e os desafios do início da carreira. E aos profissionais que já atuam na área esportiva, deu orientações sobre como atuar, seja no trato com atletas, árbitros, dirigentes e demais membros da imprensa, em coberturas de grandes competições como as que o Inter de Lages voltou a disputar, como o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.


Sessão Especial do Trânsito na Câmara de Vereadores é nesta terça

Nesta terça-feira noite, às 20 horas, acontece Sessão Especial na Câmara de Vereadores da Semana do Trânsito. A intenção é debater junto às autoridades municipais e apoiadores da Campanha a Direção responsável. Estarão presentes representantes da CDL Jovem e Prefeitura, realizadores da ação, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Diretran e Secretarias; além dos patrocinadores: Ipiranga, Planalto Seguros, NDD Digital, Mgtek, Auto Brasil, Myata, Guinchos Bernardi e Estação Lages.

A semana teve início da sexta-feira, dia 18/9, com a Blitz nos bares da cidade, uma brincadeira para achar motoristas da rodada e a exposição dos carros sinistrados na cidade. No sábado, dia 19, teria o dia “D” da Campanha, que teve que ser cancelado devido ao mau tempo. Segunda e Terca-feira aconteceram blitz’s educativas no Coral e no Centro da Cidade. Ainda nesta terça tem a solenidade da Câmara de Vereadores. E na quinta-feira (24) tem o encerramento da Campanha e entrega da Premiação do Concurso do Trânsito, na CDL, às 19 horas.








Avast logo
Este email foi escaneado pelo Avast antivírus.
www.avast.com



terça-feira, 22 de setembro de 2015

Prefeitura analisa pedido de majoração de convênio com hospital

Foi discutida a renovação do documento com o valor reajustado tendo em vista as dificuldades que a instituição enfrenta na prestação de serviços via Sistema Único de Saúde

O prefeito Toni Duarte recebeu a diretora do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, irmã Nelsa Hackbarth, e o diretor administrativo Canísio Winkelmann, na manhã desta segunda-feira (21), para tratar sobre a majoração do convênio que a instituição mantém com o município. Foi discutida a renovação do documento com o valor reajustado tendo em vista as dificuldades que a instituição enfrenta na prestação de serviços via Sistema Único de Saúde (SUS).
Tanto o governo do Estado como a administração municipal firmam convênios com o hospital para auxiliar no pagamento dos custos dos serviços prestados, sendo que o município repassa cerca R$ 90 mil mensalmente. De acordo com as dificuldades levantadas, equipe técnica da prefeitura estudará a possibilidade do reajuste, levando em conta a importância do trabalho que o hospital desempenha na cidade e região.
Conforme o prefeito, a diretoria do hospital foi bastante clara ao pedir o aumento da receita para que não haja a diminuição na prestação dos serviços. “A maioria dos procedimentos é deficitária e dependem do poder público”, explica. Toni falou das dificuldades que a administração encontra com os cortes no orçamento da saúde. “O Ministério da Saúde anunciou que haverá cortes e isso dificulta na tomada de decisões, mas vamos trabalhar na possibilidade de recomposição dos valores, para que o hospital continue prestando serviços de qualidade”, reitera.


Mudanças no Memorial Nereu Ramos são analisadas

Além da alteração do formato, outra preocupação é quanto a utilização de um vidro com 10 milímetros de espessura que seria utilizado após a remoção da pirâmide

Na manhã desta segunda-feira (21) o secretário de Planejamento, Jorge Raineski, e o secretário de Estado do Desenvolvimento Regional (SDR), João Alberto Duarte, visitaram a estrutura do Memorial Nereu Ramos, um patrimônio do município construído ao lado de um patrimônio do Estado, que é o Colégio Rosa.  O intuito do encontro foi analisar e esclarecer dúvidas com relação ao formato e material com o qual será feita a nova cobertura do Memorial, concomitante às obras de revitalização do colégio.
Há fatores que geram um pouco de preocupação. O Conselho do Patrimônio Histórico (Compac) já se manifestou de que se essa mudança de formato estaria indo contra questões éticas relativas aos direitos autorais, uma vez que esse projeto foi escolhido entre diversos, através de um concurso público realizado pela prefeitura há alguns anos. Caso a pirâmide seja removida, o resultado irá ser alterado consideravelmente. Além da estética, o espaço interno também terá problemas, principalmente com o calor no verão, contando com menos áreas de circulação do ar e uma possível sensação de claustrofobia.
A Secretaria de Planejamento precisa de um responsável técnico por essa mudança, o qual ainda não existe. Por isso o assunto está sendo analisado em parceria entre a prefeitura e o governo do Estado. “Essa parceria já andou muito bem durante a revitalização das calçadas do entorno do Colégio Rosa, executadas pelo município, repaginadas e contemplando a lei da acessibilidade”, comenta Raineski.
Além da mudança do formato, outra preocupação é quanto a utilização de um vidro com 10 milímetros de espessura que seria utilizado após a remoção da pirâmide – é possível que não seja o suficiente para garantir a segurança, principalmente de crianças, e de desavisados que por ventura circulem sobre a estrutura. “Queremos que a revitalização do Colégio Rosa, que é uma obra magnífica, valorizando o patrimônio histórico cultural da cidade, não seja prejudicada por alguma omissão ou projetos mal executados”, diz o secretário.
As discussões devem continuar, avaliando se o ideal será reforçar a estrutura de segurança, manter a pirâmide ou outra alternativa. A ideia é transformar o espaço em mais um ambiente turístico, voltado à cultura e ao lazer. O Memorial, de responsabilidade da Fundação Cultural de Lages (FCL), mantém arquivada toda a história e restos mortais do lageano Nereu Ramos, o único catarinense presidente da República.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Coruja apresenta Projeto de Lei para reconhecer Urupema como a Capital Catarinense do Tropeirismo

pelos parlamentares e funcionários da casa.  Presentes, além de vários parlamentares, o prefeito de Urupema, Amarildo Luiz Gaio e representantes da comunidade local.
A cidade, que cultiva as tradições do tropeirismo, desenvolve nesta semana uma programação alusiva à Semana Farroupilha, que teve início com a chegada da Chama Crioula, na Praça Central Manoel Pinto de Arruda. Também foi assinado simbolicamente, na ocasião, o Tratado de Poncho Verde, denominação dada ao acordo que pôs fim à Revolução Farroupilha, que aconteceu na Província do Rio Grande do Sul, se alargando até Santa Catarina, entre 20 de setembro de 1935 até 1º março de 1945.
As principais causas da Revolução Farroupilha ou Guerra dos Farrapos foram o descontentamento político com o governo imperial brasileiro, a revolta com os altos impostos cobrados no comércio do couro, charque, gado, sal, entre outros, produtos estes muito importantes na economia do Rio Grande do Sul, naquela época.
No auge da Guerra a região conhecida como Campos de Lages foi tomada ao Estado do Rio Grande do Sul Lages, Anita Garibaldi, Curitibanos, Bom Jardim da Serra, São Joaquim e Urupema.
Em Urupema foi instituído através da Lei Nº 946/2015, de 14 de julho de 2015, a Semana Farroupilha, a ser comemorada anualmente na semana que coincida com o dia 20 de setembro, que corresponda à data inicial da Revolução Farroupilha.








Carmen Zanotto afirma que governo quer passar a "conta" da crise para a população

A deputada Carmen Zanotto (SC), vice-líder do PPS, disse que o governo, ao tentar recriar a CPMF, quer passar a conta da crise econômica para a população.  “A equipe econômica dizia que a arrecadação seria aplicada integralmente na saúde e dividida com os estados e municípios. Agora, surpreende o país ao dizer que a arrecadação será destinada ao pagamento das aposentadorias. O que a gente pode entender de tudo isso é que eles querem arrecadar a qualquer custo, porque o rombo é enorme”, criticou.

Relatora da proposta de emenda à Constituição (PEC 01/2015) que determina que a União aplique na saúde pública 10% das receitas correntes brutas, como prevê o projeto de iniciativa popular “Saúde+Dez”, e presidente da Frente Parlamentar de Diagnóstico, Tratamento e Prevenção do Câncer, Carmen Zanotto disse que vê “com tristeza” a forma com que o governo tenta repassar para a população a responsabilidade pelo reerguimento do país.

O partido já anunciou que é contra a volta da CPMF, seja para qualquer área de despesa. “Vamos ter a mesma coerência que tivemos em 2007, quando ajudamos com o nosso voto a derrubar este imposto”, informou.

Carmen Zanotto rebateu ainda proposta do governo para que os parlamentares destinem suas emendas para obras do PAC, como Minha Casa, Minha Vida, e para saúde. “Acho um absurdo o governo agora  apontar onde nós devemos destinar nossas emendas. Lembramos que a conquista do orçamento impositivo foi uma luta de anos. Grande parte de minhas emendas já vai para a saúde, mas não podemos esquecer da educação, da infraestrutura e das demandas dos municípios”, disse a parlamentar.

Assessoria PPS
Foto: Câmar

Dia do Coletor de Lixo: profissional ainda busca respeito da sociedade

Neste domingo (20/09), comemora-se o Dia do Coletor de Lixo, profissional de extrema importância que desenvolve o trabalho de limpeza urbana. Muitas vezes hostilizados pela sociedade, os coletores trabalham em dias de forte calor e debaixo de chuva para manter os municípios limpos e garantir a qualidade de vida da comunidade.
            A Serrana Engenharia, empresa responsável pelo serviço de coleta de lixo no município de Lages (SC), conta atualmente com 23 (vinte e três) coletores de lixo para atender a cidade. Os quais estão distribuídos entre as equipes da coleta de lixo domiciliar e coleta seletiva.
Como na maioria dos municípios, ainda há uma grande discriminação e também falta de respeito com esses profissionais. Começa pelo tratamento, o coletor não é lixeiro. O lixeiro é quem produz o lixo. O coletor é quem executa o serviço oposto do lixeiro, pois ele que recolhe e dá destinação apropriada para os resíduos.
É importante que o cidadão se lembre de tomar alguns cuidados simples antes de colocar o seu lixo na calçada. Armazene corretamente os objetos cortantes e pontiagudos, como vidros quebrados, que causam diversos ferimentos aos coletores. Para evitar acidentes, embale estes materiais em jornais ou papelão, se possível indique que há material perigoso no saco.
Outro risco diário para os coletores são os animais soltos na rua. É frequente o registro de ataques de cachorros aos colaboradores. Mantenha seu cão preso ou em local seguro durante os dias da coleta.
A população também tem que tomar consciência na hora de separar o seu lixo, não misture os materiais recicláveis com o lixo comum. Líquidos, produtos tóxicos e remédios podem contaminar os profissionais. Esses materiais devem ser descartados de forma segura seguindo procedimento especial de destinação.
Com esses cuidados, o coletor poderá realizar seu trabalho de forma segura com maior eficiência e seriedade, mantendo a sua cidade limpa e organizada.



quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Turismo: administração municipal está empenhada em desenvolver o setor

Estiveram presentes à reunião na tarde desta terça-feira representantes das Secretarias de Planejamento e de Infraestrutura, FCL, Uniplac e Senac

Membros do Conselho Municipal de Turismo (Comtur) reuniram-se na tarde desta terça-feira (15) para dar continuidade à elaboração do Plano de Desenvolvimento Turístico de Lages. Estiveram presentes representantes das Secretarias de Planejamento e de Infraestrutura, Fundação Cultural de Lages (FCL), Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Em pauta as ações divididas em quatro partes: identidade regional, informações turísticas, promoção e melhoria de produtos.
De acordo com o secretário de Turismo, Flávio Agustini, nortear as ações do plano é um grande desafio a ser conduzido por todos os interessados em fomentar o setor na região. “Fizemos uma reunião de validação de todas as outras, apresentando tudo o que foi discutido e incrementando o que falta para avançarmos. Muitas das ações apontadas já estão em prática, como a parte promocional e de investimentos de infraestrutura. Agora vamos definir metas e prazos”, explica.
Lages se destaca como destino turístico oferecendo 3.380 leitos da rede hoteleira, 11 agências de viagens e locais próprios para eventos de grande porte. Da demanda turística, a taxa média de ocupação é de quase 63%, sendo que o tempo de permanência das pessoas não ultrapassa dois dias. “Fazer com que o turista permaneça mais tempo na cidade é a nossa grande luta. É preciso oferecer atrativos e serviço de qualidade”, afirma a turismóloga Ana Vieira.
Os principais atrativos são patrimônio cultural, monumentos históricos, museus, praças, prédios históricos, turismo rural com destaque para a Coxilha Rica, parque natural, turismo de aventura e eventos. “Hoje o frio não é a única motivação para as pessoas subirem à Serra. É necessário traçar estratégias para oportunizar mais atrativos”, diz Ana.

Ações em andamento
Dentre as ações propostas muitas estão em andamento, como o incentivo à produção artesanal; valorização da arquitetura Art Déco; turismo de eventos; roteirização de pontos turísticos, valorizar e promover o turismo rural, entre outras. Para o secretário de Planejamento, Jorge Raineski, a equipe da administração municipal está alinhada para fomentar o setor.
Em Lages, segundo ele, o turismo funciona de maneira sazonal e desde o início da atual gestão vê-se o empenho em fazer da cidade um destino para o setor. “Prova disso é a grandiosidade do evento natalino, porque toda a equipe acredita que pode fazer diferença e o turismo só acontece quando a população acredita estar pronta para bem receber o visitante”, aponta.
A prefeitura já cadastrou 16 projetos em diferentes segmentos da esfera estadual e federal. Entre eles destacam-se a Coxilha Rica, Revitalização do Centro, Natal Felicidade, Sinalização Turística, Feira de Produtos Artesanais da Serra Catarinense, projetos de infraestrutura para o Salto Caveiras, Parque Natural João José Theodoro da Costa Neto, Kartódromo e Morro Grande.

Uniplac
Segundo o reitor da Uniplac, Luiz Carlos Pfleger, a universidade deve estar inserida em todos os aspectos socioeconômicos. “Nosso objetivo é colaborar com o município em projetos que visem o desenvolvimento da região. Esse Plano é de grande importância. Apoiaremos essas iniciativas”, 

equipamentos para o hospital Infantil Seara do Bem

A emenda indicada pela deputada federal Carmen Zanotto no valor R$ 400 mil, em 2012, beneficiando o Hospital Infantil Seara do Bem, em Lages, foi liberada este ano. Os recursos foram disponibilizados na conta do hospital e garantirão a compra de aparelhos de ultrassonografia e Raios X digital.

O administrador do Seara do Bem, Éder Gonçalves, explica que o processo licitatório para a compra dos equipamentos foi realizado e a empresa Philips foi a ganhadora.  “Nossa expectativa é que até novembro eles estejam instalados. Com essa iniciativa da deputada Carmen Zanotto iremos dar mais qualidade para o atendimento dos pacientes e agilidade na realização dos exames”, afirma.

Atualmente quando uma criança que está internada no hospital e necessita de uma ultrassonografia, ela é levada em uma ambulância até uma das clínicas da cidade para fazer o exame. “Precisamos comprar o exame e levar o paciente até a clínica, além do custo, temos o risco do transporte, pois algumas crianças estão internadas na UTI”, declara Éder.

Raios X

O aparelho de Raios X do hospital é analógico e requer uma revelação em chapa. Com a aquisição de um aparelho digital, a revelação não é necessária. Desta forma, é possível fazer a análise do exame pela tela do computador e compartilha-lo pelo próprio sistema. “Com o método tradicional precisamos levar o exame até uma clínica especializada na cidade para receber o laudo de um médico radiologista. Da forma digital poderemos enviar o exame para qualquer parte do Brasil por meio da internet. O que possibilita contratarmos o serviço de laudo por preços mais acessíveis”, completa.

Exame para outros pacientes

Com o equipamento instalado, o hospital poderá realizar o exame de Raios X em outros pacientes que foram atendidos pela Rede do SUS e não somente os que estão internados na unidade hospitalar.


Hospital Nossa Senhora dos Prazeres

Em março de 2014, o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres (HNSP) realizou a entrega dos equipamentos médico hospitalares adquiridos através de recursos de Emenda Parlamentar - Proposta nº 32224/2012 e Convênio com o Ministério da Saúde nº773704/2012 da deputada Carmen Zanotto no valor de R$ 600 mil. Foram adquiridos seis unidades de aparelhos de Anestesia com Monitores, uma mesa cirúrgica e um foco cirúrgico.

  

CIS- OUTUBRO ROSA

O Consorcio Intermunicipal de Saúde (CIS/AMURES) foi o pioneiro em promover campanhas em Lages e região sobre o Outubro Rosa – mês de prevenção ao câncer de mama. E este ano não poderia ser diferente! Teremos intensa programação, envolvendo colaboradores, pacientes e a comunidade em geral. Anote em sua agenda: 


Dia 01/10 às 09h30 será a Abertura do Outubro Rosa, em frente ao CIS/AMURES, com a participação do mastologista, Dr. Fernando Vequi, que falará sobre o câncer de mama, importância da prevenção, diagnóstico e tratamento.

Durante todo o mês a equipe do CIS/AMURES e enfermeiros da FACVEST estarão em frente ao CIS/AMURES informando e conscientizando os pacientes e o público que circula pelo local, sobre o tema.

Dia 22/10 haverá outras atividades envolvendo o público, em frente ao CIS/AMURES.

As responsáveis pelas atividades em alusão ao mês rosa são as enfermeiras do CIS, Cirlei e Vera, que ficam à disposição da imprensa para dar maiores informações a respeito do tema. Elas ficam a disposição para entrevistas no telefone  49 3251-3700

Acompanhe-nos através do blog: cisamures.blogspot.com 

Liana Fernandes
Jornalista 

Assessora de Imprensa do CIS/AMURES
Cel: 49.9998-0524


terça-feira, 15 de setembro de 2015

Com previsão de fortes chuvas para esta semana, Inter adia peneira

As fortes chuvas previstas para Lages para os próximos dias exigiram o adiamento da peneira que o Internacional fará na cidade. Com a mudança, a seletiva passou para os dias 23 e 24 de setembro. Se o mau tempo perdurar, o clube poderá fazer nova alteração.
Apenas entre esta quarta-feira - data em que a peneira originalmente começaria - e sexta, a previsão é de mais de 40 milímetros de chuvas, segundo o site especializado Climatempo. Com esse volume de chuvas, não só a avaliação dos atletas estaria comprometida como também aumentaria o risco de incidentes, como lesões. Assim, o clube julgou que o adiamento seria a decisão ser mais prudente.
Além disso, com o excesso de chuvas, o gramado do Estádio Vidal Ramos Júnior ficaria muito prejudicado se os testes fossem mantidos. O adiamento levou em consideração também a avaliação feita por José Maximiliano Cappelletti Batalha, o Capela, superintendente da Fundação Municipal de Esportes. A FME é o órgão da prefeitura de Lages que administra o estádio. O adiamento em um eventual cenário de mau tempo já estava previsto quando o clube anunciou a realização da peneira (relembre aqui).
Com a seletiva, aberta para atletas nascidos entre 1996 e 2001, o clube que dar oportunidade para que mais atletas da região participem das categorias de base coloradas. As inscrições serão gratuitas e feitas no local. Para participar, basta levar o RG (ou outro documento com foto) e pelo menos um par de chuteiras ou tênis.



Prefeito Toni Duarte solicita emendas para a deputada Carmen Zanotto

A deputada federal Carmen Zanotto, recebeu a visita do prefeito de Lages, Toni Duarte, nesta segunda-feira (14), no gabinete regional. Toni destacou as demandas do município e solicitou emendas para infraestrutura e saúde. 

Na oportunidade, a parlamentar também falou sobre o Projeto de Lei Complementar de iniciativa popular Saúde +10. O projeto garante a aplicação pela União de montante igual ou superior a 10% de suas receitas correntes brutas, em ações e serviços públicos de saúde. 

"É importante ter este contato com os prefeitos para discutir ações e projetos voltados para o desenvolvimento social e econômico", afirma a deputada.


Vôlei de Lages disputa amistoso em Caçador


A equipe masculina da Associação Lageana de Voleibol/FME esteve na cidade de Caçador realizando amistosos. A participação em um triangular, no Meio-Oeste, serviu como preparação para a etapa regional dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), que acontecerão de 9 a 14 de outubro, em Rio do Sul. A equipe que representa Lages disputou dois jogos, sendo uma vitória e uma derrota. Para o treinador Leonardo, é preciso trabalhar para brigar pelas vagas à fase estadual, que acontecerá em Joaçaba. “Vamos treinar muito, nos dedicando ao máximo para obtermos o resultado que desejamos na fase regional do Jasc”, afirma.

Legenda: O time venceu uma e perdeu outra nos jogos no Meio-Oeste catarinense (Foto: Divulgação)

ACIL prepara eleições para escolha da nova diretoria

Uma das maiores entidades representativas de Lages, a ACIL, deve eleger em breve a sua nova diretoria. As eleições acontecem no dia 26 de outubro e os associados interessados em compor a nova diretoria devem fazer a inscrição de chapa até o dia 23 de setembro. Até o momento, uma chapa já foi apresentada. Ela é encabeçada pelo empresário Sadi Montemezzo e Juliano Chiodelli.


segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Castração de animais de rua é prioridade nos próximos mutirões


O controle da natalidade de animais de rua e domésticos no município é a nova política de governo adotada pela Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos. Uma ação inovadora, necessária e que é realidade há algum tempo. No dia 15 de setembro completou-se um ano que iniciaram os mutirões de castração tanto em cães como em gatos. Especificamente para os felinos foram realizados dois mutirões; no primeiro foram castrados 70 e no segundo esse número aumentou, chegando a 100 esterilizações.
O trabalho é realizado sob a responsabilidade do médico veterinário e gerente de Proteção Animal, Rafael Cunha. A meta para o segundo semestre deste ano é chegar a mil castrações. “Nós tínhamos um problema com relação à agenda, pois a capacidade de castração é de dez animais por dia. Muitas pessoas que faziam o pedido não compareciam no dia marcado, dificultando o cumprimento da meta”, conta o secretário de Meio Ambiente, Mushue Hampel.
Para tentar solucionar o problema foi feito um levantamento que constatou que Lages possui cerca de 30 protetores voluntários de animais, muitos vinculados a organizações não-governamentais (ONGs). Em reunião com a presença destes protetores, no Centro de Controle de Zoonoses, no bairro Tributo, ficou definido alguns dias para a realização das castrações.
Nas segundas, quintas e sextas-feiras serão castrados animais que estão sob proteção das ONGs. “O objetivo é castrar todos os animais dos protetores. Assim evitaremos a proliferação, inclusive nos locais onde estão abrigados. Acreditamos que vamos conseguir amenizar o problema. São pessoas que realizam um trabalho fantástico para a cidade, com desprendimento e amor diferenciado com a causa. Isso se reflete em vários fatores, desde a saúde pública às questões de trânsito”, afirma Hampel.
Os demais dias da semana serão dedicados para a castração dos animais de rua. “O cadastramento que antes era realizado no Centro Ambiental, no parque Jonas Ramos (Tanque), será cessado e o foco será os animais de rua”, informa o secretário. Os cadastros já existentes poderão aguardar o próximo mutirão.  A prioridade será para as protetoras que tiverem o maior número de animais.


Geada compromete safra catarinense de frutas

A geada que atingiu a serra catarinense entre sábado, 12, e segunda-feira, 14, vai afetar a qualidade e a quantidade das próximas safras de frutas em Santa Catarina. As frutas mais atingidas foram a maçã, a uva Chardonnay e a ameixa, informa Marcelo Cruz de Liz, gerente da Estação Experimental da Epagri em São Joaquim.
Os prejuízos decorrem da formação tardia da geada. “Se essa geada tivesse acontecido 20 dias antes, não teríamos problemas”, explica. O inverno atípico também contribuiu. Segundo Marcelo, os dias mais quentes em julho e agosto adiantaram a brotação, de modo que a geada acabou congelando a flor ou a fruta jovem.
Nas macieiras da serra catarinense os danos podem ter sido menores porque elas ainda não estão em plena florada, calcula Marcelo, acrescentando que as flores da maçã resistem a até -3°C, mas no último fim de semana as temperaturas na região chegaram a -5°C. Entre as uvas, a Chardonnay sofre maior impacto, já que ela tem brotação precoce. Trata-se de uma uva branca, usada para produzir vinhos. As frutas de caroço também poderão ter suas safras reduzidas, especialmente a ameixa.
A Epagri desenvolve e difunde técnicas de manejo capazes de reduzir o impacto de geadas na fruticultura, entre elas a pulverização com aminoácidos ou açúcar, mas nesse caso, como o evento foi amplo e severo, elas não surtiram o efeito esperado. Marcelo lembra que desde sábado as temperaturas máxima e mínima na serra catarinense vem variando em mais de 20°C no mesmo dia, o que também prejudica bastante as frutas. Os prejuízos exatos causados pelo frio intenso do último fim de semana só poderão ser calculados no decorrer da safra.
Nessa semana o frio deve dar lugar à chuva a partir de terça-feira, persistindo durante toda a semana, prevê a Epagri/Ciram. A preocupação passa a ser com os elevados totais de chuva e os temporais.
Mais informações com Marcelo Cruz de Liz, gerente da Estação Experimental de São Joaquim: 

Recursos do Fundo Social serão debatidos em reunião da Amures

Os prefeitos da Amures participam na manhã desta terça-feira, de assembleia geral ordinária na sede da associação com destaque para a entrega de dermatoscópios e apresentação e debates sobre captação e aplicação dos recursos do Programa Fundo Social, pelo Secretário Executivo de Supervisão de Recursos Desvinculados, Celso Antônio Calcanhotto.
O presidente da Amures prefeito de Correia Pinto Vânio Forster, disse que a reunião iniciará pontualmente às 9h30min com uma exposição do comandante do 6º Batalhão de Polícia Militar tenente-coronel Leibnitz Martinez Hipólito. O militar relatará a situação do efetivo da PM na Serra Catarinense. “A pauta está bem carregada e não podemos perder tempo. Seremos obrigados a ser pontual”, informou Forster.
Em seguida haverá a entrega de 14 dermatoscópios para prefeituras, pelo secretário de Estado da Saúde João Paulo Kleinubing e pelos secretários de Desenvolvimento Regional de Lages João Alberto Duarte e Desenvolvimento Regional de São Joaquim Solange Pagani.
Será apresentada também, uma proposta de elaboração do Plano de Desenvolvimento do Turismo Integrado e Sustentável da Região Serrana. O presidente da Fecam Cláudio Caramori vai prestar contas aos prefeitos, da aquisição da nova sede da Federação Catarinense de Municípios – Fecam. Ainda consta na pauta encaminhamentos do Consórcio de Saúde e do Consórcio Serra Catarinense – Cisama.



sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Empresa oferece uma vaga administrativa para pessoa com deficiência


Os interessados precisam comparecer ao Banco do Emprego, na rua Sebastião Furtado, 81, esquina com a rua Benjamin Constant, a uma quadra da Policlínica Municipal

O Banco do Emprego está aguardando interessados em uma vaga especial destinada exclusivamente a pessoas com deficiência para ocupar função administrativa. A empresa pede que os candidatos possuam ensino fundamental completo e residam nas proximidades da Área Industrial. Na listagem de vagas expostas pelo Banco do Emprego esta tem o código 793.
A empresa ofertante está enfrentando dificuldade em encontrar candidatos. Dúvidas básicas devem ser esclarecidas pelos telefones 3224-0700 e 3224-5121. Os interessados precisam comparecer ao Banco do Emprego, na rua Sebastião Furtado, 81, esquina com a rua Benjamin Constant, a uma quadra da Policlínica Municipal, com carteira de identidade, CPF, carteira de trabalho e comprovante de residência para cadastramento de currículo. O atendimento é de segunda a sexta, das 13h às 19h.


Lageano é pré-convocado para Seleção Catarinense de Vôlei

Hoje com 14 anos, Maurício Júnior já tem uma boa bagagem, sendo bicampeão regional dos Jogos Escolares, duas vezes terceiro colocado na fase estadual dos jogos escolares e vice- campeão regional da Olesc em 2014

O atleta da Associação Lageana de Voleibol/FME Lages, Maurício Júnior, foi convocado para avaliações entre os dias 11, 12 e 13 de setembro, na cidade de Rio do Sul. Ele poderá compor a Seleção Catarinense de voleibol que disputará a Copa Brasil de Seleções de Menores (Taça Sami Melhinsky – Infantil Masculino), em Saquarema (RJ), de 12 a 17 de outubro.
Maurício pratica o esporte desde os 10 anos no núcleo de voleibol do Colégio Vidal Ramos, comandado pelo professor Edson Marchinichen. Hoje com 14 anos já tem uma boa bagagem, sendo bicampeão regional dos Jogos Escolares, duas vezes terceiro colocado na fase estadual dos jogos escolares e vice- campeão regional da Olesc em 2014. Há quase duas décadas Lages não tinha atletas do voleibol masculino para compor a seleção catarinense, segundo a Fundação Municipal de Esportes (FME), que auxilia no desenvolvimento da modalidade.

Legenda: Há quase duas décadas Lages não tinha atletas do voleibol masculino para compor a seleção catarinense, segundo a Fundação Municipal de Esportes (Foto: Arquivo pessoal)



Semasa: Adutora rompe e provoca desabastecimento de água no Várzea e bairros próximos

A Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa) comunica que houve rompimento em uma adutora de abastecimento de água potável, e de canos destinados à coleta de resíduos de esgotamento sanitário, localizados na avenida Antônio Ribeiro dos Santos, bairro Várzea, na manhã desta sexta-feira (11). O incidente provocou a interrupção no fornecimento de água aos moradores dos bairros Habitação, Caça e Tiro, Várzea e proximidades.
Equipe de manutenção trabalha no conserto para o breve restabelecimento do fornecimento, que deve ocorrer até o fim da tarde. O secretário Benjamin Schultz pede compreensão à população e informa que a empresa terceirizada, Águas do Planalto, está resolvendo o problema. A adutora consiste num canal, galeria ou encanamento destinado a conduzir as águas de um manancial para o reservatório.

Legenda: O incidente atinge moradores dos bairros Habitação, Caça e Tiro, Várzea e proximidades (Foto: Cao Ghiorzi)