terça-feira, 31 de março de 2015

Infraestrutura atende reivindicação e desentope caixas de coleta de esgoto

Os moradores da rua Salvador Pucci Sobrinho, no bairro Várzea, se queixavam do mau cheiro e da inundação que o vazamento de resíduos de esgotamento sanitário causava devido ao entupimento da tubulação e das bocas-de-lobo. Seis caixas foram liberadas na mesma rua. O Município realizou a atividade de desobstrução, providenciada na quinta-feira (26), pela Secretaria de Infraestrutura. O trabalho foi supervisionado pelo secretário Álvaro Mondadori (Joinha).

O coordenador de equipes, Adilson da Silva, ressalta que trabalho semelhante foi executado na rua Távora Tigre, no Ipiranga, onde dois tubos estavam quebrados e foram substituídos. Além desses locais, equipes de melhorias foram distribuídas nas avenidas 1º de Maio, no Popular, e Presidente Vargas e Indalécio Batista Gomes, no São Miguel. Os serviços de desobstrução são desempenhados pela prefeitura utilizando-se de caminhão hidrojato terceirizado.

O veículo é composto de duas mangueiras: a de jato d’água (hidrojato) para limpar e desobstruir e a de sucção (vácuo) que puxa todos os detritos presentes nas redes de esgoto. O procedimento acontece a partir de um jateamento de água sobre o local problemático fazendo com que a pressão movimente as pedras britadas que são transportadas pelas águas da chuva e de enxurrada para dentro dos tubos.

Após, os resíduos, além de lixo jogado irregularmente na rua pelos moradores, são retirados, liberando o espaço para a correta vazão. “A repercussão do nosso trabalho tem de ser sentida todos os dias. O andamento da vida da cidade depende do nosso compromisso levado a sério”, reconhece o servidor.

Lageanos em busca de título nacional de xadrez

Os enxadristas da equipe Lages Xadrez Clube/FME, Luiz Henrique da Silva Bugança e Clarissa dos Santos Passos disputam, entre os dias 3 e 5 de abril, o Festival Nacional da Criança (Fenac). A competição acontece em São Paulo (SP), reunindo os melhores jogadores do Brasil até 14 anos e classificará o campeão para o Mundial e o vice para o Pan-Americano. Cada jogador disputará seis partidas de duas horas, valendo troféus aos três primeiros e medalhas até o 10º lugar. A competição é oficial e faz parte do calendário da Confederação Brasileira de Xadrez (CBX).

Técnico e persistente
Luiz Henrique da Silva Bugança, 9 anos. Aluno da Escola Municipal Professor Trajano é bicampeão estadual  (sub-8 e sub-10) e conquistou o vice-campeonato brasileiro em 2014. Luiz teve apoio da Secretaria Municipal de Educação e da Caixa Econômica Federal de Lages para disputar o Brasileiro. Muito técnico e persistente, o lageano poderá surpreender os fortes jogadores de São Paulo e Minas Gerais. Os pais Luana e Diego acompanham Luiz na viagem.

Dois anos de treino e muita evolução
Clarissa dos Santos, 11 anos. Aluna do Colégio Energia, Clarissa treina há dois anos e tem demonstrado muita evolução. Em 2015 ficou com o 3º lugar no estadual, empatada com a vice-campeã e meio ponto a menos que a campeã. Este será o segundo Fenac de Clarissa, que já é integrante da equipe de Lages para a Olesc e os Joguinhos Abertos. Clarissa viaja em companhia da mãe Fabiane.

Evento reúne os melhores de cada Estado

Para o técnico de Lages, o mestre nacional Marco Cordeiro, Luiz e Clarissa tem muita chance de fazer um bom papel no Fenac 2015, mesmo diante de jogadores com muita força, pois o evento reúne os melhores de cada Estado. “Mesmo com pouca idade, os enxadristas possuem volume de jogo, pois estão no Circuito Nacional desde muito cedo”, analisa o técnico da equipe Lages Xadrez Clube/FME. As partidas iniciam na quinta feira (3), às 13h30min; o encerramento do Fenac acontece no domingo (5), a partir das 14h.

Motorista deixa veículo estacionado na Praça Joca Neves, e pega fogo sozinho

O incêndio aconteceu na manhã desta segunda-feira (31), no estacionamento da Praça Joca Neves, no Centro da cidade

Segundo informações, o veículo estava sozinho.

 De acordo com funcionários da prefeitura, que estava realizando obras na praça, o carro do nada acabou pegando fogo, e a reação dos trabalhadores no momento era combater as chamas com vários baldes de água, até a chegada do Corpo de Bombeiros. 

Em alguns minutos o Corpo de Bombeiros chegou até o local, e realizou os procedimentos finais.

Boa parte do capô do veículo ficou destruído com a violência das chamas. Ninguém ficou ferido. A polícia está no local, aguardando o condutor do veículo, que certamente foi até o centro pagar suas contas, ou está trabalhando em algum local próximo. 




Sinotruk foi tema de reunião na Acil

O deputado Gabriel Ribeiro e o presidente da SC Par, Paulo César da Costa, retornaram da China com informações atualizadas sobre a instalação da montadora de caminhões Sinotruk em Lages. Ontem (30) à noite eles dialogaram sobre o tema com a diretoria da Associação Empresarial (Acil)

O presidente da SC Par, Paulo César da Costa, explicou a complexidade do processo, levando em conta as oscilações constantes da economia mundial, e reiterou seu otimismo em relação ao consolidação do negócio. “O cenário era bem diferente no início das conversas. De lá pra cá surgiram vários entraves burocráticos, mas estamos superando esses obstáculos, e continuo confiante”, disse Costinha.  

O deputado Gabriel Ribeiro ressaltou que a entrada de um novo grupo investidor asiático pode acelerar a construção da fábrica. “A viabilização do empreendimento exige um montante significativo de recursos. O governo já deu as garantias necessárias, e o início das obras só depende de algumas definições da própria empresa”, explicou Gabriel.
O governo catarinense destinou mais de R$ 10 milhões para viabilizar a compra do terreno e os serviços de terraplenagem, e a união incluiu a Sinotruk no programa Inovar-auto, que concede benefícios para a produção veículos com peças nacionais. Para usufruir do programa, a empresa precisa começar a fabricar os caminhões até agosto do ano que vem.  

Entrega de revitalização de Ceims é transferida

A Secretaria de Educação informa que, devido a problemas de agenda, a entrega das obras de revitalização dos Centros de Educação Infantil Municipal (Ceims), prevista para esta terça-feira (31), foi transferida para depois da Páscoa, com data a ser confirmada pela secretaria.

Festa do Pinhão: Abertas as inscrições para as Sapecadas da Canção Nativa e da Serra Catarinense

A Fundação Cultural de Lages (FCL) abriu as inscrições para a 23ª Sapecada da Canção Nativa e 15ª Sapeada da Serra Catarinense. Os interessados podem se inscrever até o dia 19 de abril na FCL, pelos Correios ou pelo site www.sapecada.lages.sc.gov.br. Os festivais ocorrem nos dias 31 de maio e 1 e 2 de junho no parque de exposições Conta Dinheiro, durante a 27ª Festa Nacional do Pinhão.
Os interessados podem inscrever diversos trabalhos, porém, serão selecionadas apenas duas composições por autor, que devem ter música e letra inéditas. Para efetivar o processo, o proponente deve entregar a ficha de inscrição, a letra e um CD com a gravação da obra concorrente. Poderão participar da Sapecada da Canção autores e compositores brasileiros e dos países do Mercosul. Para a da Serra Catarinense, nascidos ou que comprovadamente residam em Santa Catarina.

Alpa realiza mutirão de castração

O segundo Mutirão de Castração promovido pela Associação Lageana de Proteção aos Animais (Alpa), com apoio da prefeitura, aconteceu no fim de semana (28 e 29). Segundo a entidade, 287 animais, entre cães e gatos (machos e fêmeas) passaram por cirurgia. A prefeitura ofereceu apoio logístico. A iniciativa da Alpa era castrar o maior número de animais por um preço acessível.
De acordo com os organizadores a ação trará resultados expressivos para a sociedade. “Ao castrar um animal doméstico, muitos outros poderão ser salvos. Agradecemos o empenho da prefeitura em colaborar com a nossa ação. A parceria entre organização não governamental e poder público é fundamental”, declara Aracelli Hammann, presidente da Alpa.
De acordo com a Pirâmide da Castração, dados estatísticos fornecidos pela associação, as 287 castrações evitarão no próximo ano que, em média, 3.444 animais nasçam. Esse número de animais não teria lares. “Agradecemos todos os apoiadores e toda a equipe veterinária e voluntária que contribuiu para o sucesso do evento”, destaca Aracelli.

Presidente Adilson Apolinário suspende sessão após briga generalizada na platéia

A sessão na Câmara de Vereadores, desta segunda-feira (30), foi diferente de todas as outras que já aconteceram no plenário mais disputado dos últimos tempos.

Segundo informações obtidas pela redação do portal, o assessor da câmara de vereadores, Adilson Jardim, fez um pedido para uma pessoa não credenciada da imprensa, não fotografar os vereadores, e não invadir a área reservada para jornalistas. 

A partir daí, segundo relatos, a briga começou a se estender, e foi comprometendo outras pessoas, e até mesmo os vereadores que estavam na bancada.

 O bate boca e inúmeros xingamentos à alguns vereadores, e até mesmo para assessores de vereadores, foi se generalizando até a chegada da polícia militar, que teve que conter a movimentação irregular dentro de uma sessão. 

Feito isso, o Presidente da casa Adilson Apolinário, não pensou duas vezes, e encerrou a sessão, para não causar tumultos.

Foto: Vantuir Rech

segunda-feira, 30 de março de 2015

Sistema Único de Assistência Social é tema de encontro

A implementação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) na prática cotidiana da gestão pública.
 Esse foi o tema do Encontro Sul do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas), nos dias 26 e 27 de março, em Balneário Camboriú, Litoral Norte catarinense.
O secretário municipal de Assistência Social de Lages, José Amarildo Farias, juntamente com sua equipe técnica de gestão e dos equipamentos públicos estiveram presentes no evento que contou com a participação de mais de 700 pessoas ligadas diretamente à Assistência Social nos Estados de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. “Nosso objetivo foi aprofundar os temas da política de Assistência Social, oportunizando a troca de experiências durante as oficinas temáticas sobre as práticas municipais que ocorrem nos três Estados da região Sul”, relata.
Entre os palestrantes estiveram técnicos do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e das Secretarias de Estado de Assistência Social.
 A programação do evento trouxe para discussão subtemas como o trabalho social com as famílias no contexto da Política Nacional da Assistência Social e o cofinanciamento e a regionalização dos serviços de média e alta complexidade no SUAS. “Tivemos muitos avanços nas políticas de assistência social nos últimos anos”, comenta a secretária nacional de Assistência Social, Ieda Castro.
Segundo ela foram desenvolvidos diversos programas e ações de inclusão e que garantiram cidadania para a população brasileira. “Estamos entrando em uma nova fase de trabalho, onde temos que estar preparados para os desafios”, frisa. O encontro foi organizado pelo Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social de Santa Catarina, no qual o secretário José Amarildo Farias faz parte da mesa diretora como vice-presidente.

Sinotruk - Deputado Gabriel e secretário Costinha retornam da China otimistas com avanço nas negociações

O deputado estadual Gabriel Ribeiro e o presidente da SC Par,  Paulo César da Costa,  retornaram da China após quase uma semana de reuniões sobre a instalação de uma filial da montadora de caminhões Sinotruk em Lages. 
O roteiro incluiu encontros com empresários, dirigentes e autoridades nas cidades de Jinan, Pequim e Weihai.
"Em contato telefônico com o governador Raimundo Colombo,  fixamos as bases e finalizamos etapas decisivas deste grande e complexo processo, que trará uma nova realidade para a Serra Catarinense", ressalta o deputado Gabriel Ribeiro,  que representa a região escolhida para a instalação da fábrica.  
A SC Par está envolvida diretamente na implantação da Sinotruk Brasil, visando garantir que todo o processo seja realizado de maneira transparente e traga benefícios econômicos e sociais para o estado.
O governo catarinense já destinou mais de R$ 10 milhões para viabilizar a compra do terreno e os serviços de terraplenagem, e a união incluiu a Sinotruk no programa Inovar-auto, que concede benefícios a empresas que produzem veículos com peças nacionais.
"O governo do estado está fazendo todo o esforço possível para trazer a Sinotruk para Santa Catarina, através da concessão de incentivos, participação acionária e viabilização da área para a construção da fábrica", diz o presidente da SC Par, Paulo César da Costa. Os trabalhos continuam, e uma nova rodada de reuniões entre acionistas e autoridades está prevista para os próximos dias.

Inter lança campanha para atrair novos sócios dentro de empresas

Empresas que ainda não são apoiadoras do Internacional de Lages têm mais uma oportunidade de participar da vida colorada nesta temporada que já se desenha histórica. Sem que tenha despesas, qualquer empresário pode auxiliar o clube na captação de sócios, intermediando o contato entre o clube e os funcionários da empresa.
O Inter está visitando empresas para fazer os primeiros acertos dessa nova modalidade de parceria. Com ela, a empresa recebe um formulário, que será entregue aos funcionários que podem se tornar sócios do clube. À empresa, cabe apenas a colaboração de apresentar a possibilidade de associação a seus colaboradores e entregar a eles o formulário em que os interessados vão escrever seus dados cadastrais.

As empresas interessadas em apoiar o Colorado Lageano na captação de novos sócios podem informar o clube pelo e-mail intertojunto@interdelages.com.br. Feito o chamamento, o Inter vai à empresa, entrega os formulários e apresenta mais detalhes sobre o plano de sócios #InterTôJunto ao empresário e a seus colaboradores.
O Campeonato Catarinense está em sua reta final, e o Inter segue na briga por uma vaga na final - feito que não ocorre desde 1974, quando o Colorado Lageano decidiu o título com o Figueirense. Mas a temporada está só começando: logo depois do estadual, o clube começa a se preparar para o Campeonato Brasileiro - Série D. É o retorno do clube a uma competição nacional depois de 49 anos de ausência.

Inter empata em casa e se complica na classificação para a final do Catarinense

O Inter de Lages abriu o segundo turno do hexagonal, jogando contra o Metropolitano, no Vidal Ramos Junior. 

O jogo era válido pela sexta rodada.

 O Metro saiu na frente do colorado, no segundo tempo, e logo depois o Inter de Lages buscou o empate, e por pouco a vitória. 

A equipe colorada tinha a obrigação de vencer em casa, e fechar a rodada em terceiro lugar, onde já facilitaria a classificação para a final do campeonato. 

Infelizmente não foi isso que aconteceu, a equipe fechou a rodada em quarto lugar, e só depende da matemática para poder se classificar, e ganhar todos os jogos até o fim da rodada. Nada é impossível.

Jovem de 17 anos perde a vida em um grave acidente de carro, no Caroba

O acidente foi na madrugada deste domingo (29), por volta de 4 horas, no bairro Caroba, na rua Luís Floriani Júnior, logo após a ponte, sentido a rua da Horta. 

O veículo era um pálio com placas de Lages, da empresa Hidraulicar direções hidráulicas. 

Guilherme de Lima Freitas, perdeu o controle da direção, após uma curva, invadiu a pista contrária subindo na calçada e colidiu a lateral do veículo violentamente contra um poste de energia.

 O jovem chegou a ser atendido pelos médicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu aos ferimentos.

 O corpo de Bombeiros, foi acionado para ir até o local tirar o corpo que estava preso nas ferragens.

De acordo com informações ele sofreu uma fratura no pescoço e foi a óbito no local do acidente. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).

RÁDIO GAZETA



A pedido de Carmen Zanotto, comissão aprova audiências para debater Casa da Mulher




A Comissão Mista de Combate à Violência Contra a Mulher aprovou  requerimento para realização de audiência pública, de autoria da deputada Carmen Zanotto, para debater a implantação de casas da Mulher Brasileira em todo o país. Com o crescente aumento de violência contra a mulher, a parlamentar defende a necessidade de que seja agilizada construção desses abrigos nos estados. 
Até agora, somente a unidade de Campo Grande (MT) foi inaugurada. A previsão da  Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) é de que mais doze serão construída até o final do ano.
“É importante que esta comissão debata formas de acelerar o cronograma de obras destas Casas, que são importantíssimas para a proteção das mulheres que sofrem maus tratos, vítimas da violência doméstica, cada vez mais crescente no Brasil”, justificou Carmen.
No documento, a parlamentar pede que sejam convidados para discutir o assunto a secretária de Enfrentamento à Violência, Maria Aparecida Gonçalves, e o coordenador do Núcleo de Gênero Pró-Mulher do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Thiago Pierobom de Ávila.

Lei Maria da Penha

Em outro requerimento aprovado, Carmen pede que seja realizada oitiva para avaliar o quadro atual de enfrentamento da violência contra a mulher e debater os avanços obtidos depois da aprovação da Lei Maria da Penha.

Serão convidadas para debater o assunto a professora Antonia de Jesús Angulo Tuesta -pesquisadora das Relações entre Violência de Gênero e Saúde Pública da Universidade de Brasília; a delegada Ana Cristina Melo Santiago - chefe da Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) do Distrito Federal; Lúcia Ríncón - coordenadora nacional da União Brasileira de Mulheres; e Aparecida Gonçalves - secretária de Enfrentamento da Violência contra as Mulheres.

Inclusão de Lages no Plano do governo do Estado de prevenção às cheias

O governo do Estado está viabilizando um projeto em parceria com o Ministério das Cidades, conforme notícia publicada no site oficial do governo em 18 de março de 2015. O objetivo é atuar na prevenção às cheias. O Plano de Contingência dos Municípios prevê projetos, como: a execução do Mapeamento das áreas de risco do Estado e o Projeto para relocação de famílias atingidas.
Diante do fato de a população de Lages estar constantemente sofrendo com problemas de enchentes, o vereador Gerson (PMDB), apresentou a moção legislativa 077/2015, solicitando que o município de Lages seja incluído no Plano. “Infelizmente todo o ano é a mesma coisa: os noticiários são tomados por problemas relacionados com a elevação dos cursos d´água e a inundação de casas e ruas, desencadeando uma série de tragédias que, quase sempre, poderiam ser evitadas”, destaca o vereador no documento.
A moção relata ainda, o fato de as cheias causarem grandes transtornos para o município, como: prejuízos de perdas materiais e humanas; interrupção da atividade econômica das áreas inundadas; contaminação por doenças de veiculação hídrica como leptospirose, cólera, entre outros; contaminação da água pela inundação de depósitos de material tóxico, estações de tratamentos entre outros.

As causas são variadas, o assoreamento do leito dos rios, impermeabilização das áreas de infiltração na bacia de drenagem ou fatores climáticos.

Vereador Gerson preocupado com as cheias

O governo do Estado está viabilizando um projeto em parceria com o Ministério das Cidades, conforme notícia publicada no site oficial do governo em 18 de março de 2015. O objetivo é atuar na prevenção às cheias. O Plano de Contingência dos Municípios prevê projetos, como: a execução do Mapeamento das áreas de risco do Estado e o Projeto para relocação de famílias atingidas.
Diante do fato de a população de Lages estar constantemente sofrendo com problemas de enchentes, o vereador Gerson (PMDB), apresentou a moção legislativa 077/2015, solicitando que o município de Lages seja incluído no Plano. “Infelizmente todo o ano é a mesma coisa: os noticiários são tomados por problemas relacionados com a elevação dos cursos d´água e a inundação de casas e ruas, desencadeando uma série de tragédias que, quase sempre, poderiam ser evitadas”, destaca o vereador no documento.
A moção relata ainda, o fato de as cheias causarem grandes transtornos para o município, como: prejuízos de perdas materiais e humanas; interrupção da atividade econômica das áreas inundadas; contaminação por doenças de veiculação hídrica como leptospirose, cólera, entre outros; contaminação da água pela inundação de depósitos de material tóxico, estações de tratamentos entre outros.
As causas são variadas, o assoreamento do leito dos rios, impermeabilização das áreas de infiltração na bacia de drenagem ou fatores climáticos.

A proposição foi encaminhada ao governador do Estado, Raimundo Colombo, Secretário Estadual de Defesa Civil, Milton Hobus, deputado estadual/PMDB, Fernando Coruja, deputados estadual/PSD, Gabriel Ribeiro.

sábado, 28 de março de 2015

Secretaria da Saúde negocia recursos e novas habilitações de alta complexidade para o Estado
27/03/2015
O superintendente de Gestão e Planejamento da Secretaria de Estado da Saúde, Clécio Espezim, cumpriu, na quinta-feira, 26, agenda no Ministério da Saúde, em Brasília, para tratar de recursos para cirurgias eletivas e habilitações de serviços de alta complexidade para Santa Catarina. 
“Foi uma conversa muito boa, na qual pudemos encaminhar algumas questões bastante importantes para o Estado”, definiu o superintendente. Acompanhado da diretora de Planejamento da secretaria, Karin Gueller, Espezim esteve reunido com Josafá Santos, coordenador de Controle e Serviços, e Marcos Marinho, coordenador de Planejamento, ambos do Ministério da Saúde. 
Um dos assuntos da pauta foi a cobrança de uma pendência de R$ 16,6 milhões referentes ao pagamento antecipado pelo Estado de cirurgias eletivas realizadas por cerca de 150 unidades de saúde. O valor é acumulado desde outubro passado, quando foi feito o último repasse da União para o Estado. 
Também foi apresentada a projeção para este ano sobre a necessidade financeira para continuidade, em parceria com o governo do Estado, do projeto das cirurgias eletivas. A estimativa é da realização de 57 mil procedimentos, um incremento de 10 mil operações em relação a 2014, a um custo de R$ 39,7 milhões. 
Os representantes do Ministério da Saúde afirmaram que, tanto para a quitação da pendência relativa a 2014 quanto para os valores de 2015, eles estão na dependência da aprovação do orçamento para o Ministério da Saúde. Segundo eles, assim que o orçamento for definido, a dívida será quitada e os números projetados para este ano serão avaliados. 
Outro assunto tratado na agenda foi a questão de novas habilitações para serviços de alta complexidade em instituições de saúde catarinenses. O tema faz parte do Programa Geral de Ações e Serviços de Saúde, que prevê encontros regionais com os gestores municipais da área visando a ampliar e descentralizar o atendimento à saúde no Estado. “A ideia é atender regiões que ainda não possuem determinados tipos de serviços de alta complexidade”, comentou Espezim.


500 KG de maconha é apreendido na BR 101



Meia tonelada de maconha é apreendida pela Polícia Civil
Florianópolis - Nesta sexta-feira, 27, a Delegacia de Combate às Drogas (DECOD) apreendeu cerca de 500 kg de maconha, a qual seria transportada de Joinville para a Capital. O entorpecente foi encontrado escondido num fundo falso de uma carroceria de um caminhão abordado na BR-101. Uma pessoa também foi detida.
A operação faz parte de uma ação denominada "pá de cal", cuja abrangência é identificar, localizar e apreender carga de grande quantidade de drogas, especialmente maconha, que são enviadas à Capital, a fim de abastecer distribuidores.
Esta apreensão foi descrita como a primeira fase de uma operação maior, pelo Delegado de Polícia, Antônio Joca, que coordena a DECOD. "A missão principal é determinar a rota e o modo de operação de alguns dos principais fornecedores/distribuidores de Florianópolis. A apreensão de hoje serve como base para o desenrolar dos trabalhos", pontuou.
As investigações iniciaram há quatro meses. Além do efetivo da DECOD, a Diretoria de Inteligência, DEIC, Delegacia de Homicídios, Delegacia de Roubos, DIC de Palhoça, DP de Biguaçu, Delegacia do Aeroporto, Polícia Federal, Guarda Municipal,  entre outras, também auxiliaram nas diligências. 

O Delegado igualmente salientou que houve importantes trocas de dados entre policiais e instituições parceiras - fato imprescindível para o sucesso da ação. A PRF prestou auxílio na apreensão.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Inclusão de Lages no Plano do governo do Estado de prevenção às cheias

Constantemente a população de Lages tem sofrido com problemas de enchentes. O governo do Estado está viabilizando um projeto em parceria com o Ministério das Cidades, conforme notícia publicada no site oficial do governo em 18 de março de 2015. O objetivo é atuar na prevenção às cheias. O Plano de Contingência dos Municípios prevê projetos, como: a execução do Mapeamento das áreas de risco do Estado e o Projeto para relocação de famílias atingidas.
Diante do fato de a população de Lages estar constantemente sofrendo com problemas de enchentes , o vereador Gerson (PMDB), apresentou a moção legislativa 077/2015, solicitando que o município de Lages seja incluído no Plano. “Infelizmente todo o ano é a mesma coisa: os noticiários são tomados por problemas relacionados com a elevação dos cursos d´água e a inundação de casas e ruas, desencadeando uma série de tragédias que, quase sempre, poderiam ser evitadas”, destaca o vereador no documento.
A moção relata ainda, o fato de as cheias causarem grandes transtornos para o município, como: prejuízos de perdas materiais e humanas; interrupção da atividade econômica das áreas inundadas; contaminação por doenças de veiculação hídrica como leptospirose, cólera, entre outros; contaminação da água pela inundação de depósitos de material tóxico, estações de tratamentos entre outros.
As causas são variadas, o assoreamento do leito dos rios, impermeabilização das áreas de infiltração na bacia de drenagem ou fatores climáticos.
A proposição foi encaminhada ao governador do Estado, Raimundo Colombo, Secretário Estadual de Defesa Civil, Milton Hobus, deputado estadual/PMDB, Fernando Coruja, deputados estadual/PSD, Gabriel Ribeiro.


Câmara questiona dados relacionados à economia divulgados pela Prefeitura

O vereador Juliano Polese (PP), questiona o Executivo, por meio do pedido de informação 022/2015, aprovado na sessão deliberativa de segunda-feira (23), sobre informação publicada no site da Prefeitura Municipal. A matéria, com data do dia 03 de fevereiro de 2015, destaca que a atual administração economizou R$ 21.612.138,60.
O vereador quer saber, então, como a administração chegou a este valor, pede ainda que a Prefeitura encaminhe à Câmara relação dos processos licitatórios com a respectiva economia de cada.


Ginástica Laboral é oferecida semanalmente aos servidores da Prefeitura de Urupema



A Prefeitura Municipal de Urupema através da Secretaria de Saúde e Núcleo de Apoio a Saúde da Família (NASF), oferece semanalmente, aos servidores municipais, momentos de lazer e atenção à saúde com atividades de ginástica laboral.
A ação acontece nas secretarias municipais, seguindo um cronograma fixo, onde por quinze minutos, os servidores param para praticar atividades físicas, acompanhados pela educadora física, Cristel Sausen.
Além dos servidores o projeto contempla as crianças que frequentam os Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, os grupos de idosos da sede e do interior do município e as mães do Programa Bolsa Família.
O programa busca dar oportunidade as pessoas de praticar exercício físico, diminuindo os problemas de saúde física e psicológica, alívio do stress, proporcionando um estilo de vida mais saudável, o bem estar e a qualidade de vida dos trabalhadores, bem como promovendo a integração e socialização dos grupos.
Para a servidora Vera Marcia Chaves, o programa é muito bom, “gosto tanto que  deveria acontecer pelo menos mais uma vez na semana, pois a atividade física faz muito bem para a saúde, além de quebrar a rotina de trabalho proporciona relaxamento muscular”, disse a servidora.
O programa foi adotado no início do ano passado, sendo adequado para o ambiente de trabalho.
Marília Oliveira
Agente Administrativo
Prefeitura de Urupema

Câmara aprova projeto de Carmen Zanotto que assegura mamografia a mulheres a partir dos 40

 

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na noite da última quarta-feira (25),  o Projeto de Decreto Legislativo (PDC 1442/14), de autoria da deputada Carmen Zanotto (PPS-SC) sustando o art. 1º e o Parágrafo Único do art. do 2º da Portaria 1.253/13, do Ministério da Saúde, que “altera atributos de procedimentos na Tabela de Procedimentos, Medicamentos, Órteses, Próteses e Materiais Especiais do Sistema único de Saúde.” A Portaria definia a prioridade para a realização de mamografia de rastreamento (realizada em mulheres que não apresentam sintomas da doença) apenas para mulheres entre 50 e 69 anos.

O PDC aprovado restaura o Fundo de Ações Estratégicas e Compensação (Faec) como fonte de custeio de todos os exames mamográficos bilaterais realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS), exclui-se a política de priorização da faixa etária 50-69 anos. A mudança provocada pela aprovação do PDC poderá ajudar mulheres a partir dos 40 anos a detectar o câncer de mama ainda em estágio inicial.  “Se conseguirmos salvar uma mulher com o exame preventivo do câncer de mama, já podemos considerar um sucesso”, afirmou Carmen Zanotto.
“Tornamos realidade uma luta de mais de um ano. Não há apenas um autor neste projeto, não existe apenas uma vencedora nesta batalha. Todos nós, parlamentares, as mulheres brasileiras, as entidades de apoio, as instituições de mastologia, ganhamos esta batalha”, ressalta a parlamentar.
O projeto teve o apoio da Femama, da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM), da Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) e do movimento Todos Juntos Contra o Câncer.
A matéria deve ser votada ainda pelo Senado. 

Avanço da doença
Carmen Zanotto citou dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) segundo os quais o câncer de mama em estágio avançado está presente em mais da metade dos casos desse tipo de câncer.
De acordo com o Sistema de Informações do Sistema Único de Saúde  (SUS/ CID 50) na faixa etária de 40 a 49 anos o índice de óbitos por câncer de mama foi 16,87% (2.319) em 2012.
Fotos: Robson 

ASP Softwares acerta parceria com o Inter e inaugura nova modalidade de patrocínio

A empresa lageana ASP Softwares é a mais nova parceira do Internacional de Lages na briga pelo título do Campeonato Catarinense e por uma vaga na Copa do Brasil 2016. De quebra, a empresa inaugura uma nova modalidade de apoio oferecida pelo clube: o patrocínio eventual.
No acordo, a ASP vai exibir sua marca na camisa do time em dois jogos do hexagonal decisivo do campeonato, contra Criciúma e Joinville. A logomarca da empresa vai ser exposta no peito, ao lado do escudo do clube.
Mas a parceria entre Inter e ASP não vai se limitar a essas duas partidas. Sob o acordo, a empresa estará com o Inter até dezembro de 2016, criando softwares necessários para o processo de efetiva profissionalização do Colorado Lageano. Esse trabalho incluirá, por exemplo, softwares para a administração da loja do Inter e planejamento da gestão do clube. 
Assim, a ASP demonstra que aposta desde já no crescimento do clube não apenas em 2015, mas também na próxima temporada. E mais: a ASP vai participar diretamente desse processo.
Com a chegada da ASP, passa a três o número de empresas com sua logomarca exposta na camisa do clube: a Orsegups, empresa de DNA lageano (ela nasceu na cidade e hoje tem sua matriz em São José), que está com o Inter de Lages desde 2013, a Orbenk, empresa de serviços com sede em Joinville, mas com forte atuação em Lages, e agora a ASP, que optou pelo patrocínio eventual.
A chegada da ASP ao Inter coincide com um momento de festa para a empresa: ela completa 15 anos de fundação no próximo mês de julho. A comemoração incluirá ações para os seus clientes e também para sócios e torcedores do clube no período em que estiver estampando sua marca no uniforme colorado.
Informações sobre todas as modalidades de apoio ao Inter de Lages podem ser conhecidas no site do clube ou solicitadas pelo e-mail comercial1@interdelages.com.br.

Para o jogo contra o Metropolitano, Inter retoma promoção de ingressos para sócios
Para este domingo, quando o Internacional de Lages enfrenta o Metropolitano, em casa, a partir de 18h30min, a direção colorada decidiu retomar a promoção de ingressos para os sócios do clube. Membros do programa #InterTôJunto já podem comprar dois ingressos na arquibancada descoberta pelo preço de um. Assim, por R$ 40, o sócio receberá dois bilhetes, que ele poderá repassar a quem quiser.
A promoção para Inter x Metropolitano é levemente diferente das anteriores: agora estarão à venda na promoção apenas ingressos para a arquibancada descoberta, mesmo que o sócio tenha o plano da arquibancada coberta. E o motivo é a limitação de espaço: dos mais de mil sócios que o Inter de Lages já tem no programa #InterTôJunto (saiba mais neste link), quase 750 aderiram ao plano da aquibancada coberta. Como a coberta está liberada para receber até 1460 torcedores, incluir os ingressos da coberta na promoção significaria que nem todos os sócios poderiam aproveitar a promoção.
Os poucos ingressos para a coberta estarão disponíveis apenas para venda avulsa. Assim, o clube optou por retomar a promoção, mas liberando os ingressos da descoberta, onde há mais espaço. Atualmente, o Estádio Vidal Ramos Júnior, que já recebeu, extraoficialmente, públicos de mais de 12 mil pessoas, está liberado para receber até 7.620 torcedores.
Assim como nas rodadas anteriores, as vendas dos ingressos promocionais - que já começaram - serão feitas apenas na loja do clube, no Serra Shopping. A loja funciona das 10h às 18h e não fecha para o almoço. Ingressos fora da promoção, tanto para a arquibancada coberta quanto para a descoberta, podem ser comprados também nos postos Duque, Ouro Preto e Via Lages, da rede Ipiranga.

Leão Babio na briga pelo campeonato catarinense

Treinador Mabilia faz a convocação: "vamos entupir o Tio Vida no domingo"

"Nós temos chances reais de título. Temos chance de conseguir uma vaga na Copa do Brasil, mas também de sermos campeões. O time está bem, muito focado e concentrado nesses objetivos. Agora é a vez do torcedor. No domingo, temos que lotar, temos que entupir o Tio Vida, porque é o grito da torcida que vai nos empurrar para a vitória. As arquibancadas vão ser a inspiração do time em campo."


Colorados, o professor tem toda razão. O time está bem, e faremos em casa três dos nossos próximos cinco jogos. O primeiro deles é neste domingo, às 18h30min. Mais uma vez teremos promoção de ingresso para sócios, que comprarão dois pelo preço de um


quinta-feira, 26 de março de 2015

MATÉRIA DO VEREADOR DAVID APRESENTADA EM SESSÃO LEGISLATIVA NA CÂMARA DE VEREADORES

Contadores da região recebem capacitação sobre Sistema de Fiscalização Integrada de Gestão

Elaboração e geração de informações contábeis para o Sistema de Fiscalização Integrada de Gestão (e-Sfinge) do Tribunal de Contas de Santa Catarina (TCE/SC) foi o tema central da capacitação da Betha Sistemas, que aconteceu na tarde dessa quinta-feira (26) no auditório da Amures.
Estiveram presentes mais de 40 contadores das prefeituras e câmaras de vereadores da região serrana.
A secretária executiva da associação, Iraci Vieira de Souza, em nome do prefeito de Correia Pinto Vânio Forster realizou a abertura do evento.
“A amures está à disposição dos técnicos para atender futuras demandas de cursos e capacitações” comentou ela.
Conhecer a estrutura do sistema e-Sfinge vigente para o exercício 2015, apontar os prazos de remessa de dados para Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina, e enviar informações para o e-Sfinge por meio do sistema Validador, são algumas das etapas apresentadas pela instrutora Vanessa Rossi no encontro.
O supervisor técnico da Betha Sistemas, Marcio Osni, comenta que outros encontros já haviam sido feitos, antecipando as mudanças no sistema e essa capacitação será mais informativa e instrutiva para os participantes. “Em 2015 houve uma mudança devido às alterações de Plano de Contas Aplicado ao Setor Público, PCASP, e agora vamos passar informações sobre isso e sobre o e-Sfinge em especial”, explica Osni.




Roteiro segue nesta quinta-feira e contempla 11 bairros


Dois trabalhadores cedidos pelo município, pedreiro e carpinteiro, estão executando os serviços de colocação de forro, farão os marcos nas portas e o piso. Posteriormente, um eletricista iniciará as atividades de rede elétrica

Há sete anos o aposentado Percílio da Silva, de 83 anos, está tentando, com muito esforço, terminar a construção de sua casa de alvenaria, na rua Saturnino Antônio do Pilar, no bairro Santa Helena. Embora ele tenha conseguido bancar a edificação das paredes do imóvel, por sua delicada condição financeira (salário mínimo de aposentado) não foi possível terminar a obra. Diante dessa necessidade, a Secretaria de Habitação está concluindo a construção. O diretor Volnei Pereira esteve na casa do aposentado na tarde desta quarta-feira (25).
Percílio mantinha um cadastro na fila de espera para receber uma casa há aproximadamente três anos. Ele mora na casa de madeira, na parte da frente do lote, junto à filha Inês e aos netos Jean (19 anos), Leandro (14) e Tainara (2), erguida há cerca de 20 anos com a ajuda de integrantes da Igreja Evangélica Assembleia de Deus. “Não é fácil tocar uma obra desta assim, direto. Faltou dinheiro”, revela o aposentado, provedor de renda da família junto a um dos netos, que recebe benefício da Previdência Social devido a problemas mentais.
Dois trabalhadores cedidos pelo município (pedreiro e carpinteiro) estão executando os serviços de colocação de forro, farão os marcos nas portas e o piso. Posteriormente, um eletricista iniciará as atividades de rede elétrica. Dentro de até 15 dias a casa deverá estar pronta. O antigo imóvel apresenta graves problemas estruturais nas paredes, assoalho, forro e telhas. “Eu não posso pagar, então, fico muito agradecido pela ajuda da prefeitura”, relata. Cozinha, sala, três quartos e banheiro formam o novo abrigo.

Voluntários da Caixa Econômica
O diretor de Habitação, Volnei Pereira, comenta que funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) de Lages se mobilizaram como voluntários e se reuniram para doar peças de forro e também cerâmica para a formação do piso da casa nova de Percílio. “Queremos registrar o nosso agradecimento à Caixa pela sensibilização. Mais do que conforto, essa família precisa de segurança. E por orientação do secretário (de Habitação) Ivan Magaldi Júnior estamos acompanhando tudo de perto”, finaliza.


Feira dispõe de 12 toneladas de peixe vivo

Estarão à venda em torno de 12 toneladas de peixe vivo. A tilápia e a carpa serão vendidas a R$ 8,00 o quilo e a truta custará R$ 14,50 o quilo

Em parceria com produtores rurais de Lages, a Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca organiza a tradicional Feira do Peixe da Semana Santa, programada para os dias 1 e 2 de abril, em frente ao prédio do Mercado Público. Estarão à venda em torno de 12 toneladas de peixe vivo – tilápia, carpa e truta. O diretor de Pesca, Jean Pierre Ezequiel, diz que a prefeitura firmou parceria com oito piscicultores de Lages. A tilápia e a carpa serão vendidas a R$ 8,00 o quilo e a truta custará R$ 14,50 o quilo. “Ao todo serão 12 toneladas de peixe, das quais dois mil quilos serão de truta”, informa Jean Pierre.
A Feira do Peixe da Semana Santa estará aberta a partir das 8h de quarta (1) e quinta-feira (2) e se estenderá até durar o estoque. “No passado foram vendidas sete toneladas. Para esta edição serão 12”, garante. Jean Pierre destaca que a Feira do Peixe terá o apoio de pessoal do Centro de Ciências Agroveterinárias (CAV) por meio de convênio firmado com a prefeitura de Lages. “Os técnicos do CAV auxiliarão os consumidores na escolha do produto e darão dicas de como preparar o peixe”, relata. Técnicos da Vigilância Sanitária atuarão na Feira do Peixe visando oferecer produto de boa qualidade aos consumidores.

Legenda: A comercialização inicia às 8h de quarta e quinta-feira e se estende até durar o estoque (Foto: Divulgação)
______________________________________________

Parceria entre Estado e municípios garante transporte escolar a 2,5 mil alunos na Serra de SC

Uma parceria entre governo do Estado e prefeituras vai garantir transporte escolar durante todo o ano letivo a 2,5 mil estudantes dos 12 municípios de abrangência da Secretaria do Desenvolvimento Regional de Lages. Os convênios ultrapassam os R$ 2 milhões e estão sendo assinados pelo secretário João Alberto Duarte e prefeitos da região.
O valor repassado pelo Estado é calculado pela quantidade de estudantes transportados e pela distância percorrida. O montante total aumentou R$ 100 mil em relação ao ano passado, e algumas prefeituras destacam-se pelo crescimento dos recursos recebidos, como Bocaina do Sul, que pulou de R$ 49 mil para R$ 85 mil; Cerro Negro, que foi de R$ 290 mil para R$ 336 mil; e São José do Cerrito, que passou de R$ 476 mil para R$ 544 mil. O dinheiro será liberado pelo Estado em nove parcelas para as prefeituras já a partir dos próximos dias.
_ Além de aplicar muitos recursos na infraestrutura de praticamente todas as 45 escolas estaduais da nossa região, com R$ 16 milhões investidos em reformas e ampliações para beneficiar nossos 30 mil estudantes e 1,5 mil profissionais, o governo do Estado também é parceiro no transporte escolar, pois os municípios têm dificuldades por conta do preço do óleo diesel e das grandes distâncias percorridas, já que nenhum tem menos de 600 quilômetros de estradas. Com certeza estes recursos vêm em um momento muito importante para ajudar as prefeituras _, diz o secretário regional João Alberto Duarte.


Ministra Ideli Salvatti entrega equipamentos a conselhos tutelares de Santa Catarina

26/03/2015- A ministra Ideli Salvatti, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), entregará oito conjuntos de equipagem para conselhos tutelares de Santa Catarina nesta quinta-feira (27). Com mais esta ação, iniciada em 2012 no país, o estado catarinense atinge 165 municípios cobertos pela ação da SDH.

A equipagem dos conselhos tutelares é composta por um veículo, cinco computadores, uma impressora multifuncional, um refrigerador e um bebedouro. Até o momento, foram entregues 2.165 conjuntos de equipagem aos conselhos tutelares em todo o território nacional, que correspondem a 36,43% dos conselhos em funcionamento no país.

No Brasil existem atualmente 5.943 conselhos tutelares. Seis estados estão com todos os conselhos equipados: Acre, Amapá, Distrito Federal, Roraima, Rondônia e Rio de Janeiro.  As cidades contempladas em Santa Catarina são: Palhoça, Pinheiro Preto, Piratuba, Princesa, Santo Amaro da Imperatriz, Sul Brasil, Balneário Rincão e Florianópolis.

Conselhos tutelares - foram criados nos termos dos artigos 131 e 132 da Lei nº 8.069, de 1990 (Estatuto da Criança e do Adolescente). São órgãos encarregados por zelar o cumprimento dos direitos da criança e do adolescente, particularmente por meio da aplicação de medidas especiais de proteção a crianças e adolescentes que têm seus direitos ameaçados ou violados, e através da aplicação de medidas especiais a pais ou responsáveis. Suas atribuições estão previstas na Lei nº 8.069/90.


Secretarias desencadeiam operação especial na preparação do evento

Meio Ambiente e Serviços Públicos está deixando esteticamente mais bela a escadaria

Secretarias municipais se uniram para deixar tudo organizado para as comemorações da Semana Santa neste período de quaresma, que antecede a Páscoa, no domingo dia 5 de abril. A Secretaria de Infraestrutura está melhorando a trafegabilidade das ruas próximas ao Morro da Cruz, no bairro Morro Grande.
Operação especial da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos está tornando esteticamente bela a escadaria (degraus e corrimãos), através da renovação de sua pintura e dos bancos, manutenção na cruz e na iluminação pública, limpeza e corte da grama. “O trabalho de limpeza de ruas, avenidas, pintura, roçadas e jardinagem, em toda a cidade, é permanente”, relata o secretário de Meio Ambiente, Mushue Hampel.

Paisagismo
A equipe do Horto Municipal recebeu a missão de deixar a escadaria e o alto do Morro da Cruz mais belos para o evento. Mudas de flores estão sendo cultivadas pelo engenheiro agrônomo Giovanni Tomazelli especialmente para esta data. As espécies celosia, alisson, pinheiro em penca, arbustos e outras plantas darão um colorido especial ao caminho que os devotos percorrerão, além da capela que receberá os fiéis para suas orações e pagamentos de promessas.
Giovanni conta que fez experimentos com o plantio diretamente no local, mas não deu certo. “Houve depredação, furtos, ataque de formigas e animais soltos, como cavalos, pisotearam as mudas”, afirma. Mas ele garante que nas vésperas do evento, quando já houver seguranças no local, o paisagismo será retomado com a montagem dos arranjos cultivados no horto.

Legenda: Infraestrutura melhora a trafegabilidade das ruas próximas ao Morro da Cruz, no Morro Grande (Foto: Sandro Scheuermann e Secretaria de Meio Ambiente)






quarta-feira, 25 de março de 2015

Abertura do Jocol acontece nesta quinta-feira

Após a solenidade, com presença de atletas, convidados e autoridades, será realizado um amistoso entre o Inter Futsal e a Seleção Catarinense de Futsal Feminino

A abertura oficial dos Jogos Comunitários de Lages (Jocol) acontece nesta quinta-feira (26), a partir das 19h30min, no ginásio Jones Minosso. Ao todo serão 27 modalidades esportivas este ano. A novidade é a volta do xadrez, dominó e canastra. As inscrições superaram as expectativas da organização, com mais de oito mil inscritos. Somente no futebol de campo, modalidade com maior adesão, se inscreveram 62 equipes na série C (seis chaves de oito equipes e duas chaves com sete equipes) e 40 nas séries A e B, sendo 20 em cada uma (quatro chaves com cinco equipes).
Ao todo, para o futebol de campo, são oito os campos oficiais do Jocol: dois no bairro Habitação e outros no Vila Mariza, Guarujá, São Luiz, Santa Catarina, loteamento Nadir e Cidade Alta. A primeira rodada acontece sábado (28), pela C. O futsal terá início em abril e as séries A e B do campo acontecem em maio. “Os jogos do futebol de campo foram divididos em datas diferentes devido ao número limitado de campos. É uma média de 32 jogos a cada fim de semana na série C”, explica o superintendente da Fundação Municipal de Esportes (FME), Maximiliano Cappelletti Batalha (Capela).

Amistoso
Nesta quinta-feira, após a solenidade de abertura, com presença de atletas, convidados e autoridades, será realizado um amistoso entre o Inter Futsal e a Seleção Catarinense de Futsal Feminino, que é base para a seleção brasileira.

Legenda: Somente no futebol de campo, modalidade com maior adesão, se inscreveram 62 equipes na série C e 40 nas séries A e B (Foto: Nilton Wolff / Arquivo)


Programa Reviver ganha segunda etapa em SC para tratar dependentes químicos

Devido ao sucesso do Programa Reviver, que oferece tratamento gratuito a dependentes químicos, o governo do estado vai lançar a segunda etapa do programa na próxima semana. As comunidades terapêuticas que oferecem as vagas e aquelas que querem ingressar no programa devem apresentar um protocolo de intenções. O anúncio da nova etapa do Programa Reviver foi feito pelo deputado Ismael dos Santos (PSD), presidente da Comissão de Prevenção e Combate às Drogas, durante a sessão ordinária na Assembleia Legislativa na tarde desta terça-feira (24).
Entrevista: deputado Ismael dos Santos (PSD), presidente da Comissão de Prevenção e Combate às Drogas.

Odontologia municipal é aprovada por 89% da população

TCC
Odontologia municipal é aprovada por 89% da população

“Os dados registrados no trabalho de Ana Cláudia embasarão o planejamento da Saúde Bucal do município para os próximos cinco ou dez anos.” Igor Fonseca dos Santos

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) produzido pela odontóloga Ana Cláudia Freitas, intitulado “Estratégia Saúde da Família e o atendimento odontológico: Utilização e satisfação dos usuários em Lages/SC”, de especialização em residência multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade, pela Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), em parceria com a prefeitura, foi apresentado nesta segunda (23) e terça-feira (24).
O evento foi em forma de palestra, em duas edições, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, aos 38 dentistas da rede pública municipal, atuantes nas 17 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que dispõem de consultório dentário. A palestra foi proferida pelo cirurgião dentista Igor Fonseca dos Santos, coorientador do TCC e prestador de serviço na rede municipal há cinco anos. O curso de especialização de Ana Cláudia exige carga mínima de 5.800 horas.
O TCC foi defendido em banca em fevereiro deste ano. O trabalho da cirurgiã dentista foi baseado em pesquisa e questionário aplicado nas UBSs de Lages que disponibilizam serviços odontológicos. A odontóloga Mirian Kuhnen atuou como orientadora do trabalho acadêmico. A gerente em Saúde Bucal, Maria Lúcia Mosna, participou do evento na Secretaria de Saúde.

Índices de satisfação
De acordo com Igor Fonseca dos Santos, o documento aponta a satisfação de 89% da população, acima do índice recomendado e estipulado pelo Ministério da Saúde, que corresponde a 85%. O questionário aborda questões referentes a como o paciente se sentiu na consulta mais recente ao dentista (90,5% satisfeitos); atendimento do dentista – respeito, cortesia e consideração (90,5% satisfeitos); resolução do problema durante a consulta (89% satisfeitos); satisfação em relação ao agendamento (76,7% satisfeitos); pontualidade de horários (92,3% satisfeitos); serviços oferecidos pela odontologia (91,4% satisfeitos); materiais utilizados (82,7% satisfeitos); limpeza do consultório (91,5% satisfeitos) e frequência ao dentista (a cada seis meses). Neste último quesito, 79,2% confessaram não ter passado por consulta com dentistas nos últimos seis meses (referente à época da pesquisa, no ano passado), contra 20,8%.

Planejamento
Igor Fonseca dos Santos trabalhou primeiramente no bairro Várzea e está há três anos na UBS do Santa Helena. O profissional reitera que esta avaliação positiva impulsiona o entusiasmo em bem atender a população. “Eu sou professor no curso de odonto da Uniplac e o trabalho final dos acadêmicos normalmente visa contribuir para o local onde estão inseridos”, aponta.
Geralmente são voltados à Estratégia Saúde da Família (ESF). “O resultado do TCC serve como um alento e valorização aos profissionais. O resultado nos deixou contentes, sabendo que o SUS (Sistema Único de Saúde) nem sempre é tão bem visto. Os dados registrados no trabalho de Ana Cláudia embasarão o planejamento da Saúde Bucal do município para os próximos cinco ou dez anos”, enfatiza o odontólogo.