Rádio Gazeta On line

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

ASDF recebe reconhecimento nacional

Em uma salinha, chamada de oficina, Valcir Antunes Thomaz, surpreende com a sua agilidade em cima de uma cadeira de rodas. O local é apertado e cheio de materiais, rodas, pneus, barras de ferro, matéria prima para o seu trabalho diário. Ele não se intimida com os poucos recursos, pois ele mesmo adaptou a sua cadeira de rodas com pneus mais resistentes e que aderem melhor em vários tipos de solo. Além disso, as cadeiras utilizadas nas competições esportivas também são consertadas por ele.

Valcir, agora irá sair do anonimato e irá a Brasília. Ele é vice-presidente da Associação Serrana dos Deficientes Físicos (ASDF) e irá representar a instituição durante o Prêmio Brasil + Inclusão, que acontece nesta terça-feira no Congresso Nacional. “Estou muito feliz, é uma oportunidade de todos reconhecerem o nosso trabalho, eu queria poder fazer muito mais, tenho muitas ideias, mas faltam materiais. É um momento único, estou ansioso”, comenta Valcir.

O reconhecimento é a maior premiação de inclusão da pessoa com deficiência do Brasil. Ele foi criado pela Câmara dos Deputados para reconhecer e valorizar quem se destaca na promoção da inclusão da pessoa com deficiência. 

A indicação da entidade foi feita pela deputada federal Carmen Zanotto. “A nossa associação tem uma estrutura humilde em comparação a muitas instituições do país, mas isso não impede que ela faça um excelente trabalho, por isso, esse reconhecimento nos deixa muito felizes”, destaca a parlamentar.

Associação passa por dificuldades

A presidente da ASDF, Vanilda Correa, explica que a entidade existe há 21 anos e o prêmio é uma forma de valorizar o trabalho que é feito pela entidade e dar mais visibilidade. “É uma forma de divulgar que nós temos limitações, mas somos cidadãos com direitos e deveres, temos família e queremos ser reconhecidos”, ressalta Vanilda.

A associação tem 270 associados, mas atende diariamente cerca de 50 pessoas, com atividades educacionais, esportivas, atendimento com psicológico e alimentação. No esporte, parte dos associados são atletas e participam do Parajasc, do Circuito Caixa Lotéricas e estão no ranking estadual em várias modalidades.

“Infelizmente nossos recursos são limitados, mas fazemos o possível para realizar um bom trabalho. Este final de semana vamos fazer uma feijoada para arrecadar recursos e contamos com a participação da comunidade”, comenta.

Mercado de Trabalho

Embora todas as empresas tenham que cumprir uma cota para contratar pessoas com deficiência. Valci explica que muitos locais não possuem acessibilidade, por exemplo. No entanto, também é necessário qualificação. “É preciso que as empresas se adaptem para receber o deficiente e o deficiente também precisa se qualificar, nós incentivamos, principalmente os jovens para que se profissionalizem, há cursos e bolsas de estudos e até transporte, tudo gratuito. Mas eles precisam buscar as informações”, explica.


 As cinco entidades agraciadas são:

• Anglo American Minério Ferro Brasil S/A – Belo Horizonte, MG 


Prefeitos de Urupema e São Joaquim recebem diplomação

Juiz Eleitoral fez apelo à sociedade na diplomação dos prefeitos

O juiz da 28 Zona Eleitoral de São Joaquim, Ronaldo Denardi abriu na manhã desta segunda-feira (05) no salão do Tribunal do Júri, o calendário de diplomações de prefeitos, vices e vereadores nos municípios abrangidos pela Amures. Ele cumprimentou e entregou o diploma à 27 vereadores, dois vices prefeitos e dois prefeitos e fez um discurso inflamado contra a aprovação pela Câmara dos Deputados de projeto de lei de combate à corrupção que tipifica como crime de abuso de autoridade determinadas ações de magistrados e promotores.
O magistrado fez um apelo à sociedade alertando sobre o sério risco de aumento da criminalidade e a impunidade caso o Senado aprove as alterações que foram realizadas no que deveria ser as dez medidas de combate à corrupção. E alertou que o país vive a iminência de grave atentado contra a independência e a autonomia da magistratura e do Ministério Público.
A entrega dos diplomas aos eleitos iniciou às 9h15min com os vereadores de São Joaquim, que foram chamados de acordo com a ordem de votação. A solenidade foi rápida e em seguida chamados os vereadores de Bom Jardim da Serra e por último, os de Urupema.
Chamou a atenção da plateia o fato de Urupema ser o único município da região com a maior bancada fermina. Das nove vagas, quatro foram conquistadas por mulheres. São elas: Elaine Rodrigues Matos de Souza, Andrea de Fatima Cruz Ribeiro, Marilia Sutil de Oliveira e Miriele Borges Leite. Além de uma vice-prefeita, Cristiane Muniz Pagani Almeida.
O prefeito eleito de São Joaquim Giovani Nunes discursou e deu enfoque à renovação e honestidade. O de Urupema Evandro Frigo Pereira falou dos desafios que os esperam diante da crise econômica do país e que exigirá dos novos gestores muita competência e eficiência pública.

A única vereadora eleita em Bom Jardim da Serra Marinalda de Fatima Pereira discursou em nome dos vereadores eleitos da 28 Zona Eleitoral. Sobre os cargos de vice-prefeito e prefeito de Bom Jardim da Serra, não teve diplomação porque é aguardada uma decisão judicial sobre o resultado da eleição ou de um novo pleito eleitoral.

Música para todos os gostos no palco do Natal Felicidade



Com a manifestação cultural de vários gêneros musicais, o palco do Natal 
Felicidade é eclético e atrai público para todas as atrações programadas


Um dia marcado pela temperatura amena foi o clima ideal para os lageanos saírem de casa logo no primeiro dia útil da semana e curtir o bom som das bandas Encanto Regional e Boca Raton, nesta segunda-feira (05) no palco do Natal Felicidade. Junto à programação do evento, aconteceu simultaneamente a Noite Cultural no teatro marajoara, com a devolutiva 2016 dos alunos da Escola de Artes.

O grupo Encanto Regional subiu ao palco e mostraram seu trabalho com repertório nativista. Formado neste ano, já se apresentaram na Festa Nacional do Pinhão, Recanto do Pinhão Aracy Paim e alguns eventos fechados. 

Mais tarde foi a vez do rock nacional e internacional da banda Boca Raton fazer um verdadeiro show no largo da Catedral Diocesana. O grupo é formado por músicos experientes que já integraram outras bandas conhecidas no estado, apresenta em seu repertório músicas autorais e clássicos do rock nacional e internacional. Atualmente a Boca Raton tem músicas autorais tocando nas rádios da cidade e nas plataformas digitais.

Músicas como Guerra x Paz, Pedras do Caminho são bastante executadas nas rádios locais, com Pedras do Caminho aparecendo como uma das mais pedidas pelos ouvintes. Atualmente a banda trabalha na produção de seu primeiro EP, que deve ser lançado até o final deste ano.

Já no teatro municipal Marajoara os alunos da Escola de Artes Elionir Camargo Martins apresentaram a Noite Cultural com inúmeras apresentações de música, como uma devolutiva a comunidade alusiva às atividades executadas no decorrer deste ano. Para esta terça-feira (07) está programada a apresentação das turmas de Balé.

Legenda: Músicos lageanos dão show no palco do Natal Felicidade (foto: Silviane Brum)
 



Outras informações acesse o site: 

http://www.lages.sc.gov.br Prefeitura de Lages 

Secretaria de Comunicação Social Telefone: 3221-1010
*Se não deseja 

Livro sobre Malinverni Filho é lançado em Lages

O livro é de autoria do jornalista catarinense Moacir Pereira que narra de maneira jornalística a vida e principais obras do artista lageano

Ainda comemorando os 250 anos de fundação da Princesa da Serra, o jornalista Moacir Pereira lançou o 47º livro de sua autoria. “Malinverni Filho: A Vida pela Arte” foi lançado na noite desta segunda-feira (05) no Centro Cultural do Sesc (Colégio Rosa) e contou com a presença de inúmeras autoridades catarinenses.

O prefeito Toni Duarte, acompanhado da primeira dama do município, Suzana Duarte, prestigiou o evento. “Em seus 250 anos, a nossa cidade tem uma linda história construída por personalidades que, ao longo deste período, fizeram ações que enalteceram o nome de Lages. É o caso de Malinverni Filho que dedicou a sua vida em retratar as paisagens serranas, bem como esculpir estátuas daqueles que viveram por Lages. Suas obras se espalharam por todo o mundo e o livro de Moacir Pereira tem o objetivo de referenciar e resgatar estes momentos históricos do artista”, destaca Toni.

O lançamento do livro foi promovido pela Fundação Cultural de Lages (FCL), Instituto Histórico e Geográfico de Lages,  Academia Catarinense de Letras, Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, Associação Catarinense de Imprensa, com apoio cultural da Flex Contact Center. Para Moacir Pereira, autor da obra, o livro é um trabalho jornalístico que se constituiu por meio de muita pesquisa sobre a vida deste que, para ele, é um grande artista lageano e maior artista de Santa Catarina. “Estava muito ansioso por esse lançamento e foi um prazer imenso poder retratar a vida e obra de Malinverni Filho”, aponta.

Um pouco das obras de Malinverni Filho e do livro de Moacir Pereira

Malinverni Filho produziu no século passado centenas de pinturas com paisagens da região serrana, consagrando-se como o “artista das araucárias e dos flamboyants” e um dos escultores mais talentosos que Santa Catarina já conheceu.  Também era poeta.  
 Frequentou e formou-se pela Escola Nacional de Belas Artes no Rio de Janeiro, realizou exposições durante décadas nos principais centros do país. Suas telas encontram-se hoje em cidades do Brasil e do exterior. Quando decidiu retornar a Lages criou e dirigiu a primeira Escola de Belas Artes de Santa Catarina.  Fechou depois por falta de apoio. Os principais jornais  catarinenses e do eixo Rio-São Paulo deram as mais amplas coberturas e publicaram incontáveis artigos e reportagens elogiosas sobre a qualidade e a originalidade de seu trabalho artístico. 

“Malinverni Filho:  A Vida pela Arte” recupera dados sobre as principais obras idealizadas e executadas pelo artista lageano. Suas esculturas estão hoje espalhadas por várias cidades de Santa Catarina, com destaque para a famosa estátua de Nereu Ramos, inaugurada no centro de Lages, quando o autor morava na cidade e uma réplica instalada no Tribunal de Justiça de Santa Catarina, por iniciativa da Academia Catarinense de Letras. A estátua do ex-governador Jorge Lacerda na frente da entrada principal do Instituto Estadual de Educação é, também, de sua autoria.  De igual modo, a estátua do industrial Carlos Renaux, no centro histórico de Brusque e o busto do ex-governador Ivo Silveira, no hall da Assembleia Legislativa, na Palhoça e em Videira.  
O livro traz relatos sobre a exposição  comemorativa do centenário de nascimento de Malinverni Filho, recupera a sessão solene em sua homenagem realizada Assembleia Legislativa e destaca uma entrevista com a viúva do artista, professora Maria do Carmo Malinverni, dona Mariechen, que há mais de 45 anos mantém o Museu Malinverni no centro de Lages. Prefaciado pelo jornalista e acadêmico Sérgio da Costa Ramos, contém uma documentação iconográfica com dezenas de pinturas do homenageado, quando vivia no Rio de Janeiro e depois em Santa Catarina.

Legenda: O prefeito Toni Duarte fez questão de acompanhar mais este ato alusivo aos 250 anos de Lages (Fotos Silviane Brum)
______________________________________________

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Inter Futsal/Quimar e Associação Lages Futsal fazem a final da Copa Lages nesta terça-feira

A competição está marcada para as 21h desta terça no Ginásio Municipal Ivo Silveira

Os admiradores do futebol de salão têm uma anotação histórica para fazer na agenda este mês. Nesta terça-feira (6) acontecerá a partida da final da Copa Lages 250 Anos de futsal, em comemoração ao aniversário de Lages. Estão na disputa pelo primeiro lugar as equipes Inter Futsal/Quimar e Associação Lages Futsal. A competição está marcada para as 21h desta terça no Ginásio Municipal Ivo Silveira. A entrada é gratuita. Da Copa Lages 250 Anos participaram 20 times.


Legenda: A entrada para assistir é gratuita (Foto: Blog Zé Elias)

 

Vigilância Epidemiológica visita empresa para prevenção da caxumba aos colaboradores

Pessoas com idade entre um ano e menores de 19 anos devem ter duas doses da vacina. Acima de 19 anos devem receber uma dose comprovada

Durante esta quinta (1°) e sexta-feira (2), nos turnos matutino e vespertino, profissionais da Vigilância Epidemiológica, serviço vinculado à Secretaria da Saúde, trabalharam na aplicação de vacinas a 675 colaboradores da Flex Contact Center em prevenção à caxumba, sarampo e rubéola (Tríplice Viral), devido ao índice de casos de caxumba entre os colaboradores recentemente - 50 de um total de 130 notificados em Lages desde janeiro deste ano. A Flex é uma das maiores empregadoras da cidade e conta com 1.800 profissionais. A enfermeira Marcia Spindola explica que a abordagem dos colaboradores para precaução das doenças foi realizada nas unidades da Flex na avenida Duque de Caxias e no bairro Guadalupe. “Houve casos em empresas, escolas. E pelo fato de os funcionários da Flex atuarem em grande número a prevenção deve ser intensificada”, pontua Marcia.
Pessoas com idade entre um ano e menores de 19 anos devem ter duas doses da vacina. Acima de 19 anos devem receber uma dose comprovada. A caxumba é uma doença viral aguda e é propícia devido ao clima e contato íntimo. Para se prevenir cada pessoa deve cuidar da própria higienização correta das mãos e manter a etiqueta da tosse. Os sintomas da doença são febre, dor de garganta, edema (inchaço/aumento de volume) nas glândulas salivares, geralmente da parótida e às vezes das glândulas sublinguais ou submandibulares, e dificuldade ao engolir. Aproximadamente um terço das infecções pode não apresentar aumento, clinicamente aparente, destas glândulas.
Em homens adultos pode ocorrer orquiepididimite (processo inflamatório que envolve os testículos  - orquite e o epidídimo - epididimite) em aproximadamente 20% a 30% dos casos. Em mulheres pode ocorrer ooforite (inflação de ovário) com menor frequência, acometendo cerca de 5% dos casos. O sistema nervoso central, com frequência, pode estar acometido sob a forma de meningite asséptica, quase sempre sem sequelas. Mais raramente pode ocorrer encefalite. Medicação e repouso são os métodos de tratamento. A vacina está disponível à população diariamente em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) que possuem salas de vacina em sua estrutura. Basta comparecer com a carteira de vacinação. Se não houver, poderá assim mesmo receber a dose normalmente.


Legenda: Para se prevenir cada pessoa deve cuidar da própria higienização correta das mãos e manter a etiqueta da tosse (Foto: Sandro Scheuermann e Secretaria da Saúde/Divulgação)
______________________________________________

Comunidade abrangida pela bacia do rio Ponte Grande se familiariza com a própria fonte de vida

A Defesa Civil apoia e está oferecendo suporte à prática destas orientações ao público, tanto na logística, quanto nos contatos com as associações de moradores

Acadêmicos do curso de Engenharia Ambiental do campus de Lages da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) prestaram informações acerca da bacia do rio Ponte Grande para moradores da região do bairro Popular em encontro na tarde desta segunda-feira (5), promovido no Centro de Referência de Assistência Social (Cras I). Os universitários da 8ª fase de Engenharia Ambiental, Natan Liz Zambelli e Ana Cantarelli, apresentaram ao público o projeto de extensão intitulado “Minha Bacia”, instrumento cuja serventia é para que as pessoas tenham maior identidade junto ao local onde vivem. “Que não somente saibam onde estão residentes pelo nome da cidade ou bairro, mas que haja afinidade e conhecimento relacionados à bacia hidrográfica, pois a partir do momento em que se tem compreensão e sentimento de pertença os cidadãos poderão adotar atitudes para melhorar esta comunicação com o que as pessoas se sintam pertencentes”, justifica Natan. Em sua primeira fase, o projeto de extensão já teve como público-alvo crianças frequentes ao ensino fundamental. A bolsista Carolina Meurer também faz parte da iniciativa. A Defesa Civil apoia e está oferecendo suporte à prática destas orientações ao público, tanto na logística, quanto nos contatos com as associações de moradores.
Por parte dos alunos, anteriormente foi realizada pesquisa, com análise da área de inundação do rio Ponte Grande, com material fornecido pela prefeitura, trabalhando-se com softwares até ser validada a mancha de alagamento de acordo com a verificação do fechamento dos dados. “Foram feitos somente pequenos ajustes mediante o mapa da prefeitura e posteriormente, as palestras”, reitera o acadêmico.
O projeto será encerrado agora no final deste ano, porém, existe o desejo de renovação de bolsas para que em 2017 seja contemplado o trabalho com a bacia do rio Carahá. “A intenção principal é a conscientização sobre os cuidados com a água. Em nível de Santa Catarina estamos engatinhando no assunto de plano de bacia, o que se reflete nos municípios. Para a comunidade isto ainda é uma novidade. É um trabalho nosso contínuo de informar, extravasar os conhecimentos para fora dos muros da universidade”, observa Zambelli, enfatizando que a região da avenida Belizário Ramos (Carahá) deverá ser o foco no próximo ano. Em 2015 foi a vez da abrangência do bairro Passo Fundo como meta do projeto piloto da Universidade, em que foram relatados tópicos acerca das áreas de alagamento.
A estagiária de Engenharia Ambiental, Roberta Machado representou a Defesa Civil no evento. “Os recursos naturais devem ser motivo constante de educação no nosso dia a dia. Os moradores necessitam entender que toda ação provocada no início da bacia refletirá ao seu final. A preservação é vital ás gerações futuras. Assuntos como destinação correta do lixo e a ligação adequada de tubulação de esgoto à rede formal da rua devem ser pontos recorrentes nas discussões”, alerta Roberta, reconhecendo a interação em linguagem acessível, com perguntas e respostas num método dinâmico de aprendizagem.

Legenda: Planejamento definido pretende focar na bacia do rio Carahá em 2017 (Foto: Sandro Scheuermann)
____________

Juiz Eleitoral fez apelo à sociedade na diplomação dos prefeitos

O juiz da 28 Zona Eleitoral de São Joaquim, Ronaldo Denardi abriu na manhã desta segunda-feira (05) no salão do Tribunal do Júri, o calendário de diplomações de prefeitos, vices e vereadores nos municípios abrangidos pela Amures. Ele cumprimentou e entregou o diploma à 27 vereadores, dois vices prefeitos e dois prefeitos e fez um discurso inflamado contra a aprovação pela Câmara dos Deputados de projeto de lei de combate à corrupção que tipifica como crime de abuso de autoridade determinadas ações de magistrados e promotores.
O magistrado fez um apelo à sociedade alertando sobre o sério risco de aumento da criminalidade e a impunidade caso o Senado aprove as alterações que foram realizadas no que deveria ser as dez medidas de combate à corrupção. E alertou que o país vive a iminência de grave atentado contra a independência e a autonomia da magistratura e do Ministério Público.
A entrega dos diplomas aos eleitos iniciou às 9h15min com os vereadores de São Joaquim, que foram chamados de acordo com a ordem de votação. A solenidade foi rápida e em seguida chamados os vereadores de Bom Jardim da Serra e por último, os de Urupema.
Chamou a atenção da plateia o fato de Urupema ser o único município da região com a maior bancada fermina. Das nove vagas, quatro foram conquistadas por mulheres. São elas: Elaine Rodrigues Matos de Souza, Andrea de Fatima Cruz Ribeiro, Marilia Sutil de Oliveira e Miriele Borges Leite. Além de uma vice-prefeita, Cristiane Muniz Pagani Almeida.
O prefeito eleito de São Joaquim Giovani Nunes discursou e deu enfoque à renovação e honestidade. O de Urupema Evandro Frigo Pereira falou dos desafios que os esperam diante da crise econômica do país e que exigirá dos novos gestores muita competência e eficiência pública.
A única vereadora eleita em Bom Jardim da Serra Marinalda de Fatima Pereira discursou em nome dos vereadores eleitos da 28 Zona Eleitoral. Sobre os cargos de vice-prefeito e prefeito de Bom Jardim da Serra, não teve diplomação porque é aguardada uma decisão judicial sobre o resultado da eleição ou de um novo pleito eleitoral.


Oneris Lopes 
Jornalista (DRT - 4347/SC) - AMURES
Associação dos Municípios da Região Serrana

 - - 

Turistas contam com cinco mil itens na Feira Serra Artesanal

O avanço da Feira de um ano para o outro é superior a 100%, sendo que durante o mês o incremento na renda do artesão é de 200%

É de perder a noção do tempo e de se esbaldar com tanta formosura em um lugar só. Assim é a reação de quem percorre os stands da Feira Serra Artesanal, no Calçadão da Praça João Costa, onde estão localizadas sete entidades parceiras diretas e constantes do Natal Felicidade, organizado pela Secretaria do Turismo, com 23 dias de uma programação puramente natalina e em grande parte tipicamente serrana. Os grupos são Exponeve, de São Joaquim/Entretentos, de Campo Belo do Sul, Associação Tramatusa, Cooperluz, Associação Lageana de Artesanato, Chico’s Couro, Projeto Ciranda (Samt) e Arte Terapia. Há também os stands da Secretaria do Turismo e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL, com o Natal Solidário, atuando na arrecadação das cartas de crianças com seus pedidos ao Papai Noel, a serem atendidos por voluntários interessados em colaborar com um Natal mais feliz aos pequeninos. Mais de cinco mil itens estão à venda ao todo, com frequente reposição, feitos a partir de matérias-primas de tecido, velas, couro, lã, pinhão, fruto de pinheiro americano (pinus), “barba de velho” e porungo, como exemplos, abrangendo decoração natalina e domiciliar, utilitários, presentes e alimentícios, como doces caseiros (doce de leite, de abóbora e de gila).
A turismóloga da Secretaria do Turismo, Ana Vieira, explica que a Feira abriu no dia 1º de dezembro e segue até o dia 23, com funcionamento de segunda a sexta das 14h às 22h; aos sábados das 9h às 22h e aos domingos das 15h às 22h. Ana recorda que as entidades componentes da Feira Serra Artesanal passaram por algum processo de consultoria (produtos, gestão ou associativismo) juntamente ao Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), com interferência de suporte na parte de sacolas, tags e etiquetas, além do aperfeiçoamento das peças.

Uma rede de contatos formatada para 365 dias

A Feira Serra Artesanal movimenta e envolve aproximadamente dois mil artesãos que sobrevivem dos trabalhos manuais. “A questão do ofício é um dos critérios na concepção da Feira, uma vez que a ideologia do Natal Felicidade compreende sustentabilidade e geração de emprego e renda. A ideia é criar um canal de contatos, venda e de distribuição durante o ano inteiro a estes profissionais, engatando um negócio permanente, abrindo novas possibilidades”, esclarece Ana Vieira, lembrando que não é fácil manter uma Feira a todo vapor ao longo de 23 dias. “Primeiro de tudo o artesão tem de fazer o investimento, e depois vender. Ele é quem faz tudo. É uma dedicação incrível.”
Esta é a quarta edição da Feira, contudo, somente a partir de 2014 passou a ser um evento regional, com convite a outros municípios. Em média, a Feira provoca o giro de R$ 50 mil em 23 dias de atendimento e comercialização. “Esta é a venda direta, mas existe a indireta, decorrente destes contatos.” O avanço da Feira de um ano para o outro é superior a 100%, sendo que durante o mês o incremento na renda do artesão é de 200%. Na Feira o estoque montado é inteiramente vendido.
Dúvidas podem ser dirimidas na Central de Informações Turísticas (CiTur), localizada na rua Nereu Ramos, ao lado da Loja da Samt, de segunda a domingo, das 9h às 19h. Contato: 3222-8210.
No Lages Garden Shopping, lageanos e turistas podem conhecer e adquirir produtos manuais na Loja Serra Artesanal, onde estão situadas as entidades Associação Tramatusa, Associação Lageana de Artesanato, Chico’s Couro, Projeto Ciranda (Samt) e Arte Terapia. Os produtos podem ser comprados de segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos das 14h às 20h. As instituições atuam pelo método de revezamento por escala apara bem atender os consumidores. Na Rodoviária Dom Honorato Piazera, a Associação Lageana de Artesanato mantém sua clientela ao longo do ano, bem como a Samt, na rua Nereu Ramos, e na Casa do Artesão.


Legenda: Artesãos se prepararam em consultorias do Sebrae (Foto: Sandro Scheuermann)
______________________________________________


Natal Felicidade 

Federação Catarinense de Basketball homenageará campeões de 2016 e 20 novos beneméritos


A Federação Catarinense de Basketball irá homenagear quem fez história no esporte de Santa Catarina e os destaques de 2016 em solenidade a ser realizada na próxima quinta-feira (8) na Capital. A partir das 20h, no Hotel Castelmar, 20 personalidades receberão o título de "Beneméritos do Basquetebol Catarinense 2016". Será a terceira turma a ser condecorada pela entidade.

Além deles, a FCB vai premiar os melhores do ano nas categorias de base, adulto, seleções catarinenses, ligas regionais e arbitragem.

"Trata-se de uma solenidade de reconhecimento àqueles que contribuíram para que o basquete chegasse ao atual patamar em Santa Catarina. Também é uma forma de homenagear os campeões de 2016. Enfim, é um evento cujo foco é reconhecer o esforço de atletas, dirigentes e árbitros", explica o presidente da Federação Catarinense de Basketball, Oscar Archer.

Os 20 beneméritos de 2016 são:

- Airton Luiz Schiochet
- Aloysio Soares de Oliveira
- Aluísio Dobes
- Carlos Brognoli (In Memoriam)
- Donald Rosemiro de Abreu
- Isael Pastuch (In Memoriam)
- Jaime Andrade Ramos
- Jaime Nadir Di Domenico
- João Pedro Nunes (In Memoriam)
- Rui Altenburg
- Wilson Moreli
- João Lucio da Costa Baracuhy (In Memoriam)
- Luiz Carlos Gonzaga Barbosa
- Marli Magda Müller 
- Nelson Eisenhut
- Osmar Boabaid (In Memoriam)
- Paulo Roberto de Miranda Coutinho
- Pedro Alexandrino Pereira de Mello (In Memoriam)
- Roberto Zen
- Rolando Werner (In Memoriam)

Serviço:

O quê: Condecoração beneméritos do basquetebol e premiação melhores de 2016
Quando: Quinta-feira, 8 de dezembro, às 20h
Onde: Hotel Castelmar, Rua Felipe Schimidt, 1260, Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3224-8011

-- Foto: Seleções catarinenses também serão homenageadas/Henrique Porto

--
--