Rádio Gazeta On line

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

TRE MULTA VÁRIOS CANDIDATOS EM SC, INCLUSIVE EM LAGES


Bandeiras fixas geram multa em Itajaí

29.09.16 A colocação de bandeiras fixas em bem de uso comum resultou em multa de R$ 2 mil para cada um dos candidatos a prefeito, Anna Carolina Cristofolini Martins, e vice, Maurílio Moraes, no município de Itajaí.

Segundo o juiz da 16ª zona eleitoral, José Agenor de Aragão, os argumentos apresentados nos autos do processo são frágeis. “Alegam os representados que não possuíam conhecimento da atividade de seus militantes no local e, ainda, que os responsáveis pelas bandeiras necessitaram ir ao banheiro, razão pela qual afixaram as bandeiras no corrimão de acesso ao banco Itaú”, afirmou.

A sentença foi publicada no Mural Eletrônico da Justiça Eleitoral na quarta-feira (28). Cabe recurso ao TRE-SC.





29.09.2016 Candidatos de Itajaí são multados por propaganda em igreja

O candidato a prefeito Volnei José Morastoni e seu vice Marcelo Almir Sodré de Souza, do município de Itajaí, receberam multa individual no valor de R$ 2.000,00, por realização de propaganda em igreja.

A Lei das Eleições veda a veiculação de propaganda de qualquer natureza nos bens de uso comum, entre os quais estão incluídos os templos religiosos.

O juiz da 16ª Zona Eleitoral, José Agenor de Aragão, destacou que a normativa visa “garantir a isonomia do processo eleitoral, vedando, assim, o tratamento desigual aos candidatos ao pleito, vez que tal tipo de campanha política, inobstante proscrita, sabidamente influencia a comunidade, sobretudo quando apadrinhada por líderes religiosos (pastores, padres, etc...).”

A sentença foi publicada no Mural Eletrônico na quarta-feira (28). Da decisão cabe recurso ao TRE-SC.


Por Bárbara Leal
Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC


Efeito outdoor gera multa de R$ 5 mil em Lages

29.09.16 O candidato a prefeito de Lages, Roberto Rogério do Amaral, foi condenado ao pagamento de multa no valor de R$ 5 mil pelo juiz da 21ª zona eleitoral, Geraldo Corrêa Bastos, por propaganda irregular. A decisão foi publicada no Mural Eletrônico da quarta-feira (28).

O representado utilizou um material que foi mantido sobre um caminhão de som durante um evento de campanha eleitoral, gerando efeito outdoor, vedado pelo art. 20 da Resolução TSE n. 23.457/2015.

Da decisão cabe recurso ao TRE-SC.

Por Samantha Jaques / Jairo Grisa
Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC

Divulgação paga acaba nesta sexta dia (30)

Divulgação paga na imprensa escrita se encerra nesta sexta (30)


29.09.16 Os candidatos a prefeito e vereador têm até esta sexta-feira (30) para veicularem propaganda eleitoral paga na imprensa escrita e reproduzirem o respectivo conteúdo na internet.

Segundo a Lei 9.504/1997, desde o início da propaganda eleitoral, em 16 de agosto, cada candidato pode divulgar até 10 anúncios por veículo, em datas diversas, desde que constasse o valor pago pela inserção.

Por Sylvia Weidemann
Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC

Candidatos partem para agressões e mentiras. Cadê a PM e a Polícia Civil? Não têm efetivos disponíveis. Eis a resposta!

Diante das situações e de clima tenso em alguns municípios, o Governo do Estado prometeu enviar forças de segurança para promover a paz no dia da eleição. O que todos perguntam, e faz sentido indagar, é o seguinte: as polícias militar e civil estão com seus efetivos reduzidos. Em Lages,  por exemplo, não há policiais para atender uma ou mais ocorrências ao mesmo tempo. Da mesma forma, na Polícia Civil também o efetivo é muito reduzido. Há municípios serranos, onde há um ou dois policiais. Como pode propiciar segurança a uma sociedade com apenas um ou dois policiais? Essa é a pergunta que não quer calar Por outro lado, sabe-se que já aconteceu até tentativa de homicídio em município circunvizinho. A poucos dias os cabos eleitorais de dois candidatos andaram se agredindo nas vias públicas. Isso foi em Otacílio Costa . Como será que o Governo quer dar segurança aos cidadãos, se os efetivos de policiais militares e da polícia civil são diminutos? Caberia aos juízes eleitorais solicitar integrantes das Forças Armadas para colaborarem na segurança pública em muitos municípios catarinenses. Se depender da PM e Polícia Civil ficará difícil. Não são os culpados. Falha foi de quem deveria saber se haveria  condições, ou não. E agora?

THE END. FIM. FELIZMENTE A CAMPANHA ELEITORAL ACABA HOJE.

Como já dizia o velho adágio popular: “tudo que é demais enjoa”. É na TV. É nas emissoras de rádio. No Facebook. No Whatzap, jornais, santinhos, etc...etc...etc É muita poluição para o ser humano. São muitas mentiras e demagogias baratas para serem digeridas. Felizmente, hoje, depois de um debate que não leva a lugar nenhum, encerra-se a campanha eleitoral. Daí, só dia 02/10, se as urnas forem todas apuradas no mesmo dia, para tomar conhecimento quem será o novo prefeito eleito de Lages e de todos os municípios serranos, assim como, dos  candidatos a vereadores que ocuparão uma vaga no Poder Legislativo do município de Lages. Menos mal. Fim da agonia. Nossos olhos e nossos ouvidos agradecem. Basta de poluição visual e auditiva. 

COMPRA DE VOTOS É CRIME


Transul vai continuar prestando bons serviços por mais 20 anos

Os diretores da Transul – Transportes Urbanos Nossa Senhora dos Prazeres, representada pelos irmãos Rogério Arantes e Humberto Arantes, juntamente com o prefeito Elizeu Mattos, assinaram o Ato de Concessão de Serviços de Transporte Urbano de Passageiros para mais duas décadas (20 anos) prorrogáveis por mais cinco, se for o caso.
Licitação Pública
Vale lembrar que, a Transul foi a vencedora da Licitação Pública que foi acompanhada pelo Tribunal de Contas do Estado e também pelo Ministério Público. “Milhares de pessoas ocupam o transporte coletivo e a regularização do serviço através de uma Licitação ocasionou o maior interesse da empresa em investir na renovação da frota, ampliação de linhas, estruturação do seu espaço físico de acomodação no Terminal Urbano e qualidade direta no atendimento aos usuários”, observou o prefeito Elizeu Mattos.

Renovação da frota
Segundo informações da diretoria, a Transul vai incorporar à frota já existente, composta de 68 ônibus, outros 18 novos veículos, integrando ao patrimônio da empresa nos meados de novembro de 2016.

Vale ressaltar que a Transul atualmente mantém 37 linhas, percorrendo aproximadamente 240 mil quilômetros e transportando em média 560 mil passageiros por mês. A empresa mantém em seu quadro, 270 funcionários.

GAZETA SERRANA JÁ ESTÁ CIRCULANDO

O Jornal Gazeta Serrana, em sua segunda fase empresarial já está circulando em Lages. Os entregadores já estão trabalhando na distribuição gratuita do informativo lageano. A direção e equipe do Gazeta Serrana agradece aos leitores e empresários pela receptividade do hebdomadário,  reafirmado a missão de continuar bem informando a comunidade de forma soberana e imparcial.  

A Reforma da Previdência será enviada ao Congresso após o 2º Turno das eleições.

A proposta que o Governo Temer tem em mãos prevê o aumento da idade mínima para além dos 65 anos fixados inicialmente. O texto, elaborado pela equipe técnica do Governo, propõe um gatilho que permitirá o piso da idade à medida em que também subir o tempo médio de sobrevida (a quantidade de vida depois da aposentadoria). A “calibragem” evitaria a necessidade de discutir novos projetos de reforma previdenciária acompanhando o envelhecimento da população. Caberia a Temer a decisão de deixar ou retirar esse dispositivo. Os técnicos, porém, defendem o instrumento como necessário  para que os efeitos da reforma, de alto custo político, seja de longa duração. A proposta da reforma será enviada ao Congresso em Novembro, depois do 2º Turno das Eleições.
50 anos de contribuição

Atualmente, no Brasil, é possível se aposentar com 65 e 60 anos (para homens e mulheres) se o trabalhador tiver pelo menos 15 anos de contribuição. Na aposentadoria por tempo de contribuição. Na aposentadoria por contribuição, não há idade mínima. A regra diz que é preciso ter 35 ou 30 anos (homens e mulheres) de contribuição. Neste momento, o único consenso é com a relação aos 65 anos como idade mínima para homens e mulheres, com transição mais suave para mulheres e também para os professores. O projeto do Governo também eleva o tempo mínimo de contribuição (atualmente de 15 anos para aposentadoria por idade) e vincula o pagamento e vincula o pagamento integral do benefício a um período maior de pagamento. Uma das hipóteses é aumentar o tempo de contribuição mínima para 25 anos, sendo que, para ter direito à aposentadoria integral, serão necessários 50 anos de contribuição. As novas regras valeriam para homens com menos de 50 anos e mulheres com menos de 45 anos. Acima dessa idade, os trabalhadores terão de trabalhar 40% ou 50% a mais no tempo que falta para a aposentadoria integral. Com essa reforma do Governo O BRASILEIRO SE APOSENTARÁ NO TÚMULO.    

Plebiscito: se comparecer diga NÃO à divisão do País

O movimento o Sul é o meu País, fadado ao fracasso de uma forma ou de outra, conseguiu via recurso judicial a permissão para realizar um Plebiscito onde efetuará uma consulta sobre a pretensão descabida de maus brasileiros que pretendem dividir o País. Fato que não será permitido, seja lá o resultado que der na consulta que farão dia 01/10. Há vários movimentos contrários à essa idéia, inclusive, com preparação para defender o Brasil em qualquer circunstância. As Forças Armadas estão coesas. A Justiça já solicitou à Polícia Federal investigações sobre o dito movimento sulista. Alertamos aos cidadãos não deixarem seus nomes registrados,e. nem endereço para evitarem sérios transtornos futuramente.

Debate entre candidatos a prefeito de Lages será hoje na RBS

Mais um capítulo sem nenhuma validade que altere o pleito eleitoral de 2 de outubro. Será hoje, na RBS, onde os três postulantes, Antônio Ceron, PSD/PP; Roberto Amaral, PSDB/PP e Marcius Machado, PR/PDT se encontrarão para o último “debate” da campanha eleitoral. Nada de novo poderá surgir, até mesmo pela qualidade do quadro televisivo que não é boa, ou seja, nunca indagam o que os eleitores mais querem saber. E a RBS não tem moral para indagar nada sobre possíveis sujeiras de algum postulante nas eleiç.ões 2016. Até porque, a RBS está envolvida numa super investigação na Operação Zelottis da Polícia Federal. Aliás, juntos na mesma ação policial estão o Bradesco, o Santander, a Gerdau e outras grandes empresas