quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Curso do Pronatec garante retorno ao mundo do trabalho


Para os empresários, as pessoas não devem ter vergonha ou medo de aprender. As oportunidades aparecem para quem se qualifica

“Tenho a felicidade e a certeza de que a qualificação fez a diferença para deixar o desemprego e voltar ao trabalho”. Palavras emocionadas de Neuza de Fátima Pitz. Na noite de terça-feira (25) ela recebeu o certificado de conclusão do curso de Costura Industrial do Vestuário, demandado pelo Programa de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec Brasil Sem Miséria), executado em Lages através da Secretaria Municipal de Assistência Social e oferecido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).
Segundo Neuza, ela estava desempregada antes de iniciar o curso há cerca de quatro meses e recebendo apenas o valor do seu seguro-desemprego. “Antes de iniciar o curso eu costurava algumas peças de cortinas. Agora me profissionalizei na área mais industrial e antes mesmo de terminar o período de estudos no Pronatec já fui contratada por uma empresa local. Estou recebendo meu salário e deixei o seguro-desemprego. Para completar faço uns serviços em casa e ainda consigo um dinheiro extra todo mês”, revela.
O empresário e representante do Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas e do Material Elétrico de Lages, Aldori Wiggers, presente no ato de entrega dos certificados, salientou que a qualificação e o preparo das pessoas faz com que as oportunidades de trabalho apareçam. “É necessário não ter vergonha ou medo de aprender. O profissional mais preparado sempre terá melhores condições que aquele que não aproveita as oportunidades”, entende.
Em Lages, o Pronatec ofereceu neste ano mais de 20 cursos de formação e qualificação profissional, através da parceria entre o Senai, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e o Instituto Federal de Santa Catarina (Ifsc). “Foram mais de 500 pessoas efetivamente matriculadas. Alguns cursos já foram encerrados nas demais instituições e outros ainda estão em andamento. Na nossa lista de pré-matrículas contabilizamos, de março a outubro, mais de duas mil inscrições”, explicou a psicóloga do Pronatec, Lauriane Barbosa Ramos.

Entrega de Certificados
O Senai realizou na noite de terça a cerimônia de entrega de certificados de conclusão de três cursos oferecidos através do Pronatec Brasil Sem Miséria. No total, cem alunos concluíram os cursos Mecânico de Refrigeração e Climatização Industrial, Eletricista Industrial e Costureiro Industrial do Vestuário.
O ensino foi disponibilizado gratuitamente e com ajuda financeira para os custeios de transporte e lanche. “Todos os cursos do Pronatec Brasil Sem Miséria são oferecidos neste formato, sem taxas de matrículas ou pagamento de mensalidades”, frisou a assistente social do Pronatec, Emília Fernanda Pires de Lima Toldo.

Legenda: O ensino foi disponibilizado gratuitamente e com ajuda financeira para os custeios de transporte e lanche (Foto: Ari Junior)
______________________________________________
 
Pronatec
Novos cursos com matrículas abertas ainda para este ano

As aulas estão previstas para iniciarem no dia 8 de dezembro; as inscrições podem ser feitas nos CRASs dos bairros Popular, Centenário, Penha, Tributo, Santa Mônica e Bela Vista, ou diretamente no Pronatec

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) está disponibilizando para Lages, para iniciar ainda este ano, os cursos de formação e qualificação profissional de Costureiro Industrial do Vestuário, Eletricista de Automóveis e Instalador de Acessórios Automotivos, todos via Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec Brasil Sem Miséria).
As aulas estão previstas para iniciarem no dia 8 de dezembro, por isso as inscrições dos interessados já podem ser feitas nos Centros de Referência em Assistência Social (CRASs) dos bairros Popular, Centenário, Penha, Tributo, Santa Mônica e Bela Vista, ou diretamente no Pronatec, na avenida Belizário Ramos (Carahá), ao lado da Associação Empresarial de Lages (Acil).
De acordo com a assistente social do Pronatec, Emília Fernanda Pires de Lima Toldo, o curso de Costureiro Industrial será oferecido em duas turmas, uma no período da tarde e outra à noite. “Em algumas áreas já temos uma lista de espera. Lembramos que a idade mínima para estes três cursos é de 16 anos”, explica.
Os cursos serão oferecidos gratuitamente. A prioridade é para as pessoas cadastradas nos programas sociais do governo federal ou que estejam recebendo o seguro-desemprego. Os alunos ganham ajuda financeira para custear transporte e lanche. A documentação necessária para se inscrever são as cópias do RG, CPF, comprovante de residência e escolaridade.
Para o ano de 2015, a previsão é que o governo federal homologue para Lages cerca de 40 cursos, totalizando mais de 1.200 vagas. O Pronatec Brasil Sem Miséria é executado em Lages através da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Saiba mais sobre os cursos
Costureiro Industrial do Vestuário – 220 horas/aula – Uma turma no período noturno com 23 vagas e outra no vespertino com 20 vagas. Escolaridade: Ensino Fundamental II incompleto (do 6º ao 9º ano, ou da antiga 5ª a 8ª série), idade mínima 16 anos.
Descrição: Opera máquinas de costura industrial, confeccionando peças do vestuário seguindo a tabela de medidas, com supervisão técnica seguindo as normas e procedimentos da profissão, segurança, higiene e saúde.

Eletricista de Automóveis – 180 horas/aula – Uma turma no período noturno com 21 vagas. Escolaridade: Ensino Fundamental II incompleto (do 6º ao 9º ano), idade mínima 16 anos.
Descrição: Realiza a montagem e a reparação em instalações elétricas e equipamentos auxiliares de veículos automotores, de acordo com as normas e procedimentos técnicos de qualidade, segurança, higiene e saúde.

Prefeitura inicia operação de recolhimento de telhas

Os primeiros bairros beneficiados com a ação é o Petrópolis, Coral, Bom Jesus, Brusque, Morro Grande, Várzea, Popular e Habitação

Começou nesta quarta-feira (26) o mutirão de limpeza da cidade, com recolhimento de telhas deixadas pelas calçadas, pelos moradores, após o temporal de granizo do dia 13 de outubro. Equipes da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos estão realizando uma verdadeira força-tarefa, com esforços concentrados, para que até o fim do ano a cidade esteja recuperada. As ações estão sendo intensificadas durante três dias, até sexta-feira (28), mas os trabalhos iniciaram gradualmente há algumas semanas.
Cerca de 300 caçambas com resíduos de telhas já foram recolhidas e a estimativa é de que até o fim da operação outras 700 estejam no cronograma. A decisão tomada pelo prefeito Elizeu Mattos, de que a própria municipalidade realizaria o serviço, é porque não teria recursos disponíveis para a contratação de empresa terceirizada. E, principalmente nos bairros carentes, a população não conseguiria solicitar serviço de papa-entulhos particulares.

Onde teve início
Os primeiros bairros beneficiados com a ação é o Petrópolis, Coral, Bom Jesus, Brusque, Morro Grande, Várzea, Popular e Habitação. Foram disponibilizadas pelas Secretarias de Infraestrutura e de Agricultura e Pesca três caçambas e uma retroescavadeira. O trabalho manual exige muito cuidado, considerando que os resíduos das telhas de fibrocimento causam danos à saúde. Todos os colaboradores receberam Equipamentos de Proteção Individual (EPI), contendo luvas e máscaras adequadas.
Segundo o secretário de Meio Ambiente, Mushue Hampel, a população tem correspondido ao chamamento do poder público e colaborado com a limpeza. Muitas famílias com melhor poder aquisitivo contrataram serviço especializado para o recolhimento dos entulhos. “Essa é uma iniciativa muito bacana dos moradores, mas ainda tem muita telha a ser recolhida pelos bairros. Mas uma de nossas dificuldades é que alguns moradores aproveitam a situação e deixam em frente à suas casas entulhos, móveis velhos e outros materiais, que não devem ser recolhidos, pois nosso foco é somente a telha”, argumenta.

Iniciativa aprovada
A moradora da rua Humberto de Campos, no Coral, Gilda Marta Floriani, e os vizinhos, estavam programando um rateio das despesas para o recolhimento dos resíduos através de serviço particular, mas foram surpreendidos com as equipes da prefeitura durante a ação, que chegaram à sua residência logo pela manhã. “A administração municipal está de parabéns pela iniciativa. Grande parte dos atingidos não teriam condições de arcar com a despesa”, finaliza.

Uniplac propõe alternativas na recuperação de créditos

Uniplac propõe alternativas na recuperação de créditos
A Fundação das Escolas Unidas do Planalto Catarinense – Fundação Uniplac  divulgou  o Ato Normativo que estabelece procedimentos mais flexíveis para o recebimento de créditos oriundos de prestação de serviços educacionais com processos judiciais ajuizados ou não.
No documento são apresentadas as formas de negociação das dívidas de acadêmicos e ex-acadêmicos junto à Instituição de Ensino. Todos os débitos podem ser renegociados por meio de Cartão de Crédito com redução de até 100% dos encargos. As dívidas podem ser parceladas em até 1 + 11 parcelas, sem acréscimos.
Aos devedores que não possuem cartão de crédito é liberado o uso de cartões de terceiros, desde que seja autorizados por estes, diretamente na Instituição ou por meio do termo de autorização publicado  como anexo ao Ato Normativo no site da Uniplac.
Esta é mais uma forma de ampliar as formas de pagamentos para os alunos e ex-alunos, que estará disponível de novembro de 2014 a março de 2015.
Mais detalhes estão no Ato Normativo 021/2014:
(http://www.uniplac.net/publicacoes/atos/5503.pdf )

--

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Profissionais chamam a atenção para os cuidados com a Saúde do Homem


Equipes de médicos, enfermeiros e psicólogos, instalados em barracas, prestaram atendimento

Uma série de ações tem sido desenvolvida durante a campanha Novembro Azul, realizada em nível nacional, como oficinas de capacitação em prevenção à saúde masculina, realizadas em Lages, na quinta-feira (20). Já neste sábado (22), dia do aniversário de Lages, também fazendo parte da campanha, houve uma ação pública na praça João Ribeiro, em frente à Catedral, com participação de servidores da Secretaria de Saúde e de equipes do Serviço Social do Comércio (Sesc) e da Universidade do Planalto Catarinense (Uniplac), das 10h às 13h.
Os homens que chegavam à praça eram logo abordados por pessoal distribuindo folhetos de divulgação dos programas federal e municipal de Saúde do Homem. Equipes de médicos, enfermeiros e psicólogos, instalados em barracas, prestaram atendimento. Orientações gerais e encaminhamentos referentes à prevenção e tratamentos de saúde, medição de pressão e da taxa de glicose foram alguns dos outros serviços oferecidos gratuitamente.
Também esteve presente pessoal da Clínica Oncológica Le Sante, prestando informações e orientações a cerca da prevenção do câncer de próstata. Além de acadêmicos dos cursos de enfermagem e medicina, estiveram na praça professores e estudantes de psicologia, jornalismo e cosmetologia.

Vacinação contra poliomielite e sarampo prossegue em Lages


Neste sábado (22) realizou-se o segundo Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o Sarampo, através da Secretaria de Saúde, em Lages. A campanha será encerrada na sexta-feira (28). As gotas da antipólio são aplicadas em crianças na faixa etária de 6 meses a menos de 5 anos de idade. Já a vacina contra o sarampo é uma injeção no braço para crianças de 1 a menos de 5 anos. Os servidores da Saúde decoraram as salas de vacinas com balões e cartazes coloridos, como forma de distrair as crianças diante de um momento de tensão para muitas delas.
Neste segundo Dia D da campanha (o primeiro ocorreu no dia 8), 120 pessoas trabalharam em 23 salas de vacinação, das 8h às 17h. “Os pais devem estar atentos, pois a campanha iniciou no dia 8 e terminará no dia 28 de novembro, sem prorrogação”, alerta a diretora de Vigilância em Saúde, Rose Cristina Possato. Neste segundo Dia D, as crianças residentes na região central de Lages foram vacinadas na sala da Vigilância Epidemiológica. Elas foram recebidas pelo Zé Gotinha, mascote da campanha, que distribuiu atenção, carinho, pirulitos, pipoca e balões.
Às 9h30min deste sábado, os pais Yuri Ramos e Débora Flores levaram a filha Betânia Flores, de 9 meses, para ser imunizada. “Esta é a primeira vacina que ela recebe”, conta a mãe. Abordada pelo Zé Gotinha, a bebê sorria, muito contente. O casal Roberto Garcia e Lavínia de Liz Garcia também levou a filha de menos de 5 anos para ser vacinada. “Temos de ter cuidado, pois a vacinação é essencial”, disseram.

Legenda: A campanha será encerrada sexta-feira (Foto: Sandro Scheuermann)

- Após 12 anos, Inter de Lages conquista a Série B


Mesmo derrotado por 1 a 0, o colorado lageano ficou com o título da segundona catarinense

Acabou a espera. Depois de 12 anos o torcedor lageano pôde, enfim, soltar o grito de campeão. Os mais de 4.700 torcedores presentes no estádio Vidal Ramos Júnior sofreram, mas após 90 minutos comemoraram muito o título.

Primeiro tempo
O Inter foi melhor durante toda a partida. Logo aos quatro minutos, após bobeira da zaga do Bugre, a bola sobra limpa para Vitor Hugo que, sozinho com o goleiro Rodrigo Rocha, se atrapalha na hora da finalização e a bola vai pela linha de fundo. Aos 21, Athos cobra escanteio e o centroavante Ale Menezes cabeceia; a bola explode na trave. Aos 24, Fernandinho avança pela ponta esquerda e cruza, Eydison desvia e Ale Menezes chega atrasado para a conclusão no segundo pau. Aos 29 minutos, Athos cobra falta com maestria, a bola vai no ângulo direito e Rodrigo Rocha se estica todo para fazer grande defesa. Fim do primeiro tempo e 0 a 0 no placar.

Gol do Guarani e angústia até o apito final
O segundo tempo começou morno. O resultado favorecia o Inter que trocava passes e já não atacava com tanta intensidade. Aos 13 minutos, em um contra-ataque rápido, Kapa lança Tauã que aproveita a falha no sistema defensivo colorado, invade a área sozinho e toca no canto direito de Pablo para abrir o placar e se isolar na artilharia da competição com 11 gols.
O gol dos visitantes acordou o Inter. Aos 15 minutos, Ale Menezes domina na área, dribla o marcador e bate; a bola desvia na zaga e passa tirando tinta da trave esquerda. Aos 18, Emerson Dantas recebe na entrada da área, puxa para a perna direita e bate – o chute sai fraco e Rodrigo Rocha defende sem dificuldades.
Por ter a melhor campanha na classificação geral da competição, e ganhado a partida de ida da final por 1 a 0, o Inter poderia até perder por um gol de diferença que mesmo assim ficaria com o título. Jogando com o regulamento “debaixo do braço”,o Inter cadenciou a partida e não correu riscos.
Aos 48 minutos, o árbitro Leandro Messina Perrone aponta o centro de campo e leva à loucura a torcida. A festa se estendeu noite adentro. Os jogadores desfilaram em carro aberto do Corpo de Bombeiros e foram seguidos por milhares de torcedores que comemoraram muito o título e o acesso à elite do futebol catarinense em 2015.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

AGORA PODEMOS DIZER QUE LAGES ENTRA PARA A LISTA DAS CIDADES GRANDES.

MOTIVO DE ORGULHO PARA NOS QUE MORAMOS AQUI

Orquestra infantil da Alam faz sua estreia nesta sexta-feira no Marajoara

“As mesmas pessoas que escutam funk e música sertaneja podem ouvir e gostar de música clássica. Pretendemos fazer com que esses jovens ampliem suas perspectivas e possam diversificar sua própria cultura.” Luiz Augusto de Medeiros, Maraca
 
 
Aproximadamente cem meninos e meninas estão na contagem regressiva para a grande noite de estreia da orquestra infantil, nesta sexta-feira (21), no teatro Marajoara. Este é mais um projeto social da Associação Lageana de Assistência ao Menor (Alam), que envolve crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. 
No repertório terão ênfase os clássicos eruditos, como os concertos de Beethoven, explorados de forma peculiar pelos músicos mirins. “Este tipo de arte sempre foi reclusa à elite social. Ver jovens da periferia tocando música clássica e interpretando grandes compositores desperta na gente sentimentos controversos e causa um impacto muito positivo, mostrando que é possível fazer música de qualidade com crianças economicamente carentes”, comenta o maestro e regente Luiz Augusto de Medeiros (Maraca). 
A orquestra infantil, que iniciou seus trabalhos com ensaios há aproximadamente quatro meses, tem a participação de crianças entre 6 e 13 anos que moram nos bairros próximos ao Caravágio. Um projeto já consolidado na instituição é a orquestra juvenil, a partir dos 13 anos de idade, com várias apresentações.
 
Diversificar a cultura
 
As duas orquestras envolvem em média 120 crianças e adolescentes que vivem muitas vezes às margens da sociedade. Os ensaios acontecem de forma intensificada neste período de véspera da estreia, sendo de segunda a sábado, no contraturno escolar dos alunos. “Gostar de música erudita no Brasil é cult, e alguns discursos prontos nos dizem que devemos consumir este tipo de cultura, que acaba ficando restrita a uma parcela da sociedade. Mas as mesmas pessoas que escutam funk e música sertaneja podem ouvir e gostar também de música clássica. Pretendemos fazer com que esses jovens ampliem suas perspectivas e possam diversificar sua própria cultura”, comenta Maraca.
 
Apoios governamentais
 
A ideia é expandir o projeto. A Alam tem convênio com a prefeitura e outro com o governo do Estado, pelo Funcultural, e também conta com o apoio do Lages Garden Shopping. A orquestra juvenil se apresentou nesta quarta-feira (19) durante o coquetel de inauguração do shopping. “Temos um número expressivo de apresentações em novembro. Ano que vem queremos ampliar e criar polos de formação, atendendo outros bairros”, garante Maraca.
 
Cada aluno integrante da orquestra recebe ajuda do governo no valor de R$ 250,00 mensais. O objetivo é evitar a evasão escolar e trazer algum benefício para a família através da sua arte. “Precisamos descontextualizar e quebrar paradigmas, pois os artistas precisam ser valorizados como qualquer outro profissional. Tentamos fazer com que essas crianças com talento tenham oportunidades e incentivo para que aperfeiçoem sua arte”, finaliza.
  
Legenda: A orquestra juvenil se apresentou nesta quarta-feira durante o coquetel de inauguração do Lages Garden Shopping (Foto: Sandro Scheuermann)
 








Inaugurado o primeiro shopping da Serra




Durante o evento, o prefeito Elizeu Mattos falou da satisfação do poder público em ter colaborado efetivamente para a realização do projeto

“Esse momento vale dez mandatos de prefeito. Nunca vi uma Lages com tantas obras. Nunca vi uma Lages saindo de uma situação como a tempestade de granizo tão rapidamente. Nunca vi uma Lages, em tão pouco tempo, comemorando a volta do Leão da Serra (Inter) à elite do futebol catarinense. Nunca vi uma Lages voltar a sorrir e ter felicidade no Natal em tão pouco tempo. Nunca vi uma Lages inaugurando um dos maiores shoppings de Santa Catarina. Essa é a Lages que juntos estamos construindo”. É o que disse o prefeito Elizeu Mattos em seu discurso na noite desta quarta-feira (19) na pré-inauguração do Lages Garden Shopping. O empreendimento abre suas portas ao público nesta quinta-feira (20). O vice-prefeito Toni Duarte, o vice-governador Eduardo Pinho Moreira e muitas outras autoridades acompanharam a solenidade.

Coragem para apostar no projeto
A partir das 10h desta quinta-feira (20) o Garden Shopping coloca a região serrana no circuito dos grandes centros de compras de Santa Catarina, como um dos maiores shoppings do Estado. Durante o evento, o prefeito Elizeu Mattos falou da satisfação do poder público em ter colaborado efetivamente para a realização do projeto. “A cidade vive um grande momento. Tivemos coragem em apostar no Lages Garden Shopping. Sempre acreditamos que, em parceria com a Tenco, iríamos transformar a cidade de Lages em uma verdadeira cidade-polo”, diz Elizeu.
O vice-governador Eduardo Pinho Moreira falou que o shopping impressiona por sua magnitude e qualidade do empreendimento. “Trago o reconhecimento do Estado de Santa Catarina na concretização deste projeto. Agora o catarinense terá mais um motivo para subir a Serra”, afirma. “Essa é uma data muito especial. Na semana em que Lages completa 248 anos, ocorre a inauguração deste que, além de ser um centro de compras é um centro de convivências e confraternização. A região serrana se integra com as demais do Estado. É um sonho que se realiza”, afirma o vice-prefeito Toni Duarte.

Bola que simboliza o empreendimento
Durante a inauguração, o prefeito Elizeu lembrou-se da bola de vôlei que ganhou em Belo Horizonte (MG), autografada pela jogadora da Seleção Brasileira, Sheila, garota-propaganda da Tenco Shopping Centers. Com esse símbolo ao lado, Elizeu e o presidente da Tenco, Eduardo Gribel, assinaram o compromisso de entregar à capital da Serra catarinense um grande centro comercial.
A entrega da bola ao superintendente do Garden Shopping, Paulo Teixeira, marcou o início de uma nova jornada e novas conquistas em Lages. “Guardei a bola porque acreditei no empreendimento. Essa bola simboliza a maior obra que um prefeito pode fazer em uma cidade de interior. O Lages Garden Shopping é um grande divisor de águas do município”, declara Elizeu.
Com mais de R$ 150 milhões investidos, o Lages Garden possui mais de 58 mil metros quadrados de área construída e traz um mix de estabelecimentos diferenciado. É um grande complexo com vistas a atender todas as necessidades de um consumidor comum e exigente.

Geração de emprego
Mais de duas mil pessoas trabalharam diretamente na construção do shopping durante os quase três anos de obras e, em funcionamento, o centro comercial gerará diversos benefícios ao município, como dois mil empregos diretos. A arrecadação de impostos, valorização imobiliária, desenvolvimento e incremento da área turística e busca por qualificação profissional são outras vertentes via Lages Garden Shopping.
Estrategicamente concentrado em uma região da cidade em ascensão, situa-se na BR-282, km 216, próximo ao trevo de acesso ao bairro Vila Mariza, na rodovia como principal ligação entre o Oeste e Litoral. O Garden Shopping conta com um total de 161 lojas, sendo seis âncoras, três megalojas, 115 lojas-satélites, 16 lojas de serviços, 17 estabelecimentos para alimentação, dois restaurantes, quatro salas de cinema, 1.400 vagas de estacionamento, oito elevadores e três conjuntos de escadas rolantes, além de rede wi-fi gratuita.

Conforto no inverno
Obedecendo aos padrões da Tenco Shopping Centers, que em 25 anos desenvolveu 28 centros comerciais pelo país, o Garden Shopping tem como base a sustentabilidade e responsabilidade ambiental. Apresenta diversas soluções ecologicamente corretas, como o projeto de eficiência energética, onde foi desenvolvido um estudo detalhado sobre a melhor forma de utilizar a luz natural sem que haja redução na visibilidade dentro do centro comercial.
Outro ponto que merece destaque é o sistema de ar condicionado inteligente, que adéqua a velocidade dos ventiladores de renovação de ar à quantidade de pessoas dentro da edificação. Além disso, segundo o diretor técnico das obras do empreendimento, Herasmo Furtado Jr., o Garden Shopping é o segundo centro de compras do país que possui sistema de calefação, ou seja, durante o rigoroso inverno lageano, a temperatura nas dependências do shopping será agradável, garantindo o conforto dos visitantes.

Linhas de ônibus
Para atender a demanda de clientes e colaboradores do Lages Garden Shopping, a Transul, empresa responsável pelo transporte público no município, disponibilizará uma linha às 23h que seguirá até o Terminal Urbano. Além disso, os ônibus que fazem o trajeto no bairro Vila Mariza passarão a ser a cada 30 minutos e haverá um ponto em frente ao shopping. “A Transul atendeu o nosso pedido e haverá mudanças, e alguns horários serão estendidos”, destaca Luiz Felipe Salles, diretor comercial do empreendimento.
No dia da inauguração do shopping, esta quinta-feira, a partir das 10h, haverá uma série de atividades sociais e culturais com atrações como exposições artistas catarinenses, exposições fotográficas, apresentações culturais. “Queremos trazer eventos que visem a tradição e cultura lageana, para que o Garden Shopping não seja apenas mais um centro de compras e sim um local de encontro que evidencia a história da cidade”, afirma Luiz Felipe.

Legenda: “Na semana em que Lages completa 248 anos, ocorre a inauguração deste grandioso centro de compras, de convivência e confraternização”, diz o vice-prefeito Toni Duarte (Foto: Sandro Scheuermann)


Encontro de Catadores de Resíduos Recicláveis da Serra Catarinense acontece nesta sexta-feira (21)

Será realizado nesta sexta-feira (21) o Encontro de Catadores de Resíduos Recicláveis da Serra Catarinense, no auditório do CCJ Uniplac, como uma das pautas de ações da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares – ITCP, em parceria com o CISAMA.
O evento tem início às 8h30 da manhã e contará com uma programação composta por palestras, debates e trabalho de grupo, com o objetivo de capacitar e orientar os catadores da região quanto aos marcos legais das políticas de resíduos, dos movimentos nacionais, além da apresentação do Plano de Resíduos sólidos do Cisama.
O levantamento de problemas, assim como a identificação de melhorias na condução dos trabalhos dos catadores, será a pauta da última parte do encontro, o trabalho de grupo, onde questões serão respondidas pelos participantes e levadas à plenária para encaminhamentos.
Segundo o coordenador da ITCP – Uniplac, Geraldo Augusto Locks, este será um importante momento para discussão da realidade dos catadores na região e de organização destes importantes elos no processo de gerenciamento de resíduos, como mais um passo para a promoção da sustentabilidade nos municípios da região da Amures. “Este evento amplia as atividades da Incubadora e a consolida como um programa permanente de extensão da Universidade e, mais importante, o encontro possibilita a primeira articulação dos cerca de 80 catadores identificados na região do Planalto Catarinense“, comenta o professor Geraldo, ressaltando ainda, a importância da promoção de um debate entre o Movimento Nacional de Catadores de Resíduos Recicláveis e os catadores locais, com a participação e voz ativa destes últimos. “Trocar experiências e verificar novas metodologias de atuação possíveis, além de traçar caminhos a seguir a partir daqui é o que esperamos como resultados do encontro”, ele finaliza.
O evento que acontece durante todo o dia tem seu encerramento marcado para as 16h30.