quinta-feira, 20 de novembro de 2014

AGORA PODEMOS DIZER QUE LAGES ENTRA PARA A LISTA DAS CIDADES GRANDES.

MOTIVO DE ORGULHO PARA NOS QUE MORAMOS AQUI

Orquestra infantil da Alam faz sua estreia nesta sexta-feira no Marajoara

“As mesmas pessoas que escutam funk e música sertaneja podem ouvir e gostar de música clássica. Pretendemos fazer com que esses jovens ampliem suas perspectivas e possam diversificar sua própria cultura.” Luiz Augusto de Medeiros, Maraca
 
 
Aproximadamente cem meninos e meninas estão na contagem regressiva para a grande noite de estreia da orquestra infantil, nesta sexta-feira (21), no teatro Marajoara. Este é mais um projeto social da Associação Lageana de Assistência ao Menor (Alam), que envolve crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. 
No repertório terão ênfase os clássicos eruditos, como os concertos de Beethoven, explorados de forma peculiar pelos músicos mirins. “Este tipo de arte sempre foi reclusa à elite social. Ver jovens da periferia tocando música clássica e interpretando grandes compositores desperta na gente sentimentos controversos e causa um impacto muito positivo, mostrando que é possível fazer música de qualidade com crianças economicamente carentes”, comenta o maestro e regente Luiz Augusto de Medeiros (Maraca). 
A orquestra infantil, que iniciou seus trabalhos com ensaios há aproximadamente quatro meses, tem a participação de crianças entre 6 e 13 anos que moram nos bairros próximos ao Caravágio. Um projeto já consolidado na instituição é a orquestra juvenil, a partir dos 13 anos de idade, com várias apresentações.
 
Diversificar a cultura
 
As duas orquestras envolvem em média 120 crianças e adolescentes que vivem muitas vezes às margens da sociedade. Os ensaios acontecem de forma intensificada neste período de véspera da estreia, sendo de segunda a sábado, no contraturno escolar dos alunos. “Gostar de música erudita no Brasil é cult, e alguns discursos prontos nos dizem que devemos consumir este tipo de cultura, que acaba ficando restrita a uma parcela da sociedade. Mas as mesmas pessoas que escutam funk e música sertaneja podem ouvir e gostar também de música clássica. Pretendemos fazer com que esses jovens ampliem suas perspectivas e possam diversificar sua própria cultura”, comenta Maraca.
 
Apoios governamentais
 
A ideia é expandir o projeto. A Alam tem convênio com a prefeitura e outro com o governo do Estado, pelo Funcultural, e também conta com o apoio do Lages Garden Shopping. A orquestra juvenil se apresentou nesta quarta-feira (19) durante o coquetel de inauguração do shopping. “Temos um número expressivo de apresentações em novembro. Ano que vem queremos ampliar e criar polos de formação, atendendo outros bairros”, garante Maraca.
 
Cada aluno integrante da orquestra recebe ajuda do governo no valor de R$ 250,00 mensais. O objetivo é evitar a evasão escolar e trazer algum benefício para a família através da sua arte. “Precisamos descontextualizar e quebrar paradigmas, pois os artistas precisam ser valorizados como qualquer outro profissional. Tentamos fazer com que essas crianças com talento tenham oportunidades e incentivo para que aperfeiçoem sua arte”, finaliza.
  
Legenda: A orquestra juvenil se apresentou nesta quarta-feira durante o coquetel de inauguração do Lages Garden Shopping (Foto: Sandro Scheuermann)
 








Inaugurado o primeiro shopping da Serra




Durante o evento, o prefeito Elizeu Mattos falou da satisfação do poder público em ter colaborado efetivamente para a realização do projeto

“Esse momento vale dez mandatos de prefeito. Nunca vi uma Lages com tantas obras. Nunca vi uma Lages saindo de uma situação como a tempestade de granizo tão rapidamente. Nunca vi uma Lages, em tão pouco tempo, comemorando a volta do Leão da Serra (Inter) à elite do futebol catarinense. Nunca vi uma Lages voltar a sorrir e ter felicidade no Natal em tão pouco tempo. Nunca vi uma Lages inaugurando um dos maiores shoppings de Santa Catarina. Essa é a Lages que juntos estamos construindo”. É o que disse o prefeito Elizeu Mattos em seu discurso na noite desta quarta-feira (19) na pré-inauguração do Lages Garden Shopping. O empreendimento abre suas portas ao público nesta quinta-feira (20). O vice-prefeito Toni Duarte, o vice-governador Eduardo Pinho Moreira e muitas outras autoridades acompanharam a solenidade.

Coragem para apostar no projeto
A partir das 10h desta quinta-feira (20) o Garden Shopping coloca a região serrana no circuito dos grandes centros de compras de Santa Catarina, como um dos maiores shoppings do Estado. Durante o evento, o prefeito Elizeu Mattos falou da satisfação do poder público em ter colaborado efetivamente para a realização do projeto. “A cidade vive um grande momento. Tivemos coragem em apostar no Lages Garden Shopping. Sempre acreditamos que, em parceria com a Tenco, iríamos transformar a cidade de Lages em uma verdadeira cidade-polo”, diz Elizeu.
O vice-governador Eduardo Pinho Moreira falou que o shopping impressiona por sua magnitude e qualidade do empreendimento. “Trago o reconhecimento do Estado de Santa Catarina na concretização deste projeto. Agora o catarinense terá mais um motivo para subir a Serra”, afirma. “Essa é uma data muito especial. Na semana em que Lages completa 248 anos, ocorre a inauguração deste que, além de ser um centro de compras é um centro de convivências e confraternização. A região serrana se integra com as demais do Estado. É um sonho que se realiza”, afirma o vice-prefeito Toni Duarte.

Bola que simboliza o empreendimento
Durante a inauguração, o prefeito Elizeu lembrou-se da bola de vôlei que ganhou em Belo Horizonte (MG), autografada pela jogadora da Seleção Brasileira, Sheila, garota-propaganda da Tenco Shopping Centers. Com esse símbolo ao lado, Elizeu e o presidente da Tenco, Eduardo Gribel, assinaram o compromisso de entregar à capital da Serra catarinense um grande centro comercial.
A entrega da bola ao superintendente do Garden Shopping, Paulo Teixeira, marcou o início de uma nova jornada e novas conquistas em Lages. “Guardei a bola porque acreditei no empreendimento. Essa bola simboliza a maior obra que um prefeito pode fazer em uma cidade de interior. O Lages Garden Shopping é um grande divisor de águas do município”, declara Elizeu.
Com mais de R$ 150 milhões investidos, o Lages Garden possui mais de 58 mil metros quadrados de área construída e traz um mix de estabelecimentos diferenciado. É um grande complexo com vistas a atender todas as necessidades de um consumidor comum e exigente.

Geração de emprego
Mais de duas mil pessoas trabalharam diretamente na construção do shopping durante os quase três anos de obras e, em funcionamento, o centro comercial gerará diversos benefícios ao município, como dois mil empregos diretos. A arrecadação de impostos, valorização imobiliária, desenvolvimento e incremento da área turística e busca por qualificação profissional são outras vertentes via Lages Garden Shopping.
Estrategicamente concentrado em uma região da cidade em ascensão, situa-se na BR-282, km 216, próximo ao trevo de acesso ao bairro Vila Mariza, na rodovia como principal ligação entre o Oeste e Litoral. O Garden Shopping conta com um total de 161 lojas, sendo seis âncoras, três megalojas, 115 lojas-satélites, 16 lojas de serviços, 17 estabelecimentos para alimentação, dois restaurantes, quatro salas de cinema, 1.400 vagas de estacionamento, oito elevadores e três conjuntos de escadas rolantes, além de rede wi-fi gratuita.

Conforto no inverno
Obedecendo aos padrões da Tenco Shopping Centers, que em 25 anos desenvolveu 28 centros comerciais pelo país, o Garden Shopping tem como base a sustentabilidade e responsabilidade ambiental. Apresenta diversas soluções ecologicamente corretas, como o projeto de eficiência energética, onde foi desenvolvido um estudo detalhado sobre a melhor forma de utilizar a luz natural sem que haja redução na visibilidade dentro do centro comercial.
Outro ponto que merece destaque é o sistema de ar condicionado inteligente, que adéqua a velocidade dos ventiladores de renovação de ar à quantidade de pessoas dentro da edificação. Além disso, segundo o diretor técnico das obras do empreendimento, Herasmo Furtado Jr., o Garden Shopping é o segundo centro de compras do país que possui sistema de calefação, ou seja, durante o rigoroso inverno lageano, a temperatura nas dependências do shopping será agradável, garantindo o conforto dos visitantes.

Linhas de ônibus
Para atender a demanda de clientes e colaboradores do Lages Garden Shopping, a Transul, empresa responsável pelo transporte público no município, disponibilizará uma linha às 23h que seguirá até o Terminal Urbano. Além disso, os ônibus que fazem o trajeto no bairro Vila Mariza passarão a ser a cada 30 minutos e haverá um ponto em frente ao shopping. “A Transul atendeu o nosso pedido e haverá mudanças, e alguns horários serão estendidos”, destaca Luiz Felipe Salles, diretor comercial do empreendimento.
No dia da inauguração do shopping, esta quinta-feira, a partir das 10h, haverá uma série de atividades sociais e culturais com atrações como exposições artistas catarinenses, exposições fotográficas, apresentações culturais. “Queremos trazer eventos que visem a tradição e cultura lageana, para que o Garden Shopping não seja apenas mais um centro de compras e sim um local de encontro que evidencia a história da cidade”, afirma Luiz Felipe.

Legenda: “Na semana em que Lages completa 248 anos, ocorre a inauguração deste grandioso centro de compras, de convivência e confraternização”, diz o vice-prefeito Toni Duarte (Foto: Sandro Scheuermann)


Encontro de Catadores de Resíduos Recicláveis da Serra Catarinense acontece nesta sexta-feira (21)

Será realizado nesta sexta-feira (21) o Encontro de Catadores de Resíduos Recicláveis da Serra Catarinense, no auditório do CCJ Uniplac, como uma das pautas de ações da Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares – ITCP, em parceria com o CISAMA.
O evento tem início às 8h30 da manhã e contará com uma programação composta por palestras, debates e trabalho de grupo, com o objetivo de capacitar e orientar os catadores da região quanto aos marcos legais das políticas de resíduos, dos movimentos nacionais, além da apresentação do Plano de Resíduos sólidos do Cisama.
O levantamento de problemas, assim como a identificação de melhorias na condução dos trabalhos dos catadores, será a pauta da última parte do encontro, o trabalho de grupo, onde questões serão respondidas pelos participantes e levadas à plenária para encaminhamentos.
Segundo o coordenador da ITCP – Uniplac, Geraldo Augusto Locks, este será um importante momento para discussão da realidade dos catadores na região e de organização destes importantes elos no processo de gerenciamento de resíduos, como mais um passo para a promoção da sustentabilidade nos municípios da região da Amures. “Este evento amplia as atividades da Incubadora e a consolida como um programa permanente de extensão da Universidade e, mais importante, o encontro possibilita a primeira articulação dos cerca de 80 catadores identificados na região do Planalto Catarinense“, comenta o professor Geraldo, ressaltando ainda, a importância da promoção de um debate entre o Movimento Nacional de Catadores de Resíduos Recicláveis e os catadores locais, com a participação e voz ativa destes últimos. “Trocar experiências e verificar novas metodologias de atuação possíveis, além de traçar caminhos a seguir a partir daqui é o que esperamos como resultados do encontro”, ele finaliza.
O evento que acontece durante todo o dia tem seu encerramento marcado para as 16h30.


quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Novembro Azul: preconceito ainda influencia ida ao médico

Novembro Azul: preconceito ainda influencia ida ao médico
Na tarde desta terça-feira (18), a Assembleia Legislativa recebeu a palestra da Campanha Novembro Azul. O objetivo do encontro é alertar a sociedade catarinense sobre a importância da prevenção do câncer de próstata: o segundo câncer mais freqüente no homem e o segundo que mais mata no Brasil.

Entrevista: Doutor Rodrigo Monnerat, presidente da Sociedade Brasileira de Urologia - Secção Santa Catarina SC; Dr. Luís Felipe Piovesan, coordenador da campanha Novembro Azul.

Celso Maldaner irá propor audiência para debater a imagem do leite no Brasil

Único catarinense a integrar a Subcomissão Permanente do Leite da Câmara, o deputado federal Celso Maldaner (PMDB-SC) irá solicitar a realização de uma audiência pública para debater a imagem do produto no Brasil, a ser realizada no início de 2015, no âmbito da Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural. A decisão foi tomada em conjunto com os demais membros da Subleite, em reunião realizada em Brasília, na tarde desta terça-feira (18). 

"O que verificamos atualmente é a proliferação de informações equivocadas e preconceituosas com relação a este produto, seja por meio da mídia tradicional, seja pelos órgãos oficiais. O Ministério da Saúde, por exemplo, lançou recentemente um Guia Alimentar em que sugere moderação e em alguns casos até desaconselha o consumo de leite integral, iogurte naturais, queijos, bebidas lácteas e iogurtes adoçados. Nas bancas, também é comum encontrar manchetes enfatizando as vantagens da dieta sem lactose e elegendo o leite como o novo grande vilão da saúde, o que não representa a verdade", explicou Maldaner. 

Para o deputado, é necessário que haja o esclarecimento da sociedade em relação às propriedades nutricionais do leite, além de evidenciar também os rigorosos controles sanitário e de qualidade pelos quais passa o produto em todas as suas etapas de produção. "Não podemos permitir que alguns casos isolados de fraudes se confundam com a totalidade de um segmento que trabalha dentro das normas e com altíssimos padrões de qualidade como o setor lácteo", explicou Maldaner. 

Produção cresce mais que o consumo

Outra preocupação do setor debatida durante a reunião da Subleite, na tarde desta terça-feira, foi a importação do produto, que afeta diretamente o preço do leite brasileiro. "Verificamos que as importações de leite uruguaio, por exemplo, caíram 55% em relação a 2013 e 70% na comparação com 2012, mostrando que não é este o fator que está influenciando negativamente no preço do leite pago ao produtor. O que ocorre agora é que a produção obteve alta de 8%, enquanto o consumo subiu em ritmo bem menor, de apenas 1%. Daí a importância de trabalhar a imagem do produto junto ao consumidor brasileiro, como forma de retomar o crescimento mais acentuado do consumo de leite e derivados no país", reforçou o deputado.   


Samt comemora resultados dos projetos Ciranda e Com... Viver nesta quarta-feira


A confraternização inicia às 14h30min, no Clube Caça e Tiro 1º de Julho, em Lages

Comemorar os bons resultados e as mudanças de vida. Com esse objetivo, a Associação de Assistência Social, Trabalho e Cidadania (Samt) está promovendo uma festa de fim de ano para comemorar os frutos colhidos em 2014 junto aos projetos Ciranda, voltado ao artesanato, e Com... Viver, do qual fazem parte idosos abrigados nas três casas asilares de Lages. A confraternização está marcada para esta quarta-feira (19), a partir das 14h30min, no Clube Caça e Tiro 1º de Julho. Também participarão pessoas beneficiadas pela Associação dos Deficientes Visuais do Planalto Serrano (Adevips).
A presidenta da Samt, Rosa Abou Hatem, diz que na programação estão a bênção ecumênica, lanche e show da dupla gaúcha Oswaldir e Carlos Magrão. O Centro de Estudo e Assistência à Saúde da Mulher (Ceasm); o Projeto Alô Elô (de conscientização, prevenção e combate ao câncer de mama); Paternidade Responsável; Vara da Fazenda Pública, e o Núcleo de Moda e Inovação da Associação Empresarial de Lages (Acil), com a exposição Bela Vida, do projeto de mesmo nome, estão incluídos na programação.